Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/8473
Document type: Dissertação
Title: A educação para a cidadania global : uma experiência no 6º ano do ensino fundamental a partir do educar pela pesquisa
Author: Costa, Camila Schwanke 
Advisor: Santos, Pricila Kohls dos
Abstract (native): Tendo em vista que a crescente globalização e o advento da tecnologia têm aproximado cada vez mais os indivíduos e tornado os países interdependentes através das relações econômicas, científicas, religiosas, tecnológicas, sociais e também virtuais, hoje, não basta que o ser humano seja um cidadão apenas de seu Estado-nação - que cumpre seus deveres e exerce seus direitos – mas é necessário que ele seja um cidadão global, capaz de agir de forma justa e solidária. Embora não haja um consenso sobre a noção de cidadania global, há um entendimento comum de que essa cidadania não diz respeito a uma documentação, mas refere-se a um pertencimento a uma comunidade mais ampla, à humanidade como um todo, o que implica um modo de olhar para o outro, de se relacionar e de agir no espaço e no tempo que respeita a diversidade e o pluralismo. Assim, reflexões e discussões sobre a educação que precisamos e desejamos para o século XXI passam também pelo conceito de cidadania global. Além de competências, habilidades e conhecimentos cognitivos, surge a necessidade de uma educação que contribua para a resolução de desafios globais, que promova o respeito mútuo. Nesse sentido, surge uma pedagogia inovadora, a pedagogia da Educação para a Cidadania Global (ECG), que aponta como fundamental, em todos os níveis de educação, o trabalho para além das disciplinas e conteúdos acadêmicos, mas que promove a formação integral do indivíduo, oportunizando o desenvolvimento de valores e habilidades como o diálogo, a interação, o pensamento crítico, a reflexão, dentre outras habilidades para atuar eticamente na sociedade. Com o objetivo de compreender as potencialidades do educar pela pesquisa para o desenvolvimento da educação para a cidadania global na educação básica, o presente trabalho apresenta a trajetória e resultados de uma pesquisa qualitativa do tipo pesquisa-ação, desenvolvida em uma turma de 6ª ano do Ensino Fundamental, a partir dos métodos da observação participante e da produção textual para coleta de dados e do método de análise textual discursiva para análise de tais dados coletados. A partir da análise textual discursiva, o corpus foi organizado em uma categoria a priori, denominada ‘Cidadania Global’, por ser o cerne das discussões acerca da Educação para a Cidadania Global e três subcategorias também a priori: ‘Cidadania’, ‘Interculturalidade’ e ‘Pensamento Crítico’, além da categoria emergente denominada ‘Desigualdade social’, tendo uma subcategoria ‘Possíveis soluções’. Os resultados demonstram que a Pedagogia da Educação para Cidadania Global potencializa a reflexão e o educar pela pesquisa é uma possibilidade de instigar os estudantes a pensarem sobre sua própria realidade, tendo consciência de que cada um é responsável e partícipe da sociedade glocal (global-local). A partir da pesquisa-ação realizada e da análise dos processos de leitura e escrita foi possível perceber nos estudantes o processo de desenvolvimento de competências e habilidades proposta por CASTRO (2016), denominadas pelas dimensões Diversidade - Inclusão, Solidariedade - Justiça, Utopia - Historicidade, Identidade - Reflexividade. Além disso, os resultados apontam que, mesmo na Educação Básica, é possível trabalhar com pesquisa e com projetos que envolvam o educar pela pesquisa e que os mesmos podem fomentar o desenvolvimento do Cidadão Global.
Abstract (english): Considering that the times of increasing globalization and the advent of technology have made people closer and countries mutually dependent because of economic, scientific, religious, technological, social and virtual relations, nowadays it is not enough for a human being to be a citizen of his nation-state only – who fulfills his duties and exercises his rights – but it is necessary that he becomes a global citizen, who is able to act in a fair and solidary way. While there is yet no general agreement on the idea of global citizenship, there is a common understanding that this citizenship does not concern documentation, but it refers to a sense of belonging to a broader community, to the humankind as a whole. This implies a way of looking at someone else, and of interacting in a space and time that respects diversity and pluralism. Therefore, reflections and discussions about the education we need and wish for the 21st century go through the concept of global citizenship. In addition to capacities, abilities, and cognitive knowledge, the need of an education that contributes to the solving of global challenges, and that promotes mutual respect arises. Hence, an innovative pedagogy emerges, the Global Citizenship Education (GCED), which points to the importance of an approach that goes beyond subjects and academic contents at every stage of education. This pedagogy advocates for all-round development of the person, creating opportunities to develop values and skills such as conversation, interaction, critical thinking, reflection, among other abilities in order to act ethically. With the aim of understanding the potentialities of educating through research in order to develop the education for global citizenship in basic education, this research presents the trajectory and the results of a qualitative action research carried out in a 6th year group of the Elementary School based on participant observation, text production for data collection, and textual analysis of the data collected. Based on the discursive textual analysis, the corpus was organized in an a priori category, called “Global Citizenship”, since it is the core discussion about education for global citizenship, and three a priori subcategories: ‘Citizenship’, ‘Interculturality’ and ‘Critical Thinking’, besides the emergent category called ‘Social Inequality’, this last one with a subcategory ‘Possible solutions’. The results reveal that the Global Citizenship Education Pedagogy enhances reflection, and that education through research is a possibility of instigating students to think about their own reality and to be aware that each one is responsible for and a member of glocal society (global-local). With the action research carried out and the analysis of reading and writing processes, it was possible to notice that students developed their skills and abilities proposed by CASTRO (2016), known as Diversity – Inclusion, Solidarity – Justice , Utopia – Historicity, Identity – Reflexivity dimensions. Moreover, the results indicate that even in Basic Education it is possible to work with research and project that involve education through research, and that they can foster the development of a Global Citizen.
Keywords: Educação para a Cidadania Global
Educar pela Pesquisa
Educação Básica
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Humanidades
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho não apresenta restrição para publicação
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/8473
Issue Date: 17-Jan-2019
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação Camila Schwanke Costa.pdfCAMILA_SCHWANKE_COSTA_DIS 2.01 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.