Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1290
Document type: Tese
Title: Angiogênese de ferida cirúrgica em língua de rato : análise por meio de microscopia eletrônica de varredura de modelo vascular
Author: Verli, Flaviana Dornela 
Advisor: Souza, Maria Antonieta Lopes de
Abstract (native): A técnica de moldagem vascular seguida de corrosão, associada à microscopia eletrônica de varredura (MEV), é um método adequado para descrever a angioarquitetura de diferentes órgãos e para verificar a ocorrência de angiogênese por intussuscepção e por brotamento. O lúmen dos vasos é moldado com resina e a corrosão do tecido circunjacente à resina com solução alcalina. O objetivo do presente estudo foi descrever o padrão vascular do ventre da língua de ratos Wistar submetidos ou não a uma ferida na região, verificar a ocorrência de angiogênese por brotamento e por intussuscepção durante a cicatrização em diferentes tempos pós-operatórios. No ventre da língua dos animais não submetidos ao procedimento cirúrgico, foi observada a presença de trama vascular superficial em forma de rede frouxa, e de variações anatômicas dos vasos confluentes das veias raninas. Nos ratos submetidos ao procedimento cirúrgico, no primeiro dia pós-operatório, as extremidades dos capilares venosos seccionados apresentaram forma cônica, e dos capilares arteriais, forma arredondada. No segundo dia pós-operatório, iniciou-se o processo de angiogênese por intussuscepção e por brotamento. No terceiro dia pós-operatório, observou-se também a ocorrência destas angiogênese nos capilares do tecido de granulação. No sétimo dia pós-operatório, todo o leito cirúrgico encontrava-se revascularizado com capilares centrais paralelos entre si e perpendiculares à trama vascular superficial circunjacente. No 14o dia pós-operatório, os capilares centrais apresentaram inclinação gradual que, no 21o dia, juntamente com a trama vascular superficial, formaram o padrão radial a partir do centro da ferida. O padrão vascular da superfície ventral da língua, 21 dias após o procedimento cirúrgico, ainda não se encontra na mesma organização e disposição do padrão vascular das línguas não submetidas ao procedimento cirúrgico. A ocorrência de angiogênese por intussuscepção e por brotamento é mais freqüente no limite posterior da ferida cirúrgica e no segundo e no terceiro dia pós-operatório.
Keywords: CICATRIZAÇÃO (ODONTOLOGIA)
MICROSCOPIA ELETRÔNICA
LÍNGUA (ODONTOLOGIA)
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Odontologia
Program: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Citation: VERLI, Flaviana Dornela. Angiogênese de ferida cirúrgica em língua de rato : análise por meio de microscopia eletrônica de varredura de modelo vascular. 2006. 149 f. Tese (Doutorado em Odontologia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2006.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/1290
Issue Date: 30-May-2006
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
379483.pdfTexto Completo10,89 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.