Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7985
Document type: Dissertação
Title: Aspectos da anatomia cerebral de cinodontes não-mammaliaformes e suas implicações na evolução do cérebro dos mamíferos
Author: Hoffmann, Carolina Abreu 
Advisor: Andrade, Marco Brandalise de
First advisor-co: Soares, Marina Bento
Abstract (native): Importantes estudos já foram realizados acerca da paleoneurologia de animais extintos graças ao avanço das técnicas de tomografia computadorizada nos últimos anos. Isso possibilitou estudos mais precisos e sem a necessidade de alteração dos materiais, especialmente cinodontes não-mammaliaformes e mamíferos basais. Entretanto, estas análises são limitadas por vieses de preservação dos materiais, muitas vezes com ausência de pós-crânio. Consequentemente, são realizadas estimativas de massa corporal, necessárias para os cálculos de análises quantitativas da evolução da capacidade cerebral destes animais. Considerando isso, a fim de aumentar o conjunto de dados acerca da evolução do cérebro em Cynodontia, foram realizadas tomografias computadorizadas de dois crânios do MCT/PUCRS (MCP 1600 PV Probelesodon kitchingi; MCP 3871 PV Massetognathus ochagaviae). Também foram calculados os quocientes de encefalização (EQ) para os espécimes, com e sem os bulbos olfatórios, aplicando-se quatro métodos. Para as estimativas de massa corpórea utilizou-se duas fórmulas. Quando os dados necessários estavam disponíveis na bibliografia, foram calculados os EQs para outros sinapsidos com fins comparativos. Em relação à morfologia dos moldes endocranianos, não foram observadas diferenças em relação ao descrito para outros eucinodontes, no qual ainda não há um alargamento dos hemisférios cerebrais, assim como um desenvolvimento da região cerebelar. Os EQs obtidos para M. ochagaviae e P. kitchingi não diferem de forma representativa dos previamente calculados para outros materiais de mesmos gêneros. O mesmo foi observado para os cálculos com e sem os bulbos olfatórios. Entretanto, ao analisar comparativamente os quocientes de encefalização obtidos com a aplicação das quatro fórmulas, foram observadas diferenças significativas entre os resultados. Portanto, não é possível a comparação entre os EQs obtidos com os diferentes métodos, sendo necessária a escolha de apenas um.
Abstract (english): Important studies have already been done regarding on paleoneurology of extinct animals due to the advancement of computed tomography techniques in recent years. This allowed more accurate studies and without the need to modify materials, especially non-mammaliaform cynodonts and basal mammals. However, these analyzes are limited by material preservation biases, often with absence of postcranium. Consequently, body mass estimations are required, which are necessary for calculations of quantitative analyzes regarding the evolution of the brain capacity of these animals. Considering this, in order to increase the data set about the evolution of the brain in Cynodontia, computed tomography of two skulls of the MCT/PUCRS (MCP 1600 PV Probelesodon kitchingi; MCP 3871 PV Massetognathus ochagaviae) were performed. We also calculated the specimens’ encephalization quotients (EQ), with and without the olfactory bulbs, using two formulas of body mass estimation. When the necessary data were available in the literature, the EQs were calculated for other synapids for comparative purposes. In relation to the morphology of the endocranial casts, no differences were observed in relation to previous described for other eucinodonts, in which there is still no enlargement of the cerebral hemispheres, as well as a development of the cerebellar region. The EQs obtained for M. ochagaviae and P. kitchingi do not differ representatively from those previously calculated for other materials of the same genus. For the calculations with and without the olfactory bulbs the same was observed. However, when comparing the encephalization quotients obtained with the application of the four formulas, significant differences were observed between the results. Therefore, it is not possible to compare the EQs obtained with the different methods, and only one is required.
Keywords: Quociente de Encefalização
Molde Endocraniano
Eucynodontia
Morfologia Cerebral
Encephalization Quocient
Endocast
Eucynodontia
Brain Morphology
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Ciências
Program: Programa de Pós Graduação em Zoologia
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho não apresenta restrição para publicação
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7985
Issue Date: 22-Feb-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Evolução da Biodiversidade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_CAH_vfinal.pdfCAROLINA_ABREU_HOFFMANN_DIS3.89 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.