Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/10545
Document type: Tese
Title: Uso de resíduo de construção e demolição (RCD), cinza volante e cal hidratada para produção de concretos aplicados na construção civil
Author: Silva, Sérgio Roberto da 
Advisor: Andrade, Jairo José de Oliveira
Abstract (native): A pesquisa foi desenvolvida em duas etapas: Etapa 1, o objetivo foi avaliar o efeito do agregado reciclado misto (ARM) como agregado graúdo nas propriedades mecânicas (resistência à compressão e módulo de elasticidade), físicas (absorção d’água, porosidade e massa específica), na difusão de CO2 e microestruturais (MEV e microtomografia de raios X) em concretos com ARM nos teores de substituição de 25, 50 75 e 100% em substituição parcial ao agregado natural e concreto de referência. As relações a/c foram 0,40, 0,50 e 0,60. Foram gerados modelos matemáticos para calcular o módulo de elasticidade a partir de uma fc28 e relação a/c desejada e o teor de ARM necessário. Etapa 2, o objetivo foi avaliar a eficiência da adição de cal hidratada dolomítica em concretos de cimento Portland, cinza volante (CV) e agregado reciclado (AR) como agregado graúdo, como forma de melhorar as propriedades mecânicas nas menores idades, bem como diminuir a profundidade de carbonatação. Para tal, foram produzidos concretos com 20% de CV em substituição parcial ao CP, adição de cal hidratada nas proporções de 5 e 10% do total de aglomerante em massa e relação água/aglomerante de 0,55. O ARM e agregado reciclado de concreto (ARC) foi na proporção de 50% de substituição por agregado graúdo natural. Para isso, foram realizados ensaios mecânicos (resistência à compressão axial, módulo de elasticidade), físicos (absorção d’água, porosidade e massa específica), na difusão de CO2 e análise microestruturais (MEV e microtomografia de raios X). Os resultados da Etapa 1 mostraram que concretos com teor de ARM de 50% e relação a/c 0,50 apresentou queda na fc28 e Ec28 de 18% e 54,9% respectivamente quando comparado ao concreto de referência. O aumento no volume de vazios foi de 33% quando comparado ao concreto de referência. Os resultados da Etapa 2 mostraram que a adição de 10% de cal hidratada em concretos com 80% de CP, 20% de CV e 50% de ARC apresentou resistência à compressão aos 63 dias 12,47% maior quando comparado ao concreto sem cal hidratada. O Ec28 melhorou 3,78% em comparação ao concreto sem cal hidratada. A espessura média da ITZ dos concretos com e sem 10% de cal hidratada foi de 3,61 μm e 6,28 μm respectivamente. A adição da cal hidratada em concretos de cimento Portland com CV e RA restabelece o teor remanescente de Ca(OH)2 na matriz antecipando as reações pozolânicas em idades precoces
Abstract (english): The research was developed in two stages: In stage 1, the objective was to evaluate the effect of mixed recycled aggregate (MRA) as coarse aggregate on the mechanical properties (compressive strength and elastic modulus), physical (water absorption, porosity, and bulk density), in the diffusion of CO2 and microstructural (SEM and X-ray microtomography) in concretes with MRA in the substitution levels of 25, 50, 75 and 100% in partial substitution to the natural aggregate and reference concrete. The w/c ratios were 0.40, 0.50 and 0.60. Mathematical models were generated to calculate the elastic modulus from an fc28 and desired w/c ratio and the required MRA content. Stage 2, the objective was to evaluate the efficiency of adding hydrated dolomitic lime in Portland cement concrete, fly ash (CV), and recycled aggregate (RA) as coarse aggregate, as a way of improving the mechanical properties at the lowest ages, as well as reducing the depth of carbonation. For this, concretes were produced with 20% of CV in partial replacement of the CP, the addition of hydrated lime in the proportions of 5, and 10% of the total binder in mass and w/b ratio of 0.55. The MRA and recycled concrete aggregate (RCA) was 50% replaced by natural coarse aggregate. For this, mechanical (compressive strength, elastic modulus), physical (water absorption, porosity and bulk density), CO2 diffusion and microstructural analysis (SEM and X-ray microtomography) tests were performed. The results of Stage 1 showed that concretes with MRA content of 50% and w/c ratio of 0.50 presented a decrease in fc28 and Ec28 of 18% and 54.9%, respectively, when compared to the reference concrete. The increase in the volume of voids was 33% when compared to the reference concrete. The results of Stage 2 showed that the addition of 10% hydrated lime in concretes with 80% CP, 20% CV, and 50% ARC presented compressive strength at 63 days 12.47% higher when compared to concrete without lime hydrated. Ec28 improved by 3.78% compared to concrete without hydrated lime. The average ITZ thickness of the concretes without and with 10% hydrated lime was 3.61 μm and 6.28 μm, respectively. The addition of hydrated lime in Portland cement concretes with CV and RA restores the remaining Ca(OH)2 content in the matrix, anticipating pozzolanic reactions at early ages
Keywords: Concreto
FA
ARM
ARC
Cal Hidratada
concrete
FA
MRA
RCA
Hydrated Lime
CNPQ Knowledge Areas: ENGENHARIAS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola Politécnica
Program: Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Tecnologia de Materiais
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho será publicado como artigo ou livro
Time to release fulltext: 12 meses
Date to release fulltext: 10/11/2023
URI: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/10545
Issue Date: 25-Aug-2022
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Tecnologia de Materiais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TES_SÉRGIO_ROBERTO_DA SILVA_CONFIDENCIAL.pdfSÉRGIO_ROBERTO_DA_SILVA_TES469.67 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.