Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/9957
Document type: Tese
Title: Internacionalização da educação superior e o desenvolvimento de competências : perspectivas docentes em distintos contextos
Author: Baranzeli, Caroline 
Advisor: Morosini, Marília Costa
Abstract (native): Um dos grandes desafios da Educação Superior na contemporaneidade é atrelar a qualificação profissional e sua importância na formação por meio e para a pesquisa. A intensificação dos processos de globalização e internacionalização impactam diretamente nos atores das IES e torna importante a discussão sobre o desenvolvimento de competências interculturais nesses sujeitos. O objetivo deste trabalho é compreender como acadêmicos, de distintos contextos, entendem os processos de internacionalização e quais competências consideram fundamentais para atuação no contexto universitário. Para tanto, se produziu uma pesquisa, de estudo de caso múltiplos, em duas instituições de Educação Superior – uma no contexto britânico e outra no contexto brasileiro. Para tanto, se realizou 14 entrevistas, com docentes de ambos os contextos e se produziu uma análise seguindo os critérios da Análise Textual Discursiva e categorização de competências, apontadas pelos docentes, a partir das perspectivas da UNESCO. Os resultados do estudo de caso brasileiro apontam para um domínio dos entrevistados em relação ao tema da internacionalização, dissertam sobre suas possibilidades, mas principalmente sobre os desafios impostos à realidade brasileira. No que diz respeito às competências necessárias para atuar nos eixos de pesquisa, ensino e extensão, os acadêmicos brasileiros apontam como fundamentais as linhas apresentadas, pela UNESCO, como aprender a ser e a prender a conviver. No contexto britânico, observou-se o domínio dos acadêmicos sobre o tema da internacionalização, mas seu foco em questões como mobilidade estudantil demonstra como as realidades nacionais e institucionais impactam nas percepções sobre o internacionalizar. Em relação às competências, os acadêmicos britânicos também apontam como fundamentais as perspectivas do aprender a ser e conviver. Aponta-se que, apesar das diferenças existentes entre as análises de ambos os contextos, é possível observar a convergência de importância das competências de aprender a ser e conviver para todos os acadêmicos.
Abstract (english): One of the biggest Higher Education challenges is the connection between professional qualification and training through and for research. Globalization and internationalization processes impacted on HEIs actors and bring the discussion about the development of intercultural competencies. This work aims to understand how academics, from different contexts, understand internationalization processes and which competencies they consider essential for acting in the university context. The research drawn used multiple case studies in two institutions of Higher Education – one in the British context and the other in the Brazilian context. For that, 14 interviewees were carried out, with professors from both contexts and analysis was produced following the criteria of Discursive Textual Analysis and categorization of competencies, pointed out by the professors, from the perspectives of UNESCO. The results of the Brazilian case study points to a relation to the theme of internationalization, they talk about its possibilities, but mainly about the challenges imposed on the Brazilian reality. With regard to the skills needed to work in the research, teaching and extension axes, Brazilian academics point out as fundamental the lines presented by UNESCO, such as learning to be and to learn to live together. In the British context, it was observed that academics dominate the theme of internationalization, but their focus on issues such as student mobility demonstrates how national and institutional realities impact perceptions of internationalization. Regarding competencies, British academics also point out as fundamental the perspectives of learning to be and live together. It is pointed out that, despite the existing differences between the analyzes of both contexts, it is possible to observe the convergence of importance of the competencies of learning to be and living together for all academics.
Keywords: Educação Superior
Internacionalização
Competências
Competências Interculturais
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Humanidades
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho não apresenta restrição para publicação
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/9957
Issue Date: 31-Aug-2021
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_CarolineBaranzeli_sumário corrigido (final).pdfCAROLINE_BARANZELI_TES3,63 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.