Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/9280
Document type: Tese
Title: Educação e empreendedorismo: reflexões associadas ao fazer docente na contemporaneidade
Author: Nascimento, Belmiro José da Cunda 
Advisor: Giraffa, Lucia Maria Martins
Abstract (native): No contexto da cibercultura, torna-se imperativo um movimento de (re)significação das posturas dos docentes, as quais já não atendem, ou atendem parcialmente, as demandas advindas de uma nova organização social e cultural. Observamos,em nosso cotidiano de formadores de futuros professores, uma emergência de valorizar a formação tecnológica, de forma prioritária, buscando a elaboração de novos modelos educacionais que atendam às contingências demandadas pela organização híbrida (presencial e virtual) dos espaços escolares. Num mundo sem garantias, onde não se aplicam mais os discursos padrões, no qual não existe mais um norte certo e comum para todas as pessoas,em que se perderam as referências das coisas,um mundo que nos exige abandonar a ideia de que a nossa ação possa se basear em uma razão garantidora (um fundamento último), a educação empreendedora e a formação do professor contêm alguns descompassos de ideias e conceitos sobre como temos que ensinar ou educar os professores para serem empreendedores. Nessa perspectiva, a presente tese é uma contribuição aos estudos das ideias sobre a pedagogia,na qual aprofundamos os conhecimentos para especificamente produzir o desafio de traçar reflexões e pistas para identificar as ações formativas instrumentais, tecnológicas e curriculares capazes de formar um professor pedagogicamente empreendedor. Para tanto, analisa-se, inicialmente, o contexto e o lócus dentro da temática do trabalhoassim como os discursos, caracterizando o posicionamento pedagógico-ideológico que outros pesquisadores já vinham anunciando. Existe um privilégio na perspectiva da pedagogia como promotora de mudanças do fazer docente, sem sinalizar o empreendedorismo como uma prática pedagógica incorporada à metodologia. Esta tese aborda também as extensões de outras vozes que antecederam este trabalho, através de estudos correlatos e tendências, referindo-se ao contexto do empreendedorismo na educação e reproduzindo o eco associado ao mundo dos negócios e das finanças, práticas que ainda se assentam no território técnico-utilitário no vasto continente de convenções estabelecidas e legitimadas na academia. Por fim, a partir da análise degrupos focais e das percepções dos participantes, , analisam-seas percepções sensíveis à variabilidade do contexto da cibercultura, em que professores, de maneira individual, reagem de diferentes formas pedagógicas em seu fazer docente, o qual vai se tornando cada vez mais essencial.Já não é possível pensar a pedagogia numa aplicação ou mesmo adaptação normativa de um conhecimento produzido num período ou momento de um mundo construído com garantias, no qual se aplicam os discursos padrões e onde existe um norte certo e comum para todas as pessoas.Em outras palavras, não temos um mundo em que as referências das coisas que temos e de necessitamos são dadas a piori.Considerando essas questões, adota-se neste trabalhoa ideia de que a nossa ação possa se basear em uma razão garantidora (um fundamento último). Nesta tese, portanto, os professores não temem afirmar que a educação como um mundo do ensino e aprendizagem, considerando a pedagogia como método, não está aqui para ser conhecidae reconhecida.Ela está, diante da cibercultura e da complexidade da realidade, para ser construídanuma experimentação incessante. Esta é uma das conclusões desta tese.Demonstra-se ainda que é possível formar um professor empreendedor eexpandir as experiências, mas, para tanto,é preciso considerar a necessidade de um fundamento curricular criativo, tal como mostram os discursos dos professores investigados. Precisamos de mais pesquisas e trabalhos futuros para continuar em nome dos alunos a acessar um mundo que, na perspectiva da cibercultura, é, por natureza, móvel, impreciso e, portanto, imprevisível.Por isso, uma pedagogia empreendedora tem sentido de urgência. Foi nessa perspectiva que fomos pesquisar as seguintes questões fundamentais: “É possível formar um professor empreendedor?”e Que ações formativas, instrumentais e tecnológicas devem ser consideradas para formar um docente empreendedor no que tange aos aspectos pedagógicos? Palavras-chave: Educação Empreendedora. Formaçãodocente. Empreendedorismo.
Abstract (english): In the context of cyberculture, it is imperative a movement of (re) meaning of the postures of teachers, who no longer partially meet or meet, the demands arising from a new social and cultural organization. We observed in our daily lives of trainers of future teachers an emergency of valuing technological training, in a priority way, seeking the elaboration of new educational models that meet the contingencies demanded by the hybrid organization ( in person and virtual) of school spaces. In a world without guarantees, where standard discourses no longer apply in which there is no longer a right and common north for all people; where references have been lost in the things where we have and we need to abandon the idea that our action can be based on a guarantor reason (a last foundation), entrepreneurial education and teacher training contain some mismatch of ideas and concepts about how we have to teach or educate teachers to be entrepreneurs.In this perspective, this thesis is a contribution to the studies of ideas about pedagogy that we deepen to specifically produce the challenge of drawing reflections and clues to identify instrumental, technological and curricular formative actions to form a pedagogically entrepreneurial teacher. i analyze, initially, the context and locus within the theme, the discourses, characterizing the pedagogical-ideological positioning that other researchers had already been announcing. there is a privilege from the perspective of pedagogy as a promoter of changes in teaching making without signaling entrepreneurship as a pedagogical practice incorporated into methodology. a second moment, of the thesis, addresses the extensions of other voices that preceded this work through related studies and trends referring to the context of entrepreneurship in education, but reproducing the echo associated with the world of business and finance, practices that are still based on the technical-utilitarian territory on the vast continent of established and legitimized conventions in academia. finally, from the analysis of focus groups and participants' perceptions, although in the nascent pedagogy gradually assumes, leadership in conducting a new method, i analyze perceptions sensitive to the variability of the context of cyberculture in which teachers individually react in different pedagogical forms in their teaching making, which makes it increasingly essential, but not discussed, the complexity of today and the experiences that impose a methodological deviation.It is no longer possible to think of pedagogy in an application or even normative adaptation of a knowledge produced at a period or moment of a world built with guarantees, in which the standard discourses where there is a right and common north for all people; where references to the things where we have and need, we adopt the idea that our action can be based on a guarantor reason (a last foundation). In this thesis, teachers do not fear affirming that education as a world of teaching learning, considering pedagogy as a method is not here to be known and recognized, but in the face of cyberculture and the complexity of reality, is to be built in an unceasing trial. This is a conclusion of this thesis. We can form an entrepreneurial teacher, we can expand experiences, but this will only tell us representations, the need for a creative curriculum foundation. We need more research and future work to continue on behalf of our students, accessing a world, which from the perspective of cyberculture is mobile, inaccurate and therefore unpredictable and therefore an entrepreneurial pedagogy has a sense of Urgency. It was from this perspective that we went to research: Is it possible to train an entrepreneurial teacher? What training, instrumental and technological actions should be considered to train an entrepreneurial teacher with regard to pedagogical aspects? Keywords: Entrepreneurial Education. Teacher Education. Entrepreneurship.
Keywords: Educação empreendedora
Formaçãodocente
Empreendedorismo
Entrepreneurial education
Teacher education
Entrepreneurship
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Humanidades
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho não apresenta restrição para publicação
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/9280
Issue Date: 23-Jan-2020
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DO BELMIRO TESE-Belmiro-final - corrigida.pdfBELMIRO_JOSE_DA_CUNDA_NASCIMENTO_TES2.57 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.