Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/8877
Document type: Tese
Title: Procedimentos médicos invasivos : diferentes variáveis que podem influir na tomada de decisão
Author: Vieira, Rosmari Wittmann 
Advisor: Goldim, José Roberto
Abstract (native): Introdução: A expectativa de vida da população vem aumentando, nos últimos anos. A melhora das condições sociais da população, associado ao desenvolvimento e acesso à novas tecnologias na área da saúde, provavelmente foram fatores que contribuíram neste processo. Desde Hipócrates, a base fundamental da prática da Medicina é agir visando o melhor interesse do paciente. Em uma sociedade justa, os indivíduos podem viver com dignidade e ter seus direitos respeitados, como voluntariedade e autonomia para decidir, livre de coerções e com segurança, sobre a realização de um procedimento médico invasivo. Objetivo: avaliar a capacidade de decisão e a percepção de coerção de pacientes adultos e idosos internados, submetidos a procedimentos médicos invasivos. Método: estudo transversal quantitativo, com uma amostra de 300 pacientes internados, com mais de 18 anos, que foram submetidos a procedimentos médicos invasivos. Foram utilizados, para avaliar a capacidade de tomada de decisão, o Instrumento de Desenvolvimento Psicológico-Moral, além da Escala de Percepção de Coerção. Os dados foram analisados por meio de estatísticas descritivas e inferenciais. Foram respeitadas as exigências regulatórias da Resolução CNS 466/12 e das demais diretrizes associadas à pesquisa envolvendo seres humanos. Resultados: Apenas dois participantes, não tiveram desenvolvimento psicológico-moral compatível com a capacidade para tomar decisões no seu melhor interesse, sendo um adulto e um idoso. Quanto a percepção de coerção, a maioria dos pacientes (82,7%) apresentou baixa percepção de coerção. Duas comparações foram estatisticamente significativas. Os pacientes adultos tiveram mais anos de estudo que os idosos (P=0,0001). Da mesma forma, os pacientes submetidos a procedimentos de urgência tiveram percepção de coerção estatisticamente superior aos submetidos a procedimentos eletivos (p< 0,0001). Nos procedimentos eletivos, todos os pacientes, independente do sexo ou faixa etária, tiveram baixo grau de percepção de coerção. Finalmente, foi possível constatar que a decisão envolveu familiares e a equipe de profissionais de saúde, além da própria participação ativa dos pacientes. Conclusão: Os resultados demonstraram que a quase totalidade dos participantes desta pesquisa, possuem capacidade para tomar decisões pelo seu melhor interesse, independentemente da idade, sexo, ou anos de estudo. O fato de não ter sido identificada diferença significativa entre os grupos etários demonstra que a população idosa tem condições de tomar decisões sobre a sua vida e seu tratamento de saúde. Os resultados da percepção de coerção demonstraram que a maioria dos participantes se sentiu envolvida na decisão de realização do procedimento. Os pacientes submetidos à procedimentos médicos invasivos de urgência foram os únicos que apresentaram percepção de coerção de grau moderado ou alto.
Abstract (english): Introduction: The population's life expectancy has been increased recently. The social conditions' improvement of the population associated with the development and access to new technologies in the health area were probably the factors that contributed in this process. Since Hippocrates, the fundamental basis of the practice of Medicin is to act in the best interest of the patient. In a fair society, individuals can live with dignity and have their rights respected, as a willingness and autonomy to decide, free of coercion and security, about performing an invasive medical procedure. Objective: to evaluate the decision-making capacity and perceived coercion of hospitalized adult and elderly patients submitted to an invasive medical procedures. Methods: A quantitative cross-sectional study included 300 hospitalized patients older than 18 years old, after having been submitted to an invasive medical procedures. The Psychological-Moral Development Instrument was used to evaluate the decision-making capacity, as well as the Coercion Perception Scale. Data were analyzed using descriptive and inferential statistics. The regulatory requirements of Resolution CNS 466/12 and the other guidelines related to research involving human beings were respected. Results: Only two participants did not have psychological-moral development compatible with the ability to make decisions in their best interests, being one adult and one elderly. Regarding the perception of coercion, the majority of patients (82.7%) presented low perception of coercion. Two comparisons were statistically significant. Adult patients had more years of study than the elderly (P = 0.0001). Likewise, patients submitted to emergency procedures had a perception of coercion statistically superior to those submitted to elective procedures (p <0.0001). In elective procedures, all patients, regardless of gender or age, had a low degree of perceived coercion. Finally, it was possible to verify that the decision involved family members and the team of health professionals, besides the active participation of patients. Conclusion: The results showed that almost all the participants of this research have the capacity to make decisions for their best interest, regardless of age, sex, or years of study. The fact that no significant difference was identified between the age groups demonstrates that the elderly population is able to make decisions about their life and health treatment. The results of perceived coercion demonstrated that most participants felt involved in the decision to perform the procedure. Patients undergoing urgent invasive medical procedures were the only ones to present moderate or high perceived coercion.
Keywords: Envelhecimento
Tomada de Decisão
Bioética
Autonomia Pessoal
Segurança do Paciente
Populações Vulneráveis
Idoso
Geriatria
Enfermagem
Comunicação
Coerção
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Medicina
Program: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho será publicado como artigo ou livro
Time to release fulltext: 06 meses
Date to release fulltext: 13/03/2020
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/8877
Issue Date: 6-Dec-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TES_ROSMARI_WITTMANN_VIEIRA_CONFIDENCIAL.pdfROSMARI_WITTMANN_VIEIRA_TES374.68 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.