Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7901
Document type: Dissertação
Title: O ensino de matemática nos anos iniciais em tempos de cibercultura : refletindo acerca da formação do pedagogo
Author: Souza, Caroline Tavares de 
Advisor: Giraffa, Lucia Maria Martins
Abstract (native): A aprendizagem de Matemática reside como um desafio na formação dos estudantes, embora sua importância na sociedade nunca tenha sido tão significativa e necessária como a partir do avanço das tecnologias digitais. Acredita-se que os problemas relacionados à aprendizagem de Matemática tenham sua origem nos anos iniciais, em que se espera que os estudantes aprendam a base do conhecimento matemático. No entanto, as evidências encontradas nessa investigação apontam que o professor que está em sala de aula, nesta etapa, na maioria dos casos, não possui a formação relacionada aos conceitos e conteúdos matemáticos necessários para ensinar Matemática de forma contextualizada e criativa. A formação insuficiente relacionada à Matemática nos cursos de Licenciatura em Pedagogia faz com que os docentes que já atuam ou irão atuar na escola, nos anos iniciais, apresentem lacunas que não são sanadas na sua formação inicial. Pressupõe-se que os estudantes de Pedagogia saibam tais conteúdos e que esses tenham sidos adquiridos na sua formação básica, pregressa à sua entrada no Ensino Superior, fato este que não se confirma. Esta idiossincrasia acaba repassando a responsabilidade para esta formação ao próprio estudante de Pedagogia e não para seu curso. Esta pesquisa de cunho qualitativo-exploratória, apoiada em estudo de caso envolvendo professores convidados de escolas públicas e privadas do município de Porto Alegre e professores formadores dos cursos de Licenciatura em Pedagogia, buscou investigar a formação dos pedagogos, no que tange ao ensino de Matemática nos anos iniciais, visando identificar possíveis brechas e alternativas de formação continuada, especialmente aquelas que contemplam o uso de espaços/recursos digitais abertos. Dentre os referenciais teóricos utilizados, destacam-se: Tardif, Nóvoa, Lévy, Prensky, Lorenzato e Nacarato. Como resultado desta investigação, destaca-se a abordagem dada nos cursos de Licenciatura em Pedagogia voltada aos aspectos metodológicos do ensino de Matemática, não contemplando a formação específica dos conteúdos matemáticos que serão ensinados nos anos iniciais. A pesquisa também destacou que os espaços/recursos digitais abertos não estão sendo discutidos e/ou utilizados na formação do professor de anos iniciais, dificultando, assim, a sua utilização tanto para a formação continuada quanto para a prática docente. Um achado significativo na pesquisa foi a presença dos laboratórios de Matemática nas escolas privadas, as quais contam com materiais e especialistas como suporte ao ensino de Matemática, bem como à formação docente. Outro achado da pesquisa foi a formação continuada em serviço, de modo especial nas escolas privadas, que auxiliam na reconstrução e ressignificação da relação do professor com a Matemática, permitindo que ele ensine de um modo diferente de como aprendeu. Espera-se que esta investigação tenha fornecido elementos para uma reflexão acerca da necessidade de revisar os currículos de formação da Pedagogia numa perspectiva mais ampla do que apenas a inclusão de uma ou mais disciplinas tratando de conteúdos matemáticos. E, também, apontar alternativas para que docentes ou futuros docentes busquem formação complementar usando os espaços/recursos digitais abertos disponíveis na internet.
Abstract (english): Mathematics learning is a challenge in students’ academic lives, although its importance in society has never been so significant and necessary as from the advancement of digital technologies. It is believed that problems related to the learning of mathematics have their origin in the early years of elementary school, where students are expected to learn the basis of mathematical knowledge. However, evidence found in this study points out that the teacher who is in the classroom at this stage, in most cases, does not have the necessary training related to the concepts and mathematical contents necessary to teach mathematics in a contextualized and creative way. The insufficient training related to Mathematics in the undergraduate courses in Pedagogy causes to teachers who already work or will work in schools, in the early years, gaps that are not healed in their initial training. It is assumed that students of Pedagogy know such contents and that they have been acquired in their formation in elementary school, prior to their admission in the undergraduate course, a fact that does not seem to be confirmed. This idiosyncrasy ends up passing on responsibility for this training to the student of Pedagogy and not to the undergraduate course. This qualitative-exploratory research, supported by a case study involving invited teachers from public and private schools in the Porto Alegre and professors of Pedagogy undergraduate courses, aimed to investigate the formation of pedagogues, regarding the teaching of Mathematics in the early years of elementary school, trying to identify possible gaps and alternatives of continuing education, especially those who have access to the use of open digital spaces / resources. Some of the theoretical references used are: Tardif, Nóvoa, Lévy, Prensky, Lorenzato and Nacarato. As a result of this research, it is highlighted the approach given in the undergraduate courses in Pedagogy focused on the methodological aspects of mathematics teaching, not contemplating the specific training of the mathematical contents that will be taught by these teachers. The study also emphasized that open digital spaces / resources are not being discussed and / or used in teachers’ training in the early years of elementary school, so it is difficult to use these spaces and resources in both continuing education and teaching practice. Something significant that was found in the research was that there are mathematics laboratories in some private schools, which rely on materials and specialists to support mathematics teaching as well as teacher training. Another interesting data found in the research was the continuing education in service, especially in private schools, something that helps in the reconstruction and re-signification of teacher's relationship with Mathematics, allowing him/her to teach a different way of how he/she learned. It is expected that this study has provided elements for a reflection on the need to revise the curricula of Pedagogy courses in a broader perspective than just the inclusion of one or more subjects dealing with mathematical contents. Also, it is expected that this research points out alternatives for teachers or future teachers on how to look for complementary training using the open digital spaces / resources available online.
Keywords: Ensino de Matemática
Formação de Professores
Licenciatura em Pedagogia
Tecnologias Digitais
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Humanidades
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho não apresenta restrição para publicação
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7901
Issue Date: 21-Dec-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Caroline Tavares de Souza.pdfCAROLINE_TAVARES_DE_SOUZA_DIS2 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.