Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/8687
Document type: Tese
Title: Mudanças no septo nasal em pacientes submetidos a osteotomia le fort i através da intubação nasotraqueal tradicional x dupla intubação nasal
Author: Cé, Patrícia dos Santos 
Advisor: Lima, Eduardo Martinelli Santayana de
Abstract (native): A cirurgia ortognática tem o objetivo de corrigir as desarmonias dento alveolares e esqueléticas do paciente e maximizar o benefício estético. A morfologia do perfil facial de tecidos mole pode determinar a quantidade e a direção dos deslocamentos dentários e esqueléticos. O panejamento da cirurgia ortognática pode ser limitado a osteotomias isoladas da maxila ou mandíbula, bem como osteotomias combinadas de ambos os maxilares. Para o reposicionamento maxilar utiliza-se a osteotomia Le Fort I, a qual tem como principal complicação anatômica – o desvio do septo nasal, que pode ocasionar problemas respiratórios e ronco. Tal procedimento é realizado sob anestesia geral com intubação nasotraqueal. O tubo endotraqueal obstrui o campo operatório na região da cavidade nasal, que por sua vez, dificulta a redução adequada do septo nasal, podendo comprometer o resultado estético e funcional.6,7 Uma alternativa a intubação nasotraqueal convencional é a dupla intubação, a qual utiliza além do tubo nasal que irá até o pulmão do paciente, um segundo tubo de mesmo diâmetro, na narina contra lateral, limitando-se a região orofaríngea, objetivando a manutenção do arcabouço nasal, bem como diminuir ou eliminar o desvio do septo nasal. Apesar de ser uma técnica utilizada por anestesistas a pedido de cirurgiões bucomaxilofaciais, a mesma ainda não é reconhecida na literatura. O objetivo do presente estudo foi uma pesquisa retrospectiva afim de relatar os resultados da intubação nasal dupla em um grupo de paciente submetidos a Osteotomia Le Fort I para correção ortognáticas; comparar os resultados desta técnica com a intubação convencional; ilustrar, através de um caso clínico, a manutenção do arcabouço nasal no pós-operatório (PO) imediato; propor uma nova técnica, com base científica, afim de oferecer opções ao cirurgião bucomaxilofacial a atender as necessidades individuias de cada paciente. O estudo foi composto por 48 tomografias computadorizada (TC), incuindo uma imagem pré e uma pós-operatória da cada paciente; as imagens foram alocadas em dois grupos distisntos: grupo I – TC de pacientes que haviam recebido intubação nasal convencional (simples) durante a osteotomia Le Fort I; grupo II - TC de pacientes que receberam dupla intubação nasal. Os dados foram submetidos à análise estatística pelo teste de Wilcoxon com p<0,05, os resultados mostraram não haver diferença estatisticamente significante entre os dois grupos. O presente estudo permite afirmar que ambas as técnicas são seguras e efetivas, devendo ser avaliada a melhor aplicabilidade de cada uma em cada paciente individualmente. Ainda, estudos ampliando o número de casos, com o aprimoramento da metodologia, podendo acrescer dados subjetivos relacionados à percepção do paciente no pós-operatório, são sugeridos.
Abstract (english): Orthognathic surgery has the objective to correct dentoskeletal discrepancies and improve facial balance and harmony, maximizing treatment benefits. Soft tissue profile’s morphology might be the key on decision-making about dentoskeletal changes. First choice treatment to surgical repositioning of the maxilla is Le Fort I osteotomy. Nevertheless, nasal septum deviation may be a transoperatory complication, when the nasal endotracheal tube obstructs the operative field. The use of a second tube in the contralateral nostril is an alternative to maintain the nasal symmetry. Until now, no study evaluated nasal dimensions after maxillary Le Fort I osteotomy using double intubation. Therefore, the objective of this study was to assess and compare nasal cavity dimensions and symmetry before and after Le Fort I osteotomy using conventional or double intubation during general anesthesia. The sample included 24 patients with pre- and posttreatment cone beam computed tomography (CBCT) available. Patients were split in two groups by intubation technique: group I, conventional intubation; group II, double intubation. Scans were imported to the Dolphin software, images were reoriented and measures from the nose and nasal cavity were performed. Data were compared between groups with non-parametric Wilcoxon test (p < 0.05). The results indicated no statistically significant differences between groups (p > 0.05). Under limitations of the study, it is possible to conclude that Le Fort I osteotomy has equal outcomes in the nose and nasal cavity using either conventional or double nasal intubation
Keywords: Osteotomia Le Fort I
Nasotraqueal
Dupla Intubação Nasal
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Ciências da Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho será publicado como artigo ou livro
Time to release fulltext: 60 meses
Date to release fulltext: 11/06/2024
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/8687
Issue Date: 27-Mar-2019
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TES_PATRICIA_DOS_SANTOS_CE_COMPLETO.pdfPATRICIA_DOS_SANTOS_CE_TES7,88 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.