Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/829
Document type: Dissertação
Title: Prontidão para mudança em usuários de crack e cocaína que consomem tabaco e que estão em tratamento em uma comunidade terapêutica
Other Titles: Prontidão para mudança em usuários de crack e cocaína que consomem tabaco e que estão em tratamento em uma comunidade terapêutica
Author: Güths, Paula Beatriz 
Advisor: Argimon, Irani Iracema de Lima
Abstract (native): A prevalência de tabagismo entre os usuários de drogas ilícitas é significativamente mais alta do que a prevalência de tabagismo na população geral. Sabe-se que, em pacientes que consomem tabaco e cocaína, a exposição ao tabaco pode ativar a fissura e aumentar a administração de cocaína. Ao tratar paralelamente um paciente com dependências comórbidas é preciso entender as diferenças e especificidades de cada substância, assim como perceber o seu estágio motivacional e a sua prontidão para a mudança para cada uma, isoladamente. O objetivo do estudo empírico foi verificar, entre os pacientes que estavam em tratamento para uso de crack e cocaína e que eram tabagistas, a prontidão para mudança para as substâncias ilícitas e para o tabaco e sua possível associação. Foi utilizada uma metodologia descritiva, com delineamento correlacional, quantitativo e transversal. A partir de uma amostra aleatória simples foram avaliados 88 pacientes internados em uma Fazenda Terapêutica da região metropolitana de Porto Alegre. Os instrumentos utilizados para verificar a prontidão para mudança para substâncias ilícitas e para o tabaco foram o Algorítimo, a Régua de Prontidão e a URICA, utilizando-se, ainda, um questionário socio-econômico semi-estruturado e o Questionário de Fagerstrom para dependência de nicotina. Em relação aos resultados se identificou diferença significativa entre a prontidão para o tabaco e a para as substâncias ilícitas (p<0,001). De acordo com os três instrumentos utilizados, os indivíduos encontram-se mais prontos para a mudança em relação às substâncias ilícitas do que em relação ao tabaco. Enquanto que a maior prevalência de pré-contemplação está entre os usuários de tabaco (79,5%), a maior prevalência de ação e manutenção está entre os usuários de substâncias ilícitas (33% e 28,4%) pela URICA. Em relação ao algoritmo, para o tabaco a amostra prevaleceu também no estágio de pré-contemplação (39,3%), ao passo que para as substâncias ilícitas, a grande maioria (75,3%) se encontrou em preparação. Assim se conclui que os usuários de tabaco estão menos prontos para mudar em relação à prontidão para mudança de usuários de crack e cocaína. Também foi realizada uma revisão sistemática, cujo objetivou foi verificar a associação do tabagismo no tratamento de usuários de cocaína e crack. Em relação aos resultados, se verificou uma associação direta entre seguir fumando ao longo do tratamento para cocaína e piores resultados no tratamento para a mesma, em curto e longo prazos. A partir da revisão sistemática se concluiu que consumir tabaco interfere negativamente no resultado de tratamento para usuários de cocaína. Dessa forma sugere-se que os tratamentos sejam oferecidos concomitantemente e que os profissionais da saúde também considerem a prontidão para mudança em abordagens motivacionais relacionadas ao consumo de tabaco.
Abstract (english): The prevalence of smoking among illicit drug users is significantly higher than the prevalence of smoking in the general population. It is known that in patients who use tobacco and cocaine, tobacco exposure may activate and increase crack cocaine administration. When treating a patient in parallel with comorbid dependencies you need to understand the differences and specificities of each substance, and realize their internship and their motivational readiness to change for each one separately. The goal of the empirical study was to determine, among patients who were in treatment for cocaine and crack use and were smokers, readiness to change for illicit substances and tobacco and its possible association. A methodology descriptive and correlational design, quantitative and cross. From a simple probability sample of 88 patients were admitted to a Therapeutic Farm in the metropolitan region of Porto Alegre. The instruments used to check the readiness to change for illicit substances and tobacco were the Algorithm, the Ruler of Readiness and URICA, using also a socio-economic questionnaire semi-structured questionnaire and the Fagerstrom for nicotine dependence. Regarding the results identified significant differences between the readiness for tobacco and illicit substances (p <0.001). According to the three instruments, individuals are more ready to change in relation to illicit substances than tobacco. While the prevalence of pre-contemplation is among tobacco users (79.5%), the highest prevalence of action and maintenance are among users of illicit substances (33% and 28.4%) for the URICA. In relation to the algorithm for the tobacco sample also prevailed in the stage of precontemplation (39.3%), whereas for illicit substances, the majority (75.3%) was found in the preparation. Thus concludes that tobacco users are less ready to change with regard to readiness to change in crack and cocaine. We also performed a systematic review, which was aimed to investigate the association of smoking on treatment of cocaine users and crack. Regarding the results, there was a direct association between following smoking during treatment for cocaine and worst results for the same treatment in the short and long term. From the systematic review concluded that consuming tobacco negatively affects the outcome of treatment for cocaine users. Thus it is suggested that treatments are offered concurrently and that health professionals also consider the readiness for change in motivational approaches related to tobacco consumption.
Keywords: PSICOLOGIA CLÍNICA
TABAGISMO
COCAÍNA CRACK
DROGAS - ABUSO - TRATAMENTO
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Psicologia
Program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: GÜTHS, Paula Beatriz. Prontidão para mudança em usuários de crack e cocaína que consomem tabaco e que estão em tratamento em uma comunidade terapêutica. 2013. 2 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/829
Issue Date: 18-Jan-2013
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
447894.pdfTexto Completo1.7 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.