Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/9895
Document type: Tese
Title: Análise da relação entre doação, coleta, ocultação e acumulação do conhecimento e a dimensão relacional do capital social no contexto dos times de desenvolvimento de software
Author: Garcia, Plinio Silva de 
Advisor: Oliveira, Mirian
Abstract (native): Apesar dos incentivos para o engajamento das pessoas ao compartilhamento do conhecimento, poucas empresas conseguem sua efetividade. Crucial para a gestão do conhecimento, esse processo continua problemático no contexto organizacional. Ocasionalmente, as pessoas optam por ocultar ou acumular o que sabem, prejudicando o desempenho individual e coletivo. Entre os fatores que podem influenciar essa decisão, o capital social tem potencial para impactar o fluxo do conhecimento. Nesse sentido, mediante a utilização de métodos mistos de investigação e à luz da Teoria do Capital Social e da Visão da Firma Baseada em Conhecimento, esta pesquisa analisou a relação entre variáveis de natureza social e comportamental no que tange ao compartilhamento do conhecimento entre indivíduos que atuam em times de desenvolvimento de software. Na primeira etapa, uma revisão sistemática da literatura foi realizada para consolidar a noção sobre ocultação e acumulação do conhecimento. A partir desse entendimento, desenvolveu-se uma investigação qualitativa e exploratória, pela qual 21 profissionais de tecnologia foram entrevistados. Ao analisar o conteúdo dessas entrevistas, foi possível identificar as principais facetas do capital social que influenciam a decisão de compartilhar ou reter o conhecimento. Segundo os participantes da pesquisa, as variáveis identidade, confiança e reciprocidade, inerentes à dimensão relacional do capital social, têm potencial para influenciar esse comportamento no contexto dos times de desenvolvimento de software. Embora questões na esfera individual e organizacional igualmente produzam impacto comportamental, a qualidade das relações interpessoais é crucial para o fluxo do conhecimento. Em contraste com o fenômeno da ocultação do conhecimento, o constructo acumulação do conhecimento não possuía uma escala validada e majoritariamente aceita em trabalhos anteriores que pudesse ser utilizada para mensurar esse comportamento. Desse modo, coletando dados quantitativos entre 217 estudantes de graduação e pós-graduação, foi possível validar uma escala adaptada para esse tipo de retenção do conhecimento. Na segunda etapa, para modelar a relação entre todas as variáveis, uma survey foi disseminada de forma não probabilística entre a população de profissionais de tecnologia atuando em times de desenvolvimento de software. Nesse estudo quantitativo, foram coletados dados de 432 participantes que responderam a um questionário virtual e autoadministrável com questões para analisar o relacionamento entre o capital social relacional e o compartilhamento ou não do conhecimento. O resultado dessa análise sugeriu que o sentimento de pertencimento ao grupo, a confiança nos colegas de trabalho e o compromisso da reciprocidade dentro do time impactam positivamente no compartilhamento do conhecimento e negativamente na retenção do conhecimento. No modelo teórico validado, verificou-se que, embora o capital social relacional não influencie diretamente a acumulação do conhecimento, existe um impacto indireto pela ocultação do conhecimento. Especificamente, quanto menos identidade, confiança e reciprocidade entre os membros do time, maior será a ocultação e a acumulação do conhecimento, e menor será a sua doação. Por sua vez, quanto mais identidade, confiança e reciprocidade entre os membros do time, maior será a coleta e doação do conhecimento, e menor será a sua acumulação. Portanto, visando favorecer o fluxo do conhecimento no contexto dos times de desenvolvimento de software, líderes podem desenvolver estratégicas para aumentar o capital social relacional dos indivíduos, promovendo relações sociais positivas e sustentáveis.
Abstract (english): Despite the incentives for engaging people to share knowledge, few companies achieve their effectiveness. Crucial for knowledge management, this process remains problematic in the organizational context. Occasionally, people choose to hide or accumulate what they know, undermining individual and collective performance. Among the factors that can influence this decision, social capital can potentially impact the flow of knowledge. In this sense, through mixed methods of investigation and in the light of Social Capital Theory and the Knowledge- Based Vision of the Firm, this research analyzed the relationship between social and behavioural variables regarding the sharing of knowledge between individuals with whom they work in software development teams. In the first step, a systematic literature review was carried out to consolidate the notion of concealment and accumulation of knowledge. Based on this understanding, a qualitative and exploratory investigation was developed, through which 21 technology professionals were interviewed. By analyzing the content of these interviews, it was possible to identify the main facets of social capital that influence the decision to share or retain knowledge. According to the research participants, the identity, trust and reciprocity variables, inherent to the relational dimension of social capital, can influence this behaviour in the context of software development teams. Although issues in the individual and organizational spheres equally have behavioural impacts, interpersonal relationships are crucial to the flow of knowledge. In contrast to the phenomenon of knowledge concealment, the knowledge accumulation construct did not have a validated scale that was mostly accepted in previous works that could be used to measure this behaviour. Thus, by collecting quantitative data among 217 undergraduate and graduate students, it was possible to validate an adapted scale for this type of knowledge retention. In the second stage, to model the relationship between all variables, a survey was disseminated in a non-probabilistic way among the population of technology professionals working in software development teams. This quantitative study collected data from 432 participants who answered a virtual and self-administered questionnaire with questions to analyze the relationship between relational social capital and the sharing or not of knowledge. This analysis suggested that the feeling of belonging to the group, trust in co-workers, and the commitment to reciprocity within the team positively impact knowledge sharing and negatively impact knowledge retention. In the validated theoretical model, it was found that, although relational social capital does not directly influence the accumulation of knowledge, there is an indirect impact due to the concealment of knowledge. Specifically, the less identity, trust, and reciprocity among team members, the greater the concealment and accumulation of knowledge, and the lesser will be knowledge donation. In turn, the more identity, trust and reciprocity among team members, the greater the collection and donation of knowledge, and the lesser will be knowledge hoarding. Therefore, aiming to favour the flow of knowledge in the context of software development teams, leaders can develop strategies to increase the relational social capital of individuals, promoting positive and sustainable social relationships.
Keywords: Compartilhamento do Conhecimento
Capital Social
Times de Desenvolvimento de Software
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Negócios
Program: Programa de Pós-Graduação em Administração e Negócios
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho será publicado como artigo ou livro
Time to release fulltext: 06 meses
Date to release fulltext: 29/03/2022
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/9895
Issue Date: 31-Jul-2021
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Administração e Negócios

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TES_PLINIO_SILVA_DE_GARCIA_COMPLETO.pdfPLINIO_SILVA_DE_GARCIA_TES7,4 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.