Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/913
Document type: Dissertação
Title: Face expressions in childhood : development of a picture set and investigation of developmental markers, social demographic moderators and length of presentation effects
Author: Sponchiado, Aline Romani 
Advisor: Arteche, Adriane Xavier
Abstract (native): Background: Emotions are fundamental across human development. Recognizing emotional face expressions in others is a valuable strategy of non-verbal communication and is particularly relevant throughout childhood given that language skills are not yet fully developed and the first interactions with peers have just started. Despite this, few studies focus on face processing in children and most of the work uses adult face stimuli, since stimuli sets with children pictures are rare. The current dissertation aimed to fill this gap through the development of the Child Emotions Pictures Set (CEPS) and investigating developmental markers of recognition of emotional faces in children aged between six and 11 years-old and the effect of age, sex and length of presentation on it. Methods: The dissertation is composed of two studies. Study I was developed in order to have a complete database that could allow Study II. The second study reports an empirical investigation of developmental markers of recognition of emotional faces in children between six and 11 years-old and the effect of sex, age and length of presentation on it. An experiment based on CEPS was presented to 90 children divided in three age groups (6-7 years-old; 8-9 years-old; 10-11 years-old) of boys and girls. Results: The final version of CEPS consists of 225 photos of 17 children, boys and girls, aged six to 11 years-old from multiracial backgrounds posing or naturally expressing the six basic emotions happiness, fear, disgust, surprise, sadness and anger in three intensities low, medium and high and neutrality. Study II reveled that happiness had the higher means of accuracy followed in sequence by disgust, surprise, anger, fear and sadness. Development of emotional face expressions recognition denote to follow childhood chronological course, although, results demonstrate a non-existence of a female advantage length of presentation does not show significant differences. Conclusion: CEPS contributes for the scientific field by making available a child face stimuli set, which is intended to be used in further developmental studies and also enables the development of cross-cultural studies in the field. We also provide further evidence about developmental markers of emotional face expressions recognition and the chronological course that it follows through childhood showing the non-existence of a female advantage on this skill and that longer exposure to stimuli does not facilitate the recognition. This method is susceptible to replication, allowing the establishment of developmental markers of emotional face expressions recognition.
Abstract (english): Introdução: Emoções são fundamentais em todo o desenvolvimento humano. Reconhecer expressões faciais de emoções em terceiros é uma estratégia valiosa de comunicação não-verbal e é particularmente relevante durante toda a infância, uma vez que a linguagem ainda não está plenamente desenvolvida e as primeiras interações com os pares estão começando. Apesar disso, poucos estudos focam no reconhecimento de faces em crianças e a maior parte dos trabalhos utiliza estímulos adultos, uma vez que os conjuntos de estímulos com crianças são raros. A dissertação teve como objetivo preencher esta lacuna através do desenvolvimento da Child Emotions Pictures Set (CEPS) e investigar marcadores de desenvolvimento de reconhecimento de faces emocionais em crianças com idade entre seis e 11 anos e os efeitos da idade, do sexo e do tempo de apresentação sobre ele. Método: A dissertação é composta por dois estudos. O estudo I foi desenvolvido de forma a ter uma base de dados completa que poderia permitir estudo II. O segundo estudo relata uma investigação empírica de marcadores desenvolvimentais de reconhecimento de faces emocionais em crianças entre seis e 11 anos e o efeito do sexo, da idade e do tempo de apresentação do mesmo. Um experimento com base no CEPS foi apresentado a 90 crianças divididas em três grupos etários (6-7 anos de idade; 8-9 anos de idade; 10-11 anos de idade) de meninos e meninas. Resultados: A versão final do CEPS é composta de 225 fotos de 17 crianças, meninos e meninas, com idade entre seis e 11 anos de idade, de origens multirraciais que posaram ou naturalmente expressaram as seis emoções básicas - alegria, medo, nojo, surpresa, tristeza e raiva - em três intensidades - fraca, média e forte - e neutralidade. O estudo II revelou que alegria apresenta as maiores médias de acurácia e é seguida em sequencia por: nojo, surpresa, raiva, medo e tristeza. O desenvolvimento do reconhecimento das expressões de faces emocionais denota seguir o curso cronológico da infância, contudo os resultados demonstram a inexistência de uma vantagem feminina e a duração da exposição dos estímulos não apresentam diferenças significativas. Conclusão: O CEPS contribui para o campo científico, disponibilizando estímulos infantis que se destina a ser utilizado em estudos de desenvolvimento e também permite o desenvolvimento de estudos transculturais no campo. Essa dissertação fornece também mais evidências sobre os marcadores de desenvolvimento do reconhecimento de faces emocionais e do curso cronológico que decorre ao longo da infância, além de demonstrar a não-existência de uma vantagem feminina nesta habilidade e que maior tempo de exposição a estímulos não facilita o reconhecimento. Este método é suscetível a replicação, permitindo o estabelecimento de marcadores de desenvolvimento do reconhecimento de expressões faciais de emoções.
Keywords: PSICOLOGIA
EMOÇÕES
DESENVOLVIMENTO INFANTIL
COMUNICAÇÃO NÃO-VERBAL
EXPRESSÃO (PSICOLOGIA)
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: eng
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Psicologia
Program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: SPONCHIADO, Aline Romani. Face expressions in childhood : development of a picture set and investigation of developmental markers, social demographic moderators and length of presentation effects. 2015. 69 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/913
Issue Date: 23-Jan-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
467096.pdfTexto Parcial1.05 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.