Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7655
Document type: Dissertação
Title: Intervenção intensiva para o desenvolvimento de flexibilidade psicológica em pessoas com sobrepeso e obesidade
Author: Guedes, Patricia Ariane 
Advisor: Oliveira, Margareth da Silva
Abstract (native): As consequências da obesidade e sobrepeso podem ser analisadas a partir das questões de saúde física, mental, de qualidade de vida e impactos sociais. Quando essa condição já está instaurada, é necessário atuar a partir de tratamentos que tragam benefícios. Objetiva-se nessa dissertação relatar uma intervenção intensiva baseada na Terapia de Aceitação e Compromisso (ACT), assim como, identificar os resultados na Flexibilidade Psicológica em pessoas com sobrepeso e obesidade. Para tanto, os critérios de inclusão foram ter idade entre 18 e 59 anos, apresentar IMC maior ou igual a 25 e ter escolaridade mínima de oito anos de estudo. Já os critérios de exclusão foram presença de diagnósticos de Transtorno da Personalidade Borderline, Transtornos do Humor Bipolar (em episódio ativo), Transtorno Depressivo (em episódio ativo) e Transtornos de Uso de Substâncias. Instrumentos utilizados: Escala de Depressão Ansiedade e Estresse (DASS-21), Escala de Compulsão Alimentar Periódica (ECAP), Questionário de Aceitação e Ação II (AAQ-II), Questionário de Aceitação e Ação para o Peso (AAQ-W), Questionário de Valores de Vida (VLQ), Questionário de Fusão Cognitiva (CFQ), Questionário de Fusão Cognitiva – Imagem Corporal (CFQ-BI) e Mindful Eating Questionnaire (MEQ). Eles foram aplicados em três tempos: antes da intervenção, logo após a intervenção e cinco meses depois da intervenção. O presente estudo foi realizado com 39 indivíduos, com idades entre 21 e 58 anos, com média de 40,9. A maioria dos participantes era solteiro(a) (35,7%) e tinha Ensino Superior, entre incompleto e completo (66,7%). Os participantes apresentaram IMC entre 25,3 e 51,6, com média 34,2 (considerado obesidade). Na seção 1 foi realizado um relato de experiência associando com depoimentos dos pacientes. A intervenção intensiva apresentou aspectos ligados a conceitos da ACT tais como aceitação experiencial, desfusão cognitiva, Mindfulness, entre outros, assim como o uso do diagrama Matriz e o envio de mensagens de texto nas semanas seguintes. Na seção 2 foi investigado os efeitos da intervenção intensiva nas medidas de flexibilidade psicológica, compulsão alimentar, sintomas de depressão, de ansiedade e de estresse. Das 478 pessoas que demonstraram interesse em participar da intervenção, 181 foram triadas. Dessas, 39 pessoas participaram da intervenção e 29 retornaram para a avaliação de seguimento. Como resultados, encontrou-se diferença significativa no aumento da aceitação experiencial (AAQ–II F10,92; p<0,001; AAQ–W F14,94; p<0,001), no desenvolvimento da desfusão cognitiva (CFQ F10,96; p<0,001; CFQ-BI F24,45; p<0,001), aumento da consciência e atenção no processo de comer (MEQ t=-3,75; p=0,001) e não houve diferença expressiva na importância aos valores na vida e o quanto eles são aplicáveis em ações (VLQ). Houve uma redução significativa de sintomas ligados à compulsão alimentar. Ainda que preliminares, os resultados parecem promissores para o aumento da Flexibilidade Psicológica.
Abstract (english): The consequences of obesity and overweight can be analyzed by matters of mental and physical health, quality of life and social impacts. When this condition is already instated, it is necessary to act with treatments that bring benefits. The goal of the present dissertation is to report an intervention based on the Acceptance and Commitment Therapy (ACT), as well as identifying the results on the Psychological Flexibility in people with obesity or overweight. In order to achieve that, the inclusion criteria were being between 18 and 59 years of age, presenting a BMI 25 or above, and having studied at least eight years, The exclusion criteria were the presence of diagnosis of Borderline Personality Disorder, Bipolar Mood Disorders (in active episode), Depressive Disorder (in active episode) and Substance Abuse Disorders. Instruments used: Depression, Anxiety and Stress Scale (DASS-21), Binge Eating Scale (BES), Acceptance and Action Questionnaire II (AAQ-II), Acceptance and Action Questionnaire for Weight (AAQ-W), Values of Life Questionnaire (VLQ), Cognitive Fusion Questionnaire - Body Image (CFQ-BI) and Mindful Eating Questionnaire (MEQ). They were applied in three moments: before the intervention, right after the intervention, and five months after the intervention. The present study was done with 39 subjects, ages between 21 and 58, with an average of 40.9. The majority of the participants was single (35.7%) and had a college degree, either completed or not (66.7%). The participants presented a BMI between 25.3 and 51.6, with an average of 34.2 (considered obesity). In section I an experience account with patient illustrations was done. The intensive intervention presented aspects connected to ACT concepts such as experiential acceptance, cognitive defusion, Mindfulness, among others, as well as the use of Matrix diagram and the texting of messages in the weeks following. In section 2 the effects of intensive intervention on psychological flexibility, eating compulsion, depression, anxiety and stress symptoms. Of the 478 people who were interested in participating on the intervention, 181 underwent triage. Of those, 39 participated on the intervention and 29 returned for the segment evaluation. As far as results, a significant difference was found in the increase of experiential acceptance (AAQ–II F10,92; p<0,001; AAQ–W F14,94; p<0,001), in the development of cognitive defusion (CFQ F10,96; p<0,001; CFQ-BI F24,45; p<0,001), increase of consciousness and attention in the eating process (MEQ t=-3,75; p=0,001) and there was no significant difference in the importance of life values and how much they can be applicable in actions (VLQ). There was an expressive reduction on eating compulsion related symptoms. Even though they’re preliminary, the results appear to be promising to for the increase in Psychological Flexibility.
Keywords: Terapia de Aceitação e Compromisso
Obesidade
Compulsão Alimentar
Intervenção
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Humanidades
Program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7655
Issue Date: 30-Jun-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DIS_PATRICIA_ARIANE_GUEDES_PARCIAL.pdfTexto Parcial3,87 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.