Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7630
Document type: Tese
Title: Impacto de diferentes colonizações bacterianas sobre o estado nutricional, função pulmonar e gravidade clínica em pacientes com fibrose cística
Author: Valadão, Maria Clara da Silva 
Advisor: Pinto, Leonardo Araújo
Abstract (native): Introdução: A fibrose cística é uma doença genética autossômica recessiva, caracterizada principalmente por obstrução e inflamação das vias aéreas que leva a instalação crônica de microrganismos. As infecções agudas e/ou colonizações crônicas levam a um progressivo declínio da função pulmonar que evolui para falência respiratória, principal causa de morte entre estes indivíduos. Apesar dos avanços alcançados na sobrevida, aspectos relacionados a infecções ainda necessitam ser revisados. Assim, o objetivo principal do estudo foi avaliar o impacto de diferentes colonizações bacterianas sobre o estado nutricional, função pulmonar e gravidade clínica em pacientes com fibrose cística (FC). Métodos: Trata-se de um estudo de coorte, retrospectivo onde foram incluídos pacientes com diagnóstico confirmado de FC, com idade > 3anos e que apresentassem os dados completos em um banco de dados de um serviço de referência em fibrose cística e/ou disponíveis nos prontuários médicos. Foram coletadas informações antropométricas (peso e estatura para fins de cálculo de IMC) e verificação do estado nutricional, dados clínicos de gravidade, colonizações presentes nas secreções das vias aéreas além da função pulmonar (VEF1, CVF e VEF1/ CVF). Todos os dados coletados se tratavam da avaliação anual desses sujeitos, entre o período de 2009 a 2013. Para fins estatísticos, utilizou-se o teste de Friedman (pós-teste de Dunn’s) e o teste U de Mann Whitney. Resultados: Foram incluídos 68 pacientes com FC de um total de 80 que são acompanhados regularmente pelo serviço, sendo 57,4 % do sexo masculino com idade média de 10,35 anos no início do estudo. Ao longo do seguimento de cinco anos (média de 3,55 anos) o estado nutricional (p=0,743) e o escore de gravidade clínica (p=0,235) permaneceram estáveis. Houve uma redução estatisticamente significativa da relação VEF1/CVF ao longo do acompanhamento (do ano 2 para o ano 3 e do ano 2 para o ano 5; p<0,05). As colonizações mais frequentes foram a Staphylococcus aureus sensível a Oxacilina (MSSA) (29,8-46,3%), seguidas da Pseudomonas aeruginosa (PA) não mucóide (8,5-19,4%), Complexo Burkholderia Cepacia (CBC) (4,9-21,3%), PA mucoide (2,4-6,5 %) e Staphylococcus aureus resistente a oxacilina (2,4- 16,1%). Os pacientes que foram colonizados ao longo do estudo por MRSA (p=0,040) apresentaram uma redução do VEF1 (p=0,004) e da CVF (p=0,005) no ano 5, em comparação aos não colonizados por essa bactéria. Além disso, os indivíduos com PA não mucoide apresentaram redução (p=0,007) da CVF. Conclusões: Nossos achados demonstram que a colonização bacteriana por Staphylococcus aureus resistente a oxacilina e por Pseudomonas aeruginosa não mucóide está relacionada a piora na função pulmonar (VEF1 e CVF). Todavia, não foi observado impacto das diferentes colonizações sobre o IMC e sobre o escore de gravidade clínica de Shwachman-Kulczycki ao longo dos 5 anos. Palavras-chave: Microbiologia, estado nutricional, testes de função respiratória, prognóstico, fibrose cística.
Abstract (english): Introduction: Cystic fibrosis is an autosomal recessive genetic disorder characterized mainly by obstruction and inflammation of the airways leading to the chronic establishment of microorganisms. Acute infections (exacerbations) and/or chronic colonization lead to a progressive decline in lung function that leads to respiratory failure, the main cause of death among these individuals. Despite advances in survival, aspects related to infections still need to be reviewed. Thus, the main objective of the study was to evaluate the impact of different bacterial colonizations on nutritional status, lung function and clinical severity in patients with cystic fibrosis (CF). Methods: This is a retrospective cohort study that included patients with a confirmed diagnosis of CF, aged > 3 years and presenting complete data in a reference database of cystic fibrosis and / or available medical records. Anthropometric information (weight and height for the purpose of calculating BMI) and nutritional status, clinical severity data, colonization of airway secretions in addition to lung function (FEV1, FVC and FEV1/FVC). All the data collected were the annual evaluation of these subjects, between the period from 2009 to 2013. For statistical purposes, the Friedman test (Dunn's post-test) and the Mann Whitney U test were used. Results: We included 68 patients with CF out of a total of 80 who are regularly followed by the service, with 57.4% being male with a mean age of 10.35 years at baseline. During the five-year follow-up (mean of 3.55 years), nutritional status (p = 0.743) and clinical severity score (p = 0.235) remained stable. There was a statistically significant reduction of FEV1/FVC ratio over the follow-up (from year 2 to year 3 and year 2 to year 5; p <0.05). The most frequent colonizations were oxacillin-sensitive Staphylococcus aureus (MSSA) (29.8-46.3%), followed by non-mucoid Pseudomonas aeruginosa (PA) (8.5-19.4%), Burkholderia Cepacia Complex CBC) (4.9-21.3%), mucoid PA (2,4-6,5 %) and oxacilina/meticilin-resistent Staphylococcus aureus (MRSA) (2,4- 16,1%). Patients who were colonized throughout the study by MRSA (p = 0.040) had a reduction in FEV1 (p = 0.004) and FVC (p = 0.005) in year 5 compared to those not colonized by this bacteria. In addition, individuals with non-mucoid BP had a reduction (p = 0.007) in FVC. Conclusions: Our findings demonstrate that bacterial colonization by oxacilina/meticilin-resistent Staphylococcus aureus and non-mucoid Pseudomonas aeruginosa is related to worsening lung function (FEV1 and FVC). However, the impact of the different colonizations on BMI and on the clinical severity of Shwachman-Kulczycki score over the 5 years was not observed. Key words: Microbiology, nutritional status, respiratory function tests, prognosis, cystic fibrosis.
Keywords: Microbiologia
Estado Nutricional
Testes de Função Respiratória
Prognóstico
Fibrose Cística
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Medicina
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina/Pediatria e Saúde da Criança
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho será publicado como artigo ou livro
Time to release fulltext: 60 meses
Date to release fulltext: 24/08/2022
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7630
Issue Date: 31-Mar-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Pediatria e Saúde da Criança

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TES_MARIA_CLARA_DA_SILVA_VALADAO_CONFIDENCIAL.pdfMARIA_CLARA_DA_SILVA_VALADAO_TES444.93 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.