Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/10108
Document type: Tese
Title: Emprego do 18F-FDG em PET/CT no sistema único como alternativa de método não-invasivo para o estadiamento do câncer de pulmão
Author: Anflor Junior, Luís Carlos 
Advisor: Hochhegger, Bruno
Abstract (native): Introdução: A avaliação da performance da Tomografia Computadorizada com Emissão de Pósitrons (PET-CT) no estadiamento do câncer de pulmão não-pequenas células (CPNPC) em área endêmica de doença granulomatosa é de relevância clínica. Objetivo: Avaliar o desempenho do PET-CT no estadiamento mediastinal de pacientes com CPNPC residentes em uma área endêmica de tuberculose. Secundariamente, avaliar o desempenho do exame considerando, também, a variação da captação da imagem obtida, na segunda hora, após uso do radiofármaco. Metodologia: Estudo de teste diagnóstico, incluindo pacientes maiores de 18 anos, com CPNPC operável em estágio I-III e com indicação para biópsia de linfonodo mediastinal. Todos os pacientes foram submetidos a PET-CT com 18F-FDG, antes do estadiamento mediastinal invasivo, seja por mediastinoscopia ou toracotomia, considerado o padrão-ouro. Cirurgiões e patologistas foram cegados para os resultados da varredura. O desfecho primário foi avaliar a sensibilidade, especificidade e valores preditivos positivos e negativos do PET-CT com imagens adquiridas na 1ª hora do protocolo de exame, usando pontos de corte predefinidos de SUV máximo, por pacientes. Resultados: No geral, 85 pacientes com CPNPC operáveis foram submetidos à PET-CT seguido do estadiamento mediastinal invasivo. A idade média foi de 65 anos, sendo que 49 pacientes eram do sexo masculino e 68 eram brancos. Um paciente apresentou tuberculose ativa e nenhum tinha infecção pelo HIV. Usando qualquer SUV_max> 0 como critério qualitativo para positividade, a sensibilidade e especificidade foram de 0,87 e 0,45, respectivamente. No entanto, quando um SUV mais alto foi usado SUV_max ≥5, a especificidade permaneceu baixa 0,79, com um valor preditivo positivo estimado de 54%. Conclusão: Os achados do presente estudo estão de acordo com as publicações e diretrizes mais recentes, isto é, não se recomenda o uso da PET-CT como uma ferramenta única para o estadiamento do mediastino, mesmo em uma região com alta carga de tuberculose.
Abstract (english): Background: The evaluation of the performance of PET-CT in the staging of non-small cell lung cancer (NSCLC) in an endemic area of granulomatous disease is of clinical relevance. Objective: To evaluate the performance of PET-CT in mediastinal staging of patients with NSCLC residing in an endemic area of tuberculosis. Secondly, to evaluate the performance of the exam considering also the variation of the image capture obtained in the second hour after using the radiopharmaceutical. Methods: Diagnostic test study including patients aged 18 years or older with operable stage I-III NSCLC and indication for a mediastinal lymph node biopsy. All patients underwent a 18F-FDG PET-scan before invasive mediastinal staging, either through mediastinoscopy or thoracotomy, which was considered the gold-standard. Surgeons and pathologists were blinded for scan results. Primary endpoint was to evaluate sensitivity, specificity and positive and negative predictive values of PET-CT with images acquired in the 1st hour of the exam protocol, using predefined cutoffs of maximal SUV, on per-patient basis. Results: Overall, 85 patients with operable NSCLC underwent PET-CT scan followed by invasive mediastinal staging. Mean age was 65 years, 49 patients were male and 68 were white. One patient presented with active tuberculosis and none had HIV infection. Using any SUV_max > 0 as qualitative criteria for positivity, sensitivity and specificity were 0.87 and 0.45, respectively. Nevertheless, even when the highest SUV cut-off was used SUV_max ≥5, specificity remained low 0.79, with an estimated positive predictive value of 54%. Conclusions: The findings of the present study are in line with the most recent publications and guidelines, which recommend that PET-CT must not be solely used as a tool to mediastinal staging, even in a region with high burden of tuberculosis.
Keywords: PET-CT
Câncer de Pulmão Não-Pequenas Células
Mediastinoscopia
PET-CT
Non-Small Cell Lung Cancer
Mediastinoscopy
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Medicina
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho não apresenta restrição para publicação
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/10108
Issue Date: 18-Dec-2021
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE LUIS ANFLOR JR DEZ 2021 (2).pdfLUIS_CARLOS_ANFLOR_JUNIOR_TES3,21 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.