Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/6724
Document type: Dissertação
Title: Epêntese consonantal em contexto de juntura morfêmica : considerações sobre o sufixo -ada
Author: Pires, Caroline de Castro 
Advisor: Bisol, Leda
Abstract (native): Este estudo constitui uma análise morfofonológica e etimológica de palavras dicionarizadas (HOUAISS, 2009) com a terminação –ada, mais especificamente, observamos o contexto de juntura morfêmica (base + sufixo) de palavras derivadas de base nominal, com e sem inserção consonantal, em busca de generalizações. Cabe salientar, principalmente, que esta dissertação tem por intuito discutir as palavras de base nominal que apresentam epêntese consonantal ─ mecanismo utilizado para resolver problemas estruturais de caráter silábico. Para a análise dos dados, metodologicamente, a amostra foi distribuída em três grandes grupos: (i) palavras derivadas de base nominal (divididas em temáticas e atemáticas); (ii) palavras derivadas de base verbal; e (iii) palavras com a terminação –ada não sufixal (composta por formações vernaculares e empréstimos). A partir disso, verificou-se que palavras derivadas de bases temáticas e atemáticas (ao que se refere à inserção de consoante regular no português) se comportam de maneira diferente, em PB: (i) palavras de bases atemáticas, na derivação, de modo geral, inserem /z/, consonante menos invasiva, que apenas resolve o problema de caráter silábico (cf. pá + -ada > pazada); (ii) palavras de bases temáticas inserem /r/ e neutralizam a VT da base em favor da vogal /a/ (cf. bicho + -ada > bicharada). Além disso, as epênteses consonantais foram caracterizadas com base nos textos utilizados como fundamentação teórica e na análise dos dados o que permitiu a identificação do contexto mais favorável para as inserções consonantais, em PB: o grupo das palavras de base atemática (20,5%, contra 2,6% das palavras de base temática). Dentro do grupo das atemáticas, o contexto mais propício é o das palavras terminadas em vogal candidata a acento (66,6%). Foi destacado, ainda, os possíveis motivos para o sistema do PB selecionar outras consoantes diferente de /z/ e /r/, com base em nossos dados, como o fato de já haver outras formas semelhantes na língua com diferente especificação semântica (cf. livroxada ~ livrada), a questão da variação (cf. bambu < bambucada ~ bambuzal ~ bambuØal), e os casos de vestígio etimológico (cf. paulada). Por fim, salientou-se a necessidade de se realizar testes com falantes para se observar a produtividade de /z/ e /r/ no sistema do PB. Nossa hipótese é de /r/ está mais cristalizada na língua, e que /z/ é a consoante de inserção regular vigente, isto é, a consoante provavelmente mais aplicada por falantes do PB.
Abstract (english): This study is a morphophonological and etymology analysis of words from a dictionary (HOUAISS, 2009) with the termination -ada, more specifically, we observe the morphemic context (base + suffix) of word derived from nominal basis, with and without consonant insertion and we try to find generalizations. It should be noted, especially, that this dissertation is meant to discuss words with nominal bases that have consonantal epenthesis ─ a mechanism used to solve structural problems of syllabic character. For data analysis, methodologically, the sample was divided into three major groups: (i) words derived from nominal basis (divided into thematic and athematic words); (Ii) words derived from verbal basis; and (iii) words with the termination -ada not suffixal (composed of vernacular formations and loans). From this work, it was found that words derived from thematic and athematic bases (it refers to a regular insertion in Portuguese) behave differently: (i) words with athematic bases, insert /z/, consonant less invasive, because only solves the syllabic character problem (cf. pá + -ada > pazada); (ii) words with thematic bases insert /r/ and neutralize the VT of base word in favor of the vowel /a/ (cf. bicho + -ada > bicharada). Moreover, the consonant epenthesis were characterized on the basis of texts used as theoretical foundation and the analysis of data which allowed the identification of more favorable context for the consonant inserts in PB: the athematic base words (20.5% against 2.6% of the thematic base words). Within of the athematic, the most favorable context is the words ending in a vowel candidate of accent (66.6%). Was highlighted also the possible reasons for the PB system select other consonants, different from /z/ and /r/, based on our data, like the fact there are already similar forms in the language with different semantics specification (cf. livroxada ~ livrada), the issue of variation (cf. bambu < bambucada ~ bambuzal ~ bambuØal), and cases of etymological trace (cf. paulada). Finally, we highlighted the need to carry out tests with speakers to observe the productivity of /z/ and /r/ in the PB system, the hypothesis is that /r/ is more crystallized in the language, and /z/ it is consonant with regular insertion force, i.e., probably it is the consonant more applied by native speakers of PB.
Keywords: PORTUGUÊS - LEXICOGRAFIA
PORTUGUÊS - SUFIXOS E PREFIXOS
EPÊNTESE
LINGUÍSTICA
CNPQ Knowledge Areas: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Letras
Program: Programa de Pós-Graduação em Letras
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/6724
Issue Date: 11-Mar-2016
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DIS_CAROLINE_DE_CASTRO_PIRES_COMPLETO.pdfTexto Completo1.69 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.