Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7950
Document type: Dissertação
Title: Efeito do Piriproxifeno sobre o desenvolvimento, parâmetros comportamentais e endócrinos em larvas e adultos de Peixe-zebra (Danio rerio)
Author: Gusso, Darlan 
Advisor: Bonan, Carla Denise
Abstract (native): Mosquitos são responsáveis pela transmissão de vários agentes patogênicos. Nos últimos três anos, o mundo testemunhou epidemias que afetam todas as faixas etárias, tais como dengue, febre amarela, chikungunya e zika vírus. Para controlar e eliminar vetores do gênero Aedes, responsável pela transmissão destas doenças, é necessário usar larvicidas e inseticidas como o piriproxifeno. O piriproxifeno é um larvicida usado para eliminar mosquitos, principalmente do gênero Aedes. Este estudo avaliou os efeitos do piriproxifeno sobre a sobrevivência, morfologia, comportamento e parâmetros endócrinos em diferentes estágios de desenvolvimento de peixe-zebra. Nós demonstramos que o piriproxifeno pode causar alterações na taxa de sobrevivência, comportamento e morfologia de larvas expostas, adultos expostos no estágio larval e descendentes adultos de pais expostos. As larvas expostas ao piriproxifeno durante 1-96 hpf (horas pós-fertilização) mostraram uma diminuição na taxa de sobrevivência, frequência cardíaca 3 dpf e comprimento corporal nos 5 e 8 dpf (dias pós- fertilização). A distância percorrida e a velocidade média das larvas expostas foram reduzidas em relação ao grupo veículo (1% de DMSO). Portanto, o piriproxifeno altera a morfologia e o comportamento do peixe-zebra em estágios iniciais de desenvolvimento e pode afetar as próximas gerações. No entanto, quando as larvas expostas foram mantidas até o estágio adulto (6 meses), não observamos diferenças nos parâmetros locomotores. A exposição parental ao piriproxifeno induziu uma diminuição na locomoção da prole adulta, bem como um comportamento do tipo ansiolítico. Nós também avaliamos o efeito da exposição ao piriproxifeno em peixe-zebra na fase adulta durante 96 horas sobre a locomoção, ansiedade, memória e parâmetros endócrinos, como expressão gênica do receptor de glicocorticoide (GR) e fator de liberação de corticotrofina (CRF). Os resultados demonstraram que não houve diferença significativa na locomoção, ansiedade e parâmetros endócrinos. Além disso, houve um prejuízo da memória de habituação do peixe-zebra adulto exposto à piriproxifeno. Portanto, é importante controlar o uso de larvicidas devido aos seus efeitos tóxicos em espécies não-alvo. Nossos achados demonstram a importância de estudos relacionados com a utilização de larvicidas, uma vez que são potenciais causadores de alterações morfológicas e comportamentais em espécies aquáticas, como o peixe-zebra.
Abstract (english): Mosquitoes are responsible for the transmission of various pathogens. Over the past three years, the world has witnessed epidemics affecting all age groups, such as dengue fever, yellow fever, chikungunya and zika virus. To control and eliminate Aedes vectors responsible for the transmission of these diseases, it is necessary to use larvicides and insecticides such as pyriproxyfen. Pyriproxyfen is a larvicide used to control mosquitoes, mainly of the genus Aedes. This study evaluated the effects of pyriproxyfen on survival, morphology, behavior, and endocrine parameters at different stages of zebrafish development. We have demonstrated that pyriproxyfen can cause changes in the survival rate, behavior and morphology of exposed larvae, adults exposed at the larval stage, and adult offspring of exposed parents. Larvae exposed to pyriproxyfen for 1-96 hpf (hours post-fertilization) showed a decrease in survival rate, heart rate 3 dpf (days post-fertilization), and body length at 5 and 8 dpf. The distance traveled and the mean velocities of the exposed larvae were reduced in comparison to the vehicle group (1% DMSO). Therefore, pyriproxyfen changes the morphology and behavior of zebrafish in early stages of development and may affect the next generations. However, when the exposed larvae were maintained until the adult stage (6 months), we did not observe differences in locomotor parameters. Parental exposure to pyriproxyfen induced decrease in locomotion of zebrafish adult offspring as well as an anxiolytic-like behavior. We also tested pyriproxyfen exposure for 96 hours in adult zebrafish and the locomotion, anxiety, memory and endocrine parameters were analyzed as well as the gene expression of the glucocorticoid receptor (GR) and corticotropin-releasing factor (CRF). These results showed that there was no significant difference in locomotion, anxiety and endocrine parameters. In addition, there was an impairment of habituation memory in adult zebrafish exposed to pyriproxyfen. Therefore, it is important to control the use of larvicides due to their toxic effects on non-target species. Our findings demonstrated the importance of studies related to the use of larvicides, since they are potential causes of morphological and behavioral alterations in aquatic species, such as zebrafish.
Keywords: Comportamento
Memória
Larvicida
Piriproxifeno
Peixe-zebra
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Ciências
Program: Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho será publicado como artigo ou livro
Time to release fulltext: 24 meses
Date to release fulltext: 19/04/2020
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7950
Issue Date: 21-Feb-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DIS_DARLAN_GUSSO_CONFIDENCIAL.pdfDARLAN_GUSSO_DIS259.43 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.