Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/8216
Document type: Dissertação
Title: O uso de células-tronco adiposas e da técnica da tubulização na regeneração do nervo facial em ratos wistar após transecção com perda de substância
Author: Poeta, Josiel Schilling 
Advisor: Silva, Jefferson Luis Braga da
Abstract (native): Introdução: As lesões que acometem os nervos periféricos são bastante comuns e podem causar danos devastadores na vida das pessoas, provocando alterações funcionais importantes como, por exemplo, dor, morbidade e incapacidade, além de afetar a sua condição psicológica. Quando o sétimo (VII) par de nervos cranianos é afetado, os pacientes podem desenvolver quadros de Paralisia Facial Periférica (PFP), que incluem prejuízos estéticos, funcionais e emocionais, além de dor e desconforto. O tratamento para as lesões que envolvem os nervos periféricos ainda apresenta limitações, visto que os resultados pós-cirúrgicos continuam incertos e insatisfatórios, principalmente nos casos em que a lesão ao nervo provoca perda de substância. O uso do enxerto autólogo de nervo continua sendo o “padrão ouro” de tratamento, embora apresente algumas desvantagens importantes. Tentando suprir todas as dificuldades e limitações, a medicina regenerativa, juntamente com a engenharia tecidual, têm unido seus esforços com a finalidade de melhorar as técnicas cirúrgicas no reparo desse tipo de lesão. Nesse contexto, muitas pesquisas estão sendo realizadas com o intuito de desenvolver materiais bioabsorvíveis, associados a fatores neurotróficos, que possam ser utilizados pela técnica da tubulização em substituição ao “padrão ouro”. Objetivo: Avaliar a regeneração do nervo facial de ratos wistar submetidos a uma transecção total com perda de substância através do emprego da técnica da tubulização com um polímero de PLGA/PCL e células tronco adiposas autólogas. Material e Métodos: 72 ratos wistar foram randomicamente divididos em três grupos (A, B, C) e submetidos a um procedimento cirúrgico de lesão (transecção total com perda de substância) no ramo mandibular do nervo facial, formando um “gap” de 6mm. Imediatamente após a lesão, foi realizado o procedimento cirúrgico de reparo do nervo de acordo com o grupo ao qual pertenciam. Os ratos do grupo A (controle) foram tratados através do enxerto autólogo de nervo, com sutura nos cotos. Os ratos do grupo B foram tratados pela técnica da tubulização utilizando um polímero absorvível de PLGA/PCL suturado entres os cotos. Já os ratos do grupo C também foram tratados pela técnica da tubulização, com o mesmo polímero, porém contendo uma quantidade de células-tronco adiposas autólogas em seu interior. Ao fim de trinta, sessenta e noventa dias, os animais foram eutanasiados para análise histológica. Resultados: A presença do polímero de PLGA/PCL, usado pela técnica da tubulização, parece ter estimulado a formação de fibrose em todos os tempos avaliados. Em trinta dias não ocorreu nenhuma diferença na regeneração das fibras nervosas entre os três métodos utilizados para o tratamento da lesão no nervo facial das cobaias neste experimento. O uso de células tronco, associadas ao tubo de PLGA/PCL, apresentou melhores resultados em relação ao “padrão ouro” somente em sessenta dias. Aos noventa dias, o “padrão ouro” e a técnica da tubulização, sem a utilização das células-tronco, tiveram os mesmos resultados na regeneração do nervo e, ainda, se mostraram superiores em relação à tubulização com o uso de células-tronco.
Abstract (english): Introduction: Lesions affecting the peripheral nerves are quite common and can cause devastating damage to their lives of individuals, leading to important functional changes such as pain, morbidity and disability as well as, affecting their psychological condition. When the VII pair of cranial nerve is affected, patients may develop Peripheral Facial Paralysis (PFP), which include aesthetic, functional and emotional damages, as well as pain and discomfort. Treatment for lesions involving the peripheral nerves still presents limitations, since post-surgical results remain uncertain and unsatisfactory, especially in cases where nerve damage causes loss of substance. The use of autologous nerve grafting remains the "gold standard" of treatment; although it does present some important disadvantages. Trying to overcome all the difficulties and limitations, regenerative medicine together with tissue engineering have united their efforts with the purpose of improving the surgical techniques in the repair of this type of injury. Thus, in this context, many researches are being carried out with the aim of developing bioabsorbable materials associated with neurotrophic factors that can be used by the tubulization technique in substitution of the "gold standard". Objective: To evaluate the regeneration of the facial nerve of wistar rats submitted to a total transection of the nerve with loss of substance through the use of the tubulization technique with a PLGA / PCL polymer and autologous adipose stem cells. Material and Methods: 72 wistar rats were randomly divided into 3 groups (A, B, C) and submitted to a surgical procedure of injury (total transection with loss of substance) in the mandibular branch of the facial nerve, forming a gap of 6 mm. Immediately after the injury, the surgical procedure of nerve repair was performed according to the group to which they belonged. The rats of group A (control) were treated through the autologous nerve graft, with suture in the stumps. Group B rats were treated by the tubulization technique using a PLGA / PCL absorbable polymer sutured between the stents. The rats of group C were also treated by the tubulization technique, with the same polymer, but containing a quantity of autologous adipose stem cells in their interior. After 30, 60 and 90 days, the animals were euthanized for histological analysis. Results: The presence of the PLGA / PCL polymer, used by the tubulization technique, appears to have stimulated the formation of fibrosis in all evaluated groups. In 30 days there was no difference in the regeneration of nerve fibers between the three methods used to treat the facial nerve lesion of the rats used in this experiment. The use of stem cells associated with the PLGA/PCL tube presented better results than the "gold standard" in only 60 days. At 90 days, the "gold standard" and the technique of tubulization, without the use of stem cells, had the same results in nerve regeneration, and still, they were superior in relation to tubulization with the use of stem cells.
Keywords: Lesão do Nervo Facial
Lesão do Nervo Periférico
Traumatismo do Nervo Facial
Trauma Facial
Regeneração do Nervo Facial
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Medicina
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho será publicado como artigo ou livro
Time to release fulltext: 60 meses
Date to release fulltext: 18/07/2023
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/8216
Issue Date: 28-Mar-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DIS_JOSIEL_SCHILLING_POETA_CONFIDENCIAL.pdfJOSIEL_SCHILLING_POETA_DIS402.91 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.