Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/9650
Document type: Dissertação
Title: "Inculcar nos operários os princípios econômicos e filosóficos do comunismo anárquico" : concepções e práticas sindicais do anarquismo argentino (1905-1915)
Author: Knevitz, Maurício Moroso 
Advisor: Silveira, Helder Volmar Gordim da
Abstract (native): Em 1905, o V Congresso da Federação Operária Regional Argentina (FORA) aprovou uma resolução que recomendava a todos os seus aderentes a propaganda dos princípios econômicos e filosóficos do comunismo anárquico. A identificação da maior instituição sindical da Argentina com a ideologia anarquista não só demonstrava a força do anarquismo no movimento operário como também foi um fato que encontrou poucos precedentes na história do movimento libertário. Longe de apenas seguir os exemplos de seus pares europeus, os anarquistas argentinos desenvolveram concepções originais e que fundamentaram suas práticas no movimento operário. A presente dissertação pretende analisar as concepções e práticas sindicais dos anarquistas argentinos entre 1905 e 1915, período em que a FORA esteve abertamente identificada com o anarquismo. Buscamos compreender as formulações anarquistas sobre a ação, organização e finalidade do sindicalismo; suas práticas concretas frente a questões como a solidariedade de classe, a luta por melhores condições de vida para a classe trabalhadora, o enfrentamento contra o Estado e o internacionalismo; e suas relações com o sindicalismo revolucionário, corrente política que disputava a direção do movimento operário argentino e compartilhava certos princípios com o anarquismo, como o antiparlamentarismo e a defesa da ação direta e da greve geral.
Abstract (english): In 1905, the 5th Congress of the Argentine Regional Workers’ Federation (Federación Obrera Regional Argentina, FORA) approved a resolution which advised to all its members the study and propaganda of the economical and philosophical principles of anarchocommunism. Being the major labor federation in Argentina, its identification with anarchist ideology not only shows how anarchism was strong among the labor movement, but also stands as a fact with little to no precedence in libertarian movement history. Far from following the steps of fellow European counterparts, anarchists in Argentina developed original concepts as a foundation for their practices in the labor movement. This dissertation aims to analyze anarchist concepts and practices in the Argentine labor movement between 1905 and 1915, a period in which the FORA openly identified itself with anarchism. We sought to understand anarchist purposes for labor action, organization and its aims; their concrete practices regarding issues such as class solidarity, struggles for better life conditions for the working classes, clashes with the State and internationalism; and its relationships with revolutionary syndicalism, a political current disputing control of the Argentine labor movement which shared some principles with anarchism, such as anti-parliamentarism and support for direct action and general strikes.
Keywords: Anarquismo
Sindicalismo
Movimento Operário Argentino
Federação Operária Regional Argentina
La Protesta
Anarchism
Syndicalism
Argentine Labor Movement
Argentine Regional Workers’ Federation
La Protesta
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Humanidades
Program: Programa de Pós-Graduação em História
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho não apresenta restrição para publicação
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/9650
Issue Date: 14-Apr-2021
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em História

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MAURÍCIO_ MOROSO_ KNEVITZ_DIS.pdfMAURICIO_MOROSO_KNEVITZ_DIS1,19 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.