Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/8410
Document type: Tese
Title: Prevalência de asma pediátrica no Brasil : uma meta-análise com meta-regressão
Author: Manfredini, Cibele Sandri 
Advisor: Stein, Renato Tetelbom
First advisor-co: Pitrez, Paulo Márcio Condessa
Abstract (native): Introdução: a asma é caracterizada como uma doença crônica de elevada prevalência, principalmente na população infantil. Durante as últimas décadas, tem-se observado a importância da realização de estudos direcionados a sua prevalência, a fim de servir de subsídios para ações de prevenção e controle da doença por parte da saúde pública mundial. Objetivo: avaliar a prevalência da asma pediátrica no Brasil, segundo os critérios do estudo International Study of Asthma and Allergies in Childhood (ISAAC), através de uma metanálise. Métodos: este estudo caracteriza-se por uma revisão sistemática com meta-análise e meta-regressão. As buscas foram aplicadas nas bases de dados PubMed (Medline), Embase e ScienceDirect (Elsevier), SciELO e LILACs (Bireme), identificando-se os estudos que avaliaram a prevalência de asma pediátrica no Brasil. A busca dos artigos foi realizada em março de 2017. Para inclusão na revisão sistemática, os artigos deveriam tratar-se de estudos de corte transversal, sobre a prevalência de asma pediátrica (grupos: 6-7 anos, 13-14 anos ou em ambas faixas etárias), baseados no protocolo ISAAC. A avaliação da estimativa da variação da prevalência de asma no Brasil foi através de uma meta-regressão. Resultados: com quase duas décadas desde a primeira publicação sobre prevalência de asma, no Brasil, seguindo os critérios ISAAC, foram encontrados um total de 945 artigos, dos quais foi possível eleger para a meta-análise 35 artigos originais. A partir destes foi realizada um total de 88 avaliações entre as duas faixas etárias, entre as regiões e as cidades. A prevalência de asma no período de 1994 a 2012 apresenta uma variação de 11 a 32% na faixa etária de 6-7 anos, com uma heterogeneidade (I2) de 97% (p<0,001), e 12 a 30% na faixa etária de 13-14 anos, com uma heterogeneidade (I2) de 96% (p<0,001), tendo como estimativa uma prevalência da doença de 20,4% no quadro geral da asma pediátrica no Brasil. A meta-regressão mostrou que a prevalência de asma, mesmo com uma alta heterogeneidade, manteve-se estável ao longo das duas décadas para as duas faixas de idade estudadas (p=0,555 e p=0,052), bem como no quadro geral (p=0,181). Conclusão: a prevalência de asma pediátrica no Brasil permanece elevada desde os primeiros estudos realizados, não apresentando mudanças significativas com o passar dos anos.
Abstract (english): Introduction: asthma is characterized as a chronic disease of high prevalence, mainly in the infant population. During the last decades, it has been observed the importance of conducting studies directed to its prevalence, in order to serve as a subsidy for actions of prevention and control of the disease by the world public health. Objective: To evaluate the prevalence of pediatric asthma in Brazil, according to the criteria of the International Study of Asthma and Allergies in Childhood (ISAAC), through a meta-analysis. Methods: This study is characterized by a systematic review with meta-analysis and meta-regression, based on the criteria of the Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analyzes (PRISMA). The researches were applied in the PubMed (Medline), Embase and ScienceDirect (Elsevier), SciELO and LILACs (Bireme) databases, identifying the studies that evaluated the prevalence of pediatric asthma in Brazil. The search for articles was made in March 2017. For the inclusion in the systematic review, the articles should be cross-sectional studies on the prevalence of pediatric asthma (groups: 6-7 years of age, 13-14 years of age or in both age groups) based on the ISAAC protocol. The evaluation of the estimated prevalence of asthma in Brazil was through a meta-regression. Results: almost two decades after the first publication on asthma prevalence in Brazil, following the ISAAC criteria, a total of 945 articles were found, and it was possible to choose 35 original articles for the meta-analysis. From these, a total of 88 evaluations were carried out between the two age groups, amongst regions and cities. The prevalence of asthma in the period from 1994 to 2012 presents a variation from 11 to 32% in the 6-7 years of age group, with a heterogeneity (I2) of 97% (p <0.001), and 12 to 30% in the age group of 13-14 years of age, with a heterogeneity (I2) of 96% (p <0.001), having as an estimate a prevalence of the disease of 20.4% in the general picture of pediatric asthma in Brazil. The meta-regression showed that the prevalence of asthma, even with high heterogeneity, remained stable throughout the two decades for the two age groups studied (p = 0.555 and p = 0.052), as well as in the general picture (p = 0,181). Conclusion: the prevalence of pediatric asthma in Brazil remains elevated since the first studies conducted, with no significant changes in prevalence over the years
Keywords: Prevalência
Asma
Revisão Sistemática
Pediatria
Criança
Epidemiologia
Prevalence
Asthma
Systematic Review
Pediatrics
Kid
Epidemiology
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
MEDICINA::SAUDE MATERNO-INFANTIL
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Medicina
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina/Pediatria e Saúde da Criança
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho será publicado como artigo ou livro
Time to release fulltext: 60 meses
Date to release fulltext: 15/01/2024
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/8410
Issue Date: 10-Oct-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Pediatria e Saúde da Criança

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TES_CIBELE_SANDRI_MANFREDINI_CONFIDENCIAL.pdfCIBELE_SANDRI_MANFREDINI_TES389.95 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.