Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7333
Document type: Tese
Title: Crescimento educacional brasileiro : uma análise da distribuição e disseminação dos efeitos espaciais
Author: Vernier, Laura Desirée Silva 
Advisor: Bagolin, Izete Pengo
Abstract (native): Esta tese apresenta três ensaios em Economia da Educação que utilizam dados municipais do Brasil entre os anos de 2000 e 2013. No primeiro ensaio, o objetivo é analisar a distribuição da educação, classificada em quantidade e qualidade. A metodologia foi baseada na Curva de Incidência do Crescimento (GIC), na qual foram inseridos dados educacionais. Identificou-se no período um crescimento educacional, e os principais resultados mostraram que o crescimento da quantidade e da qualidade educacional apresentam diferentes tipos de distribuição. Enquanto a quantidade apresenta um comportamento pró-pobre; a quantidade mostra-se “anti-pobre”. Observou-se ainda que o fator renda torna-se menos determinante nas taxas de crescimento educacionais conforme maior o desempenho escolar dos municípios. O segundo ensaio tem por objetivo verificar a existência de efeitos espaciais na educação brasileira, e, para isso, analisa a relação da qualidade educacional de um município com a qualidade educacional dos municípios vizinhos. Os resultados identificam forte dependência, sugerindo que a estrutura espacial tem influência no desempenho escolar, e que, dessa forma, o desempenho de um município está positivamente associado ao desempenho dos municípios vizinhos. Observou-se também o efeito do ensino superior no próprio município, e que este efeito está associado à sua qualidade e não somente à sua existência. Demais medidas referentes à formação dos professores também apresentam forte associação com o resultado escolar. Diante da relevância da educação e dos resultados obtidos no segundo ensaio, o terceiro ensaio considera a heterogeneidade das regiões dentro da abordagem espacial. Os resultados indicam que o status socioeconômico, como escolaridade dos pais e a cor do aluno, está fortemente associado ao desempenho escolar. O efeito-professor também foi identificado, sugerindo que quanto melhor o conceito das universidades e maior a proporção de professores com pós-graduação, melhor o resultado do município. A heterogeneidade e autocorrelação espacial mostraram-se importantes na educação dos municípios brasileiros.
Abstract (english): This doctoral dissertation presents three essays in Economics of Education that use data from Brazilian municipalities between the years 2000 and 2013. In the first, the objective is to analyze the distribution of education, classified in quantity and quality. The methodology was based on the Growth Incidence Curve (GIC), in which educational data were inserted. Educational growth was identified in the period, and the main results showed that the growth of quantity and quality of education presents different types of distribution. While the quantity exhibits a pro-poor behavior; the quantity is "anti-poor". It was also observed that the income factor becomes less determinant in the educational growth rates, the higher the school performance of the municipalities. The second essay analyzes the relation of the educational quality of a municipality with the educational quality of the neighboring municipalities. The results identify a strong dependence, suggesting that spatial structure influences school performance. So that the performance of a municipality is positively associated with the school performance of the neighboring municipalities. It was also observed the effect of higher education in the municipality itself, and that this effect is associated with its quality and not with the fact of its existence. Other measures related to teacher training also have a strong association with school outcomes. Considering the relevance of education and the results obtained in the second test, the third essay considers the heterogeneity of the regions within the spatial approach. The results indicate that socioeconomic status, such as parental schooling and student color, is strongly associated with school performance. The teacher effect was also verified, that is, the better the concept of universities and the higher the proportion of teachers with post-graduation, the better the school result of the municipality. Spatial heterogeneity and autocorrelation were important in the education of Brazilian municipalities.
Keywords: Educação
Qualidade e Quantidade Educacional
Distribuição da Educação
Dependência Espacial
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Negócios
Program: Programa de Pós-Graduação em Economia do Desenvolvimento
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7333
Issue Date: 22-Dec-2016
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Economia do Desenvolvimento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TES_LAURA_DESIREE_SILVA_VERNIER_COMPLETO.pdfTexto Completo2,39 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.