Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/8945
Document type: Dissertação
Title: The stigma scale : adaptação transcultural para o português brasileiro e primeiras evidências de validade
Author: Cardoso, Nicolas de Oliveira 
Advisor: Argimon, Irani Iracema de Lima
Abstract (native): Estudos apontam que o estigma da doença mental (EDM) é um agravante dos transtornos mentais. O estigma social inibe a busca e reduz a taxa de adesão aos tratamentos psicoterápicos e farmacológicos. No entanto, mensurar o EDM é uma tarefa complexa, visto que existem múltiplas formas de estigma e opiniões divergentes sobre qual tipo de estigma um instrumento pode mensurar em determinada população. Essa tarefa é ainda mais desafiadora no Brasil, pois até onde se tem conhecimento, ainda não existe um instrumento capaz de avaliar as percepções e as experiências de EDM vivenciadas por pessoas com transtorno mental. Sendo assim, um instrumento capaz de mensurar o EDM pode contribuir para o planejamento de intervenções capazes de reduzir o EDM e aumentar a busca e a adesão aos tratamentos, favorecendo a saúde mental da população brasileira. Desta forma, a presente dissertação teve como objetivo realizar a adaptação transcultural da Escala de Estigma da Doença Mental (EEDM) para o português do Brasil e obter suas primeiras evidências de validade. No primeiro estudo, foi realizada uma revisão sistemática da literatura, a qual seguiu as etapas sugeridas pelo PRISMA (Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyses), objetivando identificar quais os instrumentos mais utilizados para a mensuração do estigma percebido e experienciado e verificar quais as principais variáveis intervenientes nos estudos do EDM. No segundo estudo, foi realizada a adaptação transcultural da EEDM e obtidas suas primeiras evidências de validade psicométrica. As etapas metodológicas seguidas foram: 1) obtenção da permissão para adaptação; 2) tradução do instrumento; 3) síntese e avaliação por especialistas; 4) retrotradução e avaliação por especialistas; 5) estudo piloto. O índice de confiabilidade entre os avaliadores (n = 3) foi mensurado através do índice Light’s Kappa. A amostra do estudo piloto foi composta por 23 adultos (18-61 anos). A consistência interna da EEDM foi estimada por meio de matrizes de correlações policóricas dos itens e do coeficiente Alpha de Cronbach ordinal. Os resultados apontam que a EEDM apresenta boas evidências de validade de conteúdo (k = 0,81) e consistência interna (α = 0,87). Contudo, destaca-se que estes dados psicométricos, embora promissores, ainda são preliminares. Sendo assim, novas pesquisas devem ser realizadas com a EEDM, levando em consideração outros contextos culturais a nível nacional, visando confirmar e expandir as conclusões desta dissertação.
Abstract (english): Studies suggest that the mental illness stigma (MIS) is an aggravating factor for mental disorders. Social stigma inhibits the search and reduces the rate of adherence to psychotherapeutic and pharmacological treatments. However, measuring MIS is a complex task, since there are multiple forms of stigma and divergent opinions about what type of stigma an instrument can measure in a particular population. This task is even more challenging in Brazil, because as far as we know, there is no instrument capable of evaluating the perceptions and experiences of MIS lived by people with mental disorders. Thus, an instrument capable of measuring MIS can contribute to the planning of interventions capable of reducing MIS and increasing the search and adherence to treatments, supporting the mental health of the Brazilian population. Thus, the present dissertation had as objective the transcultural adaptation of the Stigma Scale of Mental Illness (SSMI) to Brazilian Portuguese and to obtain its first evidences of validity. In the first study, a systematic review was conducted following the steps suggested by PRISMA (Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyses), aiming to investigate which psychometric instruments are most utilized in the measurement of perceived and experienced stigma and to verify the main intervenient variables involved in the MIS studies. In the second study, the transcultural adaptation of SSMI was performed and its first psychometric validity evidences were obtained. The methodological steps followed were: 1) obtaining permission to adapt; 2) translation of the instrument; 3) synthesis and evaluation by specialists; 4) back-translation and specialists’ evaluation; 5) pilot study. The reliability index among the specialists (n = 3) was measured using the Light's Kappa index. The pilot study sample consisted in 23 adults (18-61 years). The internal consistency of the SSMI was estimated by means of polycory correlation matrices of the items and the ordinal Cronbach Alpha coefficient. The findings suggest that the SSMI show good evidence of content validity (k = 0.81) and internal consistency (α = 0.87). However, it is noteworthy that, although promising, these psychometric data are still preliminary. Therefore, new surveys with the SSMI that take into account other cultural contexts at national level are needed in order to confirm and expand the conclusions of this dissertation.
Keywords: Estigma da Doença Mental
Escala de Estigma
Adaptação
Validação
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Ciências da Saúde e da Vida
Program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho será publicado como artigo ou livro
Time to release fulltext: 60 meses
Date to release fulltext: 16/10/2024
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/8945
Issue Date: 15-Mar-2019
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DIS_NICOLAS_DE_OLIVEIRA_CARDOSO_CONFIDENCIAL.pdfNICOLAS_DE_OLIVEIRA_CARDOSO_DIS913.33 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.