Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/6993
Document type: Dissertação
Title: Perfil de citocinas em pacientes com espondilite anquilosante
Author: Rabelo, Cristina Ferreira 
Advisor: Staub, Henrique Luiz
Abstract (native): Introdução. A espondilite anquilosante (EA) é uma doença inflamatória crônica que acomete predominantemente o esqueleto axial (coluna vertebral e articulações sacrilíacas); observa-se também artrite periférica e manifestações sistêmicas. Citocinas pró-inflamatórias provavelmente estão envolvidas na patogênese da EA. A correlação entre as concentrações séricas de citocinas com instrumentos de avaliação clínica na EA é tema em aberto. Nesta pesquisa comparamos níveis séricos de citocinas em pacientes com EA e controles saudáveis e correlacionamos com índices de atividade de doença e qualidade de vida. Métodos. Estudo transversal, controlado, incluiu 32 pacientes pareados por idade e sexo com 32 controles saudáveis. Os instrumentos de avaliação clínica BASDAI, ASDAS-PCR, BASFI, BASMI, MASES, ASQoL e AGP foram aplicados nos pacientes com EA. As citocinas solúveis IL-6, IL-8, IL1β, IL-10, TNF-α, IL-12p70 e IL-17 foram quantificadas por citometria de fluxo. As concentrações de IL-23 foram obtidas por ELISA. Resultados. Os paciente com EA eram predominantemente homens (59.4%) e caucasianos (96.9%). A idade média foi de 46.9 (±10.7 anos). O HLA-B27 estava presente em 70% dos casos. Concentrações de IL-6, IL-8, TNF-α e IL-10 estavam mais elevadas nos pacientes com EA em relação aos controles. As concentrações médias de IL-6 se correlacionaram com o BASMI, um índice que avalia a mobilidade axial (rs=0.354, p=0.047). O uso de medicações anti-TNF (presente em 21 pacientes, 65.6%) foi associado a um BASMI elevado (p= 0.042), significando pior mobilidade axial, e baixa qualidade de vida avaliada pelo ASQoL (p=0.009). Conclusões. Um perfil de citocinas pró-inflamatórias predominou nos pacientes com EA; de forma intrigante a IL-10, uma citocina anti-inflamatória, também estava elevada, indicando uma tendência a um controle supressivo da inflamação. A correlação significativa da IL-6 com o BASMI sugere a participação desta citocina na lesão axial. Usuários de anti-TNF tiveram mais lesão axial e pior qualidade de vida.
Abstract (english): Introduction.Ankylosing spondylitis (AS) is a chronic disease featuring axial changes, peripheral arthritis and systemic involvement. Proinflamammatory cytokines are probably involved in AS pathogenesis. The relationship of circulating cytokines with instruments of AS evaluation is an open field. We herein compared serum levels of cytokines in AS patients and healthy controls, and searched for correlations of cytokines with indexes of disease activity and quality of life. Methods. In this cross-sectional study, 32 AS patients and 32 age-and-sex matched controls were evaluated. BASDAI, BASFI, BASMI, ASDAS-CRP, MASES, ASQol and PGA were measured in AS patients. The soluble cytokines IL-6, IL-8, IL-1, IL-10, TNF-, IL-12p70 and IL-17 were quantified by flow cytometry. IL-23 concentrations were obtained in an ELISA. Results. Overall, AS patients were predominantly males (59.4%) and Caucasians (96.9%). Mean age was 46.9±10.7 years. HLA B27 was present in 70% of cases. Concentrations of IL-6, IL-8, IL-10 and TNF- were higher in AS cases than controls. Mean concentration of IL-6 correlated with the BASMI, an index of axial mobility (rs= 0.354, p=0.047). Anti-TNF intake (present in 21 patients, 65.6%) associated with a high BASMI (p=0.042) and lower quality of life as measured by the ASQol (p=0.009). Conclusions. A proinflammatory cytokine profile predominated in AS patients, but interestingly the IL-10 concentrations were also elevated, pointing to an attempt of a suppressive control of inflammation. A defined correlation of serum IL-6 with the BASMI suggests a role for this cytokine in axial disease. Anti-TNF users had more axial activity and lower quality of life.
Keywords: ESPONDILITE ANQUILOSANTE
COLUNA VERTEBRAL - PATOLOGIA
CITOCINAS
QUALIDADE DE VIDA
MEDICINA
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Medicina
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/6993
Issue Date: 25-Aug-2016
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DIS_CRISTINA_FERREIRA_RABELO_COMPLETO.pdfTexto Completo3.87 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.