Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/818
Document type: Dissertação
Title: Construção do projeto de maternidade de jovens HIV positivas contaminadas por transmissão vertical
Author: Eid, Ana Paula 
Advisor: Pizzinato, Adolfo
Abstract (native): Devido ao avanço científico obtido nos últimos anos em relação ao tratamento de pessoas que vivem com HIV/Aids, aumentou consideravelmente a expectativa de qualidade e tempo de vida dessas pessoas, ocorrendo acentuada diminuição nos casos de transmissão vertical. A construção do projeto de maternidade na juventude contempla aspectos que vão além dessas considerações, uma vez que as questões médico-sanitárias, as variáveis psicossociais de caráter contextual podem estar presentes, tais como as expectativas de gênero, os modelos sociais ou a definição de projeto vital, no caso de jovens que nasceram com o vírus HIV e que, em seu processo evolutivo, se depararam com diferentes concepções e expectativas do viver com HIV. Nessa perspectiva, a questão central desta dissertação é identificar como os elementos oriundos de narrativas sobre projetos de vida, em especial, a maternidade de jovens com HIV contaminadas via transmissão vertical, se constroem e como se relacionam com os elementos do discurso biomédico presente nas Políticas de Saúde da Mulher, do Adolescente e Jovem e DST/AIDS.Esta pesquisa constitui-se na construção de dois artigos empíricos exploratórios, de delineamento qualitativo, resultantes de entrevistas narrativas autobiográficas e análise documental das Políticas Públicas de atenção e cuidado a esse segmento populacional, analisadas a partir da perspectiva da análise do discurso crítica (ADC), com o auxílio da ferramenta de informática para análise qualitativa de dados textuais Atlas/Ti. As participantes da pesquisa são três jovens, com idade entre 16-20 anos, contaminadas via transmissão vertical, frequentadoras de um Serviço especializado em DST/AIDS na cidade de Porto Alegre/RS. A coleta de dados ocorreu no período de junho a setembro de 2012. Dentre os resultados deste trabalho, destacamos os desencontros e afastamentos das Políticas Públicas de atenção e cuidado a pessoas que convivem com o HIV/Aids, pois diversos são os entraves para o real alcance da integralidade das ações dirigidas a essa população. Existem obstáculos que se apresentam desde as dimensões sociais, familiares, individuais e programáticas que tornam mais complexo o viver com HIV/Aids por parte de mulheres jovens e que incidem na construção dos seus projetos de vida
Abstract (english): Due to scientific advances achieved in recent years regarding the treatment of people living with HIV / AIDS, increased the expectation of quality and length of life of these people, experiencing sharp decrease in vertical transmission cases. The construction of the project contemplates motherhood in youth that go beyond these considerations, since the medical-sanitary issues, the psychosocial variables of contextual character may be present, such as gender expectations, social models or the definition of vital project, in the case of young people who were born with the HIV virus and its evolutionary process faced with different conceptions and expectations of living with HIV. From this perspective, the central question of this dissertation is to identify how elements derived from narratives about life projects, especially motherhood of young HIV infected via vertical transmission is built and how they relate to the elements present in the biomedical Policies health of Women, Adolescents and Young and STD / AIDS.This research is the construction of two exploratory empirical articles, delineating where qualitative interviews were conducted and where autobiographical narratives and interviews, documentary analysis of public policy attention and care to this population segment were analyzed, from the perspective of critical discourse analysis (CDA)with the aid of computer tool for qualitative analysis of textual data Atlas / Ti. The survey participants are thre young people, aged 16-20 years, infected via vertical transmission, enrolled in a center specialized in STD / AIDS in the city of Porto Alegre / RS. Data collection occurred from June to September 2012. Among the results of this work highlight the incosistencies and departures Public Policy of attention and care to people living whit HIV/AIDS, because many are the real barriers to achievement of comprehensive actions aimed at this population. There are obstacles that arise from the social, family, individual and programmatic that become more complex living whit HIV/AIDS, by young women and covering the construction f their life projects
Keywords: PSICOLOGIA SOCIAL
MATERNIDADE
AIDS
TRANSMISSÃO VERTICAL DE DOENÇA
QUALIDADE DE VIDA
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Psicologia
Program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: EID, Ana Paula. Construção do projeto de maternidade de jovens HIV positivas contaminadas por transmissão vertical. 2013. 13 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/818
Issue Date: 29-Jan-2013
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
446282.pdfTexto Parcial397,33 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.