Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/8951
Document type: Dissertação
Title: Prevalência de sintomas depressivos, ideação suicida e tentativa de suicídio em pessoas trans e o impacto do estresse de minoria
Author: Chinazzo, Ítalo Raymundo 
Advisor: Costa, Angelo Brandelli
Abstract (native): Esta pesquisa tem como objetivo avaliar a prevalência de sintomas depressivos, ideação suicida e tentativa de suicídio em pessoas trans brasileiras, e o impacto do estresse de minoria, do apoio à identidade trans, do apoio social e da passabilidade para esses três desfechos. O estresse de minoria é um modelo desenvolvido por Meyer (1995, 2003), segundo o qual os estressores que as pessoas pertencentes a grupos minoritários vivenciam têm influência na sua saúde mental. Como fatores protetivos, o apoio social e o apoio à identidade trans amenizam o estresse vivenciado por essa população. A partir dessa hipótese, o presente estudo contou com uma amostra de 378 pessoas trans, de dois estados brasileiros. As prevalências encontradas foram de 67,20% para sintomas depressivos, de 67,72% para ideação suicida e de 43,12% para tentativa de suicídio, sendo que, desta parcela, 80,50% tentou suicídio em função da identidade trans. Além disso, todos os participantes da amostra referiram já terem sido vítimas de alguma forma de agressão pelo fato de serem trans. Em seguida, as três análises de regressão logística foram realizadas conforme os três desfechos do estudo. Entre as dimensões do estresse de minoria, destacou-se o preconceito internalizado com associação significativa positiva com os três desfechos. O preconceito antecipado associou-se positivamente somente com os sintomas depressivos. E entre as variáveis protetoras, destacou-se o apoio social, que apresentou associação significativa nas três análises. O apoio à identidade trans e a passabilidade apresentaram associação significativa com os sintomas depressivos e a ideação suicida. Os resultados indicam a presença de experiências de preconceito na amostra e elevados índices de sintomas depressivos, ideação suicida e tentativa de suicídio, quando comparada com a população geral brasileira. São sugeridas, a partir dos dados encontrados, ações voltadas à saúde mental das pessoas trans em nível individual e social, com suporte afirmativo à identidade trans.
Abstract (english): This dissertation aims to evaluate the prevalence of depressive symptoms, suicidal ideation, and suicide attempts among Brazilian transgender people, as well as the impact of minority stress, support for trans identity, social support and passability on depressive symptoms, suicidal ideation, and suicide attempts. The Minority Stress Theory was developed by Meyer and states that belonging to a minority group, through experiences of stigma and discrimination, may affect one's mental health. As protective factors, social support for trans identity alleviates the stress experienced by transgender people. The present study had a sample of 378 trans people from two Brazilian states. 67,20% of transgender people reported depressive symptoms; 67,72% disclosed suicidal ideation; and 43,12% revealed previous suicide attempts, of which 80,50% of attempts were related to trans identity. All participants reported having already been victims of silence, verbal, physical or sexual aggression related to their gender identity. Three logistic regression models were performed, encompassing the three study outcomes (depressive symptoms, suicidal ideation, and suicide attempts). Internalized stigma was associated significantly with all the three outcomes. Early prejudice was statistically associated with depressive symptoms. Among the protective variables, social support was significantly associated with the three outcomes. Support for transgender identity and passability were significantly associated with depressive symptoms and suicidal ideation. Trans people endure multiple experiences of discrimination, and high rates of depressive symptoms, suicidal ideation, and suicide attempt when compared to the general Brazilian population. Therefore, preventive interventions to improve trans people mental health should affect both individual and social levels with affirmative support to the trans identity.
Keywords: Estresse de Minoria
Pessoas Trans
Sintomas Depressivos
Ideação Suicida
Tentativa de Suicídio
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Ciências da Saúde e da Vida
Program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho será publicado como artigo ou livro
Time to release fulltext: 60 meses
Date to release fulltext: 18/10/2024
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/8951
Issue Date: 15-Mar-2019
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DIS_ITALA_RAYMUNDO_CHINAZZO_CONFIDENCIAL.pdfITALA_RAYMUNDO_CHINAZZO_DIS572.37 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.