Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/9372
Document type: Dissertação
Title: Análise do compartilhamento do conhecimento entre subsidiária e matriz : estudo de caso em uma indústria farmacêutica multinacional
Author: Bissani, Mario Manoel 
Advisor: Oliveira, Mírian
Abstract (native): A indústria farmacêutica (IF) é reconhecida como uma indústria de uso intensivo de conhecimento. O compartilhamento do conhecimento pode contribuir positivamente para a inovação e a vantagem competitiva das empresas deste segmento. Uma grande parte destas organizações são multinacionais e um compartilhamento do conhecimento adequado entre subsidiária e matriz pode ser prejudicado pelo surgimento de barreiras, como por exemplo, diferenças culturais, distância geográfica, idioma, entre outros. Esta pesquisa tem como objetivo propor ações para facilitar o compartilhamento do conhecimento na relação entre subsidiária e matriz em uma indústria farmacêutica multinacional utilizando a perspectiva dos gestores da subsidiária. O trabalho foi executado através de um estudo de caso único, do tipo exploratório. A coleta de dados ocorreu através da leitura e análise de documentos e por meio de quatorze entrevistas com gestores de várias áreas e departamentos. Para a análise de dados foi utilizada a técnica de análise de conteúdo. Os resultados demonstram uma similaridade com o que foi encontrado na revisão da literatura: o fluxo do conhecimento acontece especialmente no sentido da matriz para a subsidiária, o que torna menos efetivo o compartilhamento do conhecimento acumulado na filial com a sede. Os mecanismos de compartilhamento do conhecimento são suficientes, porém faz-se necessário o uso mais constante de ferramentas online como um repositório de lições aprendidas e conhecimentos adquiridos. Quanto às barreiras e facilitadores os entrevistados listaram os mais comuns na literatura (idioma, fuso horário, cultura, recursos e prazos). A maioria não considera o idioma um problema visto que o inglês é o idioma oficial da organização, porém o fuso horário e a cultura podem dificultar o compartilhamento do conhecimento. Por fim entre os benefícios citados estão a possibilidade de participar de projetos globais e a exposição positiva que a subsidiária adquire ao participar dos mesmos. Os gestores destacaram diversos pontos positivos no compartilhamento do conhecimento como a inovação dos projetos, a rapidez na tomada de decisão e a importância com que a subsidiária é reconhecida. A área de oportunidade que surgiu com mais frequência foi em relação ao fluxo do conhecimento que acaba sendo muito mais da matriz para a afiliada, sendo que uma das contribuições deste trabalho é a sugestão de ações de melhoria para mitigar este ponto de disrupção.
Abstract (english): The pharmaceutical industry (PI) is recognized as a knowledge-intensive industry. Knowledge sharing can positively contribute to innovation and the competitive advantage of companies in this segment. A large part of these organizations are multinationals and an adequate knowledge sharing between subsidiary and headquarters can be hampered by the emergence os barriers, such as cultural differences, geographical distance, language, among others. This research aims to propose actions to facilitate knowledge sharing in the relationship between subsidiary and headquarters in a multinational pharmaceutical industry using the perspective of the subsidiary's managers. The work was carried out through a single case study of an exploratory type. Data collection occurred through the reading and analysis of documents and through fourteen interviews with managers from various areas and departments. The content analysis technique was used for data analysis. The results demonstrate a similarity with what was found in the literature review: the flow of knowledge happens especially from the headquarters to the subsidiary, which makes the accumulated knowledge sharing at the branch with the head office less effective. Knowledge sharing mechanisms are sufficient, but more constant use of online tools is necessary as a repository of lessons learned and acquired knowledge. As for barriers and facilitators, the interviewees listed the most common ones in the literature (language, time zone, culture, resources and deadlines). Most do not consider language a problem as English is the official language of the organization, however the time zone and culture can make it difficult to share knowledge. Finally, among the benefits mentioned are the possibility of participating in global projects and the positive exposure that the subsidiary acquires when participating in them. The managers highlighted several positive points in the sharing of knowledge, such as the innovation of the projects, the speed of decision making and the importance with which the subsidiary is recognized. The area of opportunity that emerged most frequently was in relation to the flow of knowledge, which ends up being much more of the headquarters to the affiliate, and one of the contributions of this work is the suggestion of improvement actions to mitigate this point of disruption.
Keywords: Compartilhamento de Conhecimento
Indústria Farmacêutica
Subsidiária
Matriz.
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Negócios
Program: Programa de Pós-Graduação em Administração e Negócios
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho será publicado como artigo ou livro
Time to release fulltext: 12 meses
Date to release fulltext: 12/11/2021
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/9372
Issue Date: 30-Mar-2020
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Administração e Negócios

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DIS_MARIO_MANOEL_BISSANI_COMPLETO.pdfMARIO_MANOEL_BASSANI_DIS1,24 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.