Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7911
Document type: Tese
Title: Prematuridade, muito baixo peso ao nascer e características do sono na primeira infância : correlação com desenvolvimento motor
Author: Manacero, Sonia Aparecida 
Advisor: Nunes, Magda Lahorgue
Abstract (native): Objetivo: Correlacionar desenvolvimento motor com características do sono na primeira infância em prematuros de muito baixo peso ao nascer. Métodos: Foi realizado um estudo observacional, longitudinal e prospectivo com 41 crianças nascidas com menos de 32 semanas de idade gestacional e peso ≤ 1.500 g, sem intercorrências neurológicas. Ao 6 e 12 meses de idade corrigida, esse grupo foi avaliado quando ao desenvolvimento motor (Teste de Triagem de Desenvolvimento de Denver [TTDD-R] e Escala Motora Infantil de Alberta [AIMS]) e às características do sono (Avaliação do Sono na Primeira Infância [BISQ]). Aos 4/5 anos de idade, os prematuros foram novamente avaliados quanto a esses aspectos (Inventário de Avaliação Pediátrica de Incapacidade [PEDI] e Escala de Distúrbios do Sono [EDS]) e comparados a um grupo controle de 31 nascidos a termo selecionados aleatoriamente e avaliados com PEDI e EDS. Resultados: A AIMS detectou suspeita de atraso motor em 65,9% dos prematuros aos 6 meses e em 63,4% aos 12 meses. O TTDD-R detectou desenvolvimento anormal em 73,2% e 70,7% dos prematuros aos 6 e 12 meses, respectivamente. Aos 6 meses, desenvolvimento anormal (TTDD-R) e suspeita de atraso (AIMS) associaram-se a não dormir de lado, maior número de despertares e maior tempo de vigília. Para a AIMS, houve ainda associação entre suspeita de atraso e ter o sono da criança considerado como um problema pelos pais aos 6 meses. Aos 12 meses, não houve correlações significativas entre os resultados da BISQ e a avaliação das escalas motoras. Aos 4/5 anos, foram considerados os resultados de 32 prematuros e 30 controles. Atraso motor (PEDI) foi detectado em 36,1% dos prematuros e em 41,9% dos controles, sem diferença entre os grupos (p = 0,481). Também não houve diferença estatística entre os grupos quanto aos distúrbios do sono, observados em 56,3% dos prematuros e em 63,3% dos controles (p=0,757). Nessa idade, os prematuros tiveram associação entre melhor desenvolvimento motor do autocuidado e maiores escores nos domínios distúrbios do despertar e hiperidrose do sono na EDS. Para os nascidos a termo, o escore total da EDS e escores maiores de sonolência associaram-se a pior avaliação motora no domínio de mobilidade. Conclusão: O desenvolvimento motor correlacionou-se com a qualidade do sono aos 6 meses de idade corrigida e aos 4/5 anos em prematuros de muito baixo peso ao nascimento. As escalas motoras detectaram suspeita de atraso motor/desenvolvimento anormal em 2/3 dos prematuros tanto aos 6 como aos 12 meses de idade corrigida. Aos 4/5 anos, o sono dos prematuras foi semelhante ao das crianças do grupo controle. A maioria dos prematuros teve desenvolvimento normal nessa idade, sem diferença significativa em relação ao grupo controle exceto pelo “autocuidado”, que foi significativamente superior nos prematuros em comparação aos nascidos a termo.
Abstract (english): Objective: To correlate motor development with characteristics of sleep during infancy in premature children with very low birth weight. Methods: An observational, longitudinal, prospective study was performed with 41 children with <32 weeks of gestational age at birth and birthweight ≤ 1,500 g who did not present neurological complications. At 6 and 12 months of corrected age, this group was evaluated regarding motor development (Denver Developmental Screening Test II [Denver II] and Alberta Infant Motor Scale [AIMS]) and sleep characteristics (Infant Sleep Questionnaire [BISQ]). At 4/5 years of age, the group of preterm children was again assessed regarding these aspects (using the Pediatric Evaluation of Disability Inventory [PEDI] and the Sleep Disturbance Scale for Children [SDSC]) and compared to a control group of randomly selected term infants evaluated with PEDI and SDSC. Results: AIMS showed atypical development in 65.9% of premature infants at 6 months and 63.4% at 12 months. According to Denver II, suspected delay was present in 73.2% and 70.7% of the sample at 6 and 12 months respectively. At 6 months, suspected delay (Denver II) and atypical development (AIMS) were associated with not sleeping sideways, greater number of awakenings, and longer awake periods. For AIMS, there was also an association between atypical development and having the child's sleep considered a problem by the parents at 6 months. At 12 months, there were no significant correlations between BISQ findings and the results of motor evaluations. At 4/5 years, the results of 32 preterm and 30 term children were considered. Motor delays (PEDI) were detected in 36.1% of preterm infants and 41.9% of controls, with no difference between the groups (p = 0.481). Sleep disorders were also statistically similar, observed in 56.3% of preterm children vs. 63.3% of controls (p = 0.757). At this age, the preterm group had an association with favorable scores in the PEDI self-care motor development domain and higher SDSC scores in sleep arousal and hyperhidrosis. For term children, total SDSC score and higher drowsiness scores were associated with worse motor assessment in the mobility domain. Conclusion: Motor development correlated with sleep quality at 6 months of corrected age and at 4/5 years of age in very low weight preterm infants. The observed association between higher self-care scores and presence of sleep arousal/hyperhidrosis at 4/5 years deserves further investigation. At 4/5 years, premature children were similar to full-term children both in terms of sleep disturbances and motor delay.
Keywords: Sono
Nascimento Prematuro
Transtornos do Neurodesenvolvimento
Fatores de Risco
Lactente
Pré-Escolar
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Medicina
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina/Pediatria e Saúde da Criança
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho será publicado como artigo ou livro
Time to release fulltext: 60 meses
Date to release fulltext: 03/04/2023
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7911
Issue Date: 12-Sep-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Pediatria e Saúde da Criança

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TES_SONIA_APARECIDA_MANACERO_COMPLETO.pdfSONIA_APARECIDA_MANACERO_TES4,6 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.