Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7844
Document type: Dissertação
Title: A ressurreição e o estado intermediário segundo Juan Luis Ruiz de La Peña : aspectos bíblicos, antropológicos e escatológicos
Author: Kapelinski, Carison 
Advisor: Hammes, Érico João
Abstract (native): Com o título A Ressurreição e o estado intermediário segundo Juan Luis Ruiz de La Peña: aspectos bíblicos, antropológicos e escatológicos, o trabalho versa sobre a temática da ressurreição e seu contexto principalmente na visão cristã católica. Este é desenvolvido desde o Antigo Testamento, com citações próprias e a visão do tempo no pensamento bíblico. O principal é que em toda Bíblia não há uma visão dualista de corpo e da alma, tanto o Antigo como o Novo Testamento apresentam uma visão unitária do ser humano. No sentido antropológico da ressurreição, pode dizer-se que o ser humano é composto de corpo e alma, os dois não se contradizem ou apresentam um dualismo. O corpo apresenta como principais características: o ser mortal; o ser-no-tempo e o ser-no-mundo. A alma apresenta como principais características: o ser mundano que transcende o mundo; ser temporal que transcende o tempo e o ser mortal que transcende a morte. O corpo e alma apresentam uma união substancial em que são equilibrados e igualmente importantes para a salvação da humanidade. Na escatologia descrevemos que Jesus Cristo é a causa eficiente da nossa ressurreição e como membros do corpo de Cristo, ressuscitaremos com ele. Ele é a causa e o exemplo da nossa ressurreição, pois ressuscitou com o corpo e a alma. Segundo a visão do nosso autor, Juan Luiz Ruiz de La Peña, a ressurreição ocorre na hora da morte. Não existe para ele o estado intermediário, um hiato de tempo entre a morte e a Parusia, onde espera-se a segunda vinda de Jesus Cristo. Esta tese é defendida principalmente pela união substancial entre corpo e alma, não tendo como separar os dois na hora da morte e na ressurreição. Esta é a tese principal que rechaça o estado intermediário, exaustivamente destacada nesta dissertação.
Abstract (english): Con il titolo La Risurrezione e lo stato intermediario secondo Juan Luis Ruiz de La Peña: aspetti biblici, antropologici e scatologici, il lavoro si aggira sulla tematica della risurrezione e nel suo contesto principalmente nella visione cristiano cattolica. Questo è svolto fino dall’Antico Testamento, con citazioni proprie e la visione del tempo nel pensiero biblico. Il principale è che in tutta la Bibbia non abbiamo una visione dualista del corpo e dell’anima, tanto l’Antico come il nuovo Testamento presentano una visione unitaria dell’uomo. Nel senso antropologico della risurrezione, possiamo dire che l’essere umano è composto di corpo e anima, i due non si contraddicono o presentano un dualismo. Il corpo presenta come principali caratteristiche: l’essere mortale; l’essere-nel-tempo e l’essere nel mondo. L’anima presenta come principali caratteristiche: l’essere mondano che trascende il mondo; l’essere temporale che trascende il tempo e l’essere mortale che trascende la morte. Il corpo e l’anima presentano una unione sostanziale nella quale sono equilibrati e ugualmente importanti per la salvezza dell’umanità. Nella scatologia descriviamo che Gesù Cristo è la causa efficiente della nostra risurrezione e come membri del corpo di Cristo, risorgeremo con Lui. Lui è la causa e l’esempio della nostra risurrezione, poi risorse con il corpo e l’anima. Secondo la visione del nostro autore, Juan Luiz de La Peña, la risurrezione si verifica nell’ora della morte. Per Lui non esiste lo stato intermediario, una pausa di tempo fra la morte e la Parusia, dove aspetteremo la seconda venuta di Gesù Cristo. Questa tesi è difesa principalmente dall’unione sostanziale fra corpo e anima, non mi è possibile separare i due nell’ora della morte e della risurrezione. Questa è la tesi principale che respinge lo stato intermediario, esaurientemente sottolineato nella dissertazione.
Keywords: Ruiz de La Peña
Ressurreição
Estado Intermediário
Antropologia
Escatologia
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS HUMANAS::TEOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Humanidades
Program: Programa de Pós-Graduação em Teologia
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho não apresenta restrição para publicação
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7844
Issue Date: 5-Dec-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Teologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Carison_Kapelinski_Dis.pdfCARISON_KAPELINSKI_DIS834,72 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.