Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/8455
Document type: Dissertação
Title: Escala de reserva cognitiva : adaptação para o português brasileiro e primeiras evidências de validade
Author: Kudiess, Thais Landenberger 
Advisor: Argimon, Irani Iracema de Lima
Abstract (native): Estudos sobre Reserva Cognitiva (RC) mostram que as experiências ao longo da vida podem contribuir para formação de redes complexas de processamento cognitivo e compensatório capazes de proteger ou retardar a manifestação clínica de danos cognitivos atrelados a doenças neurodegenerativas. Por ser um construto teórico, não é possível mensurá-lo de forma direta. Estudos visando um instrumento capaz de gerar uma medida aproximada de RC, no entanto, estão em pleno desenvolvimento. Um instrumento para avaliar RC pode contribuir para a precisão do diagnóstico de patologias neurocognitivas, para o início e planejamento precoces de intervenções e para medidas protetivas favorecendo o envelhecimento saudável. Até o presente momento, não foi identificada uma escala ou questionário com a finalidade de estimar RC, validada ao contexto do Brasil. A presente dissertação, assim, teve como objetivo realizar a adaptação transcultural da Escala de Reserva Cognitiva - ERC para o português do Brasil e obter seus primeiros dados de evidência de validade. Inicialmente, foi realizada uma revisão sistemática da literatura a fim de identificar quais os instrumentos disponíveis para avaliar RC e se algum estava validado para o Brasil. Em seguida, foi realizada a tradução e adaptação transcultural da ERC e os primeiros estudos psicométricos de validação. Foram seguidos os passos metodológicos de 1) tradução inicial, 2) síntese das traduções, 3) avaliação da síntese por experts, 4) avaliação do instrumento pelo público-alvo, 5) tradução reversa e 6) estudo psicométrico. A amostra da etapa de validação constou de 132 sujeitos da comunidade, 31 adultos (40-59 anos) e 101 idosos (≥ 60 anos). Foram realizadas análises da estrutura interna (análise de componentes principais), de validade interna (Alpha de Cronbach) e de validade convergente correlacionando escore na ERC com escolaridade, ocupação profissional e QI. Os resultados indicam que a ERC, em sua versão brasileira, apresenta equivalência semântica com a escala original e adequados índices de consistência interna e de validade convergente. Embora estes dados assegurem a utilização da ERC para o público brasileiro, é importante observar que a escala avalia a participação em atividades de vida que contribuem para RC, e não o construto diretamente. Além disso, os estudos psicométricos apresentados nesta dissertação são apenas dados preliminares e novas pesquisas são necessárias utilizando a ERC no contexto nacional a fim de confirmar e expandir as conclusões aqui apresentadas.
Abstract (english): Cognitive Reserve (CR) studies show that life experiences can contribute with the formation of complex cognitive processing and compensatory networks that are capable of protecting or hindering the development of cognitive impairments associated with neurocognitive diseases. As a theoretical construct, it can’t be measured directly, albeit studies addressing an approximate measure of CR are being developed. An instrument that is capable of estimating the CR might contribute on the accuracy of neurocognitive diseases’ diagnostics, the early start and planning of interventions, and protective measures supporting a healthy aging. Until now, no scale or questionnaire assessing the CR, validated for Brazil, was identified. Hence, the present dissertation aimed to develop a cross-cultural adaptation of the Escala de Reserva Cognitiva - ECR for Brazilian Portuguese and pool the initial data of evidence validity. Initially, a systematic review of the literature was performed to identify which instruments were available worldwide to assess CR and if there was any validated for Brazil. Next, the translation and cross-cultural adaptation of the ERC and initial psychometric validation studies were performed. The method comprised the following stages: 1) initial translation, 2) synthesis of the translations, 3) assessment of the translations’ synthesis by experts, 4) assessment of the instrument by the target population, 5) back-translation, and 6) psychometric study. The validation stage sample consisted of 132 community subjects, 31 adults (40-59 years old) and 101 elderly (≥ 60 years old). Internal consistency (main components analysis), internal validation (Cronbach’s Alpha), and convergent validity were performed with education, profession, and IQ. Results indicate that ERC, in its Brazilian version, presents semanthic equivalence with the original scale and adequate rates of internal consistency and convergent validity. Although these data support the usage of ERC for the Brazilian population, it is highlighted that the scale explores the engagement in daily activities that contribute with the CR, and not the construct per se. Additionally, the psychometric studies presented in this dissertation are preliminary data and more research is needed addressing the ERC in Brazil to verify and add to the presented conclusions.
Keywords: Reserva Cognitiva
Escala de Reserva Cognitiva
Envelhecimento
Adaptação e Validação
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS HUMANAS:PSICOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Ciências da Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho será publicado como artigo ou livro
Time to release fulltext: 60 meses
Date to release fulltext: 22/02/2024
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/8455
Issue Date: 30-Nov-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DIS_THAIS_LANDENBERGER_KUDIESS_CONFIDENCIAL.pdfTHAIS_LANDENBERGER_KUDIESS_DES479.28 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.