Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/9205
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorPerez, Nicole Fischer-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2685022929555149por
dc.contributor.advisor1Rozek, Marlene-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9805109814842902por
dc.date.accessioned2020-08-03T02:17:19Z-
dc.date.issued2020-03-06-
dc.identifier.urihttp://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/9205-
dc.description.resumoEste estudo trata das vivências e oportunidades de aprendizagem da criança de 3 anos com deficiência na Educação Infantil, e se propõe a entender como esta vive o contexto escolar. Para isto, a partir de um olhar sociológico (SARMENTO; FERNANDES; TOMÁS, 2017) para a infância, objetiva analisar como são vividas as oportunidades de aprendizagem (SERRANO, 2003) pelas crianças e compreender como os adultos percebem a presença da criança com deficiência no contexto escolar. A pesquisa se configura como qualitativa, de cunho exploratório e utiliza como ferramentas de coleta de dados observação participante, entrevista semiestruturada com a equipe diretiva da escola e professores da turma, além de registro no diário de campo das observações realizadas dentro do contexto escolar. Uma turma composta de 19 crianças, sendo uma com deficiência na região metropolitana de Porto Alegre, da rede regular de ensino, foi acompanhada e observada nas atividades e espaços escolares entre os meses de maio a julho de 2019, totalizando 88 horas de observação. Os dados obtidos por meio das observações e das entrevistas foram analisados a partir da Análise Textual Discursiva (ATD), de Moraes e Galiazzi (2006). Foi possível perceber que as interações entre crianças e adultos e crianças e seus pares propiciaram uma série de oportunidades de aprendizagem para os sujeitos envolvidos. A interação com uma criança com deficiência possibilitou para as demais crianças a construção de aprendizagens a respeito de novos movimentos e habilidades corporais, ampliação de diferentes brincadeiras com o próprio corpo na posição de brinquedo, além da elaboração de relações afetivas e promotoras de inclusão/acolhimento. Os adultos, ao se relacionarem com uma criança com deficiência, se perceberam mais capazes de oferecer ajuda e apoio, conseguindo elaborar estratégias para sanar, na medida do possível, suas necessidades. Foi evidenciado o papel central que a brincadeira possui nestas oportunidades de aprendizagem, e da relevância das interações afetivas entre os sujeitos. Também, foi percebido como a troca de fraldas pode ser realizada de maneira que incentive a autonomia da criança, formando e fortalecendo os vínculos afetivos. Por fim, foi possível identificar que a percepção dos adultos a respeito das capacidades e habilidades de uma criança com deficiência foi construída por meio da relação afetiva com ela. Palavras-chave: Criança com deficiência; Creche; 3 anos; Oportunidades de aprendizagem; Contexto escolar.por
dc.description.abstractThis study deals with the experiences and learning opportunities of the 3-year-old child with disabilities in Early Childhood Education, and proposes to understand how he lives in the school context. For this, from a sociological perspective (SARMENTO; FERNANDES; TOMÁS, 2017) for childhood, it aims to analyze how the learning opportunities are experienced (SERRANO, 2003) by children and understand how adults perceive the presence of children with disabilities in the school context. The research is configured as qualitative, exploratory and uses as tools of data collection participant observation, semi-structured interview with the school management team and class teachers, in addition to recording in the field diary the observations made within the school context. A class composed of 19 children, one with a disability in the metropolitan region of Porto Alegre, from the regular school system, was followed and observed in school activities and spaces between the months of May to July 2019, totaling 88 hours of observation. The data obtained through observations and interviews were analyzed using the Textual Discursive Analysis (ATD), by Moraes and Galiazzi (2006). It was possible to notice that the interactions between children and adults and children and their peers provided a series of learning opportunities for the subjects involved. The interaction with a child with a disability made it possible for other children to build learning about new movements and body skills, expanding different games with their own bodies in the toy position, in addition to developing affective and promoting inclusion / welcoming relationships. When adults, when they relate to a child with a disability, they perceived themselves as more capable of offering help and support, managing to develop strategies to remedy, as far as possible, their needs. The central role that play plays in these learning opportunities was evidenced, and the relevance of affective interactions between subjects. It was also noticed how the diaper change can be carried out in a way that encourages the child's autonomy, forming and strengthening affective bonds. Finally, it was possible to identify that the perception of adults about the abilities and skills of a child with a disability was built through the affective relationship with him. Keywords: Child with disabilities; Nursery; 3 years; Learning opportunities; schoolcontext.eng
dc.description.provenanceSubmitted by PPG Educação ([email protected]) on 2020-05-25T20:28:48Z No. of bitstreams: 1 Dissertação oficial Nicole.pdf: 2262325 bytes, checksum: 9af98919ec9b6bdccc867f67b2391454 (MD5)eng
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Lucas Martins Kern ([email protected]) on 2020-08-03T02:13:59Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertação oficial Nicole.pdf: 2262325 bytes, checksum: 9af98919ec9b6bdccc867f67b2391454 (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2020-08-03T02:17:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação oficial Nicole.pdf: 2262325 bytes, checksum: 9af98919ec9b6bdccc867f67b2391454 (MD5) Previous issue date: 2020-03-06eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPESpor
dc.formatapplication/pdf*
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucrs.br:80/tede2/retrieve/178514/Disserta%c3%a7%c3%a3o%20oficial%20Nicole.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpor
dc.publisher.departmentEscola de Humanidadespor
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsPUCRSpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Educaçãopor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectCriança com deficiênciapor
dc.subjectCrechepor
dc.subject3 anospor
dc.subjectOportunidades de aprendizagempor
dc.subjectContexto escolarpor
dc.subjectChild with disabilitieseng
dc.subjectNurseryeng
dc.subject3 yearseng
dc.subjectLearning opportunitieseng
dc.subjectSchoolcontexteng
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor
dc.titleVivências e oportunidades de aprendizagem : a criança de 3 anos com deficiência e seus pares na escola de educação infantilpor
dc.typeDissertaçãopor
dc.restricao.situacaoTrabalho não apresenta restrição para publicaçãopor
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação oficial Nicole.pdfNICOLE_FISCHER_PEREZ_DIS2.21 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.