Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: https://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/10519
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorRodrigues, Elida Regina Nobre-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2450162234989201por
dc.contributor.advisor1Eggert, Edla-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8360909218928418por
dc.date.accessioned2022-10-19T12:26:14Z-
dc.date.issued2022-07-26-
dc.identifier.urihttps://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/10519-
dc.description.resumoEsta tese está inserida na linha de pesquisa Teorias e Culturas em Educação, do Programa de Pós-Graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), e teve como objetivo geral analisar como a produção científica das professoras doutoras negras, atuantes em cursos das áreas humanas, apresenta indícios da consciência da negritude por meio de elementos autobiográficos nos seus escritos. A metodologia adotada foi a autobiográfica que, aliada a escrevivência, permitiu que minha narrativa de vida também estivesse presente na pesquisa. Como uma mulher negra e professora, essas escolhas metodológicas também atuam como uma tentativa de rompimento com paradigmas universalizantes, androcêntricos, racistas e sexistas. Assim como a decisão de priorizar autoras mulheres, especialmente as negras, para a construção do referencial teórico utilizado neste trabalho — uma vez que esse estudo surgiu a partir da constatação da invisibilidade das mulheres negras no meio acadêmico. Foram consideradas para a investigação as categorias: gênero, raça, fator geográfico, habilitação e docência em instituições públicas, na área das ciências humanas. Para a análise da produção científica pude contar com a colaboração de três professoras doutoras, sendo elas: Giane Vargas Escobar, Sátira Pereira Machado e Simone Silva Alves. E a partir da investigação da produção acadêmica das três participantes (disponível de forma pública no Currículo Lattes) foi possível a construção das categorias: consciência da negritude, feminismo negro, dororidade, invisibilidade, fala/voz, resistência e combate ao racismo, que foram analisadas de acordo com o pensamento de intelectuais negras/os. Como resultado, os achados incluíram a indissociabilidade da negritude na produção acadêmica, a resistência e o combate ao racismo e a misoginia, assim como qualquer outra forma de preconceito ou discriminação.por
dc.description.abstractThis thesis has the general objective of analyzing how the scientific production of black doctoral professors working in courses in the humanities áreas, presentes evidence of the consciousness of blackness through autobiographical elements in his writings. The methodology adopted was autobiographical allied to writing and a black woman teacher my life narrative is also related to this research it was a choice that signals the break with universalizing paradigms androcentric, racists and sexists, and for that, women authors, especially black women, were prioritized in the theoretical framework, since this study emerged from the observation of the invisibility of black women in the academic environment. Taking into account the categories of gender, race, geographic factor, qualification and teaching in public institutions in the area of human sciences, we had the collaboration of the doctors professors: Giane Vargas Escobar, Sátira Pereira Machado e Simone Silva Alves. The analysis of their academic productions publicity available in the Lattes Curriculum gave rise to the categories consciousness of blackness black feminism dorority, invisibility speaks resistance and combating racism that were analyzed according to the thinking of black intellectuals. The findings included the inseparability of blackness in academic production, resistance and the fight against racism and misogyny as well as any other form of prejudice or discrimination.eng
dc.description.abstractEsta tesis tiene como objetivo general analizar cómo la producción científica de las profesoras doctoras negras actuantes en cursos de las áreas humanas, presenta indicativos de conciencia de negritud por medio de elementos autobiográficos em sus escritos. La metodología adoptada fue la autobiográfica, sumada a la escrevivencia y, como mujer negra y profesora, mi narrativa de vida también está relacionada a esta investigación, fué una elección que muestra la ruptura com parámetros universalizantes, androcéntricos, racistas y sexistas. Y para tanto, fueron priorizados en un referencial teórico de autoras mujeres, especialmente negras, una vez que ese estudio surgió a partir de la constatación de invisibilidad de mujeres negras en medio académico. Llevando en consideración las categorias género, raza, factor geográfico, habilitación y docencia en instituciones públicas, em el área de las ciencias humanas, contamos con la colaboración de tres profesoras doctoras: Giane Vargas Escobar, Sátira Pereira Machado y Simone Silva Alves. El análisis de producción académica de las mismas, presentadas en forma pública em Currículo Lattes dio origen a las categorías conciencia de negritud, feminismo negro, dororidad, invisibilidad, habla/voz, resistencia y combate al racismo, que fueron analisadas de acuerdo con el pensamiento de intelectuales negras/os. Los estúdios incluyeron la indisociabilidad de negritud en la producción académica, la resistência y el combate al racismo y la misoginia, asi como a cualquier otra forma de discriminación.spa
dc.description.provenanceSubmitted by PPG Educação ([email protected]) on 2022-10-18T23:25:37Z No. of bitstreams: 1 TESE ELIDA REGINA NOBRE RODRIGUES 11092022.pdf: 2206844 bytes, checksum: ccfbe6f7348b00096b113a41d5be0e4d (MD5)eng
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Sheila Dias ([email protected]) on 2022-10-19T12:08:07Z (GMT) No. of bitstreams: 1 TESE ELIDA REGINA NOBRE RODRIGUES 11092022.pdf: 2206844 bytes, checksum: ccfbe6f7348b00096b113a41d5be0e4d (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2022-10-19T12:26:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 TESE ELIDA REGINA NOBRE RODRIGUES 11092022.pdf: 2206844 bytes, checksum: ccfbe6f7348b00096b113a41d5be0e4d (MD5) Previous issue date: 2022-07-26eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPESpor
dc.formatapplication/pdf*
dc.thumbnail.urlhttps://tede2.pucrs.br/tede2/retrieve/185732/TESE%20ELIDA%20REGINA%20NOBRE%20RODRIGUES%2011092022.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpor
dc.publisher.departmentEscola de Humanidadespor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsPUCRSpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Educaçãopor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectProfessoras Negraspor
dc.subjectAutobiografiapor
dc.subjectEscrevivênciapor
dc.subjectEnsino Superiorpor
dc.subjectCombate ao Racismopor
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor
dc.titleProfessoras negras e suas autorias : um estudo sobre a produção acadêmica de doutoras negras atuantes em universidades públicas do sul do Rio Grande do Sulpor
dc.typeTesepor
dc.restricao.situacaoTrabalho não apresenta restrição para publicaçãopor
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE ELIDA REGINA NOBRE RODRIGUES 11092022.pdfELIDA_REGINA_NOBRE_RODRIGUES_TES2,16 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.