Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7892
Document type: Tese
Title: Amamentação de recém-nascidos muito prematuros : cada semana conta
Other Titles: Breastfeeding very preterm babies : every week counts
Author: Oliveira, Mariana González de 
Advisor: Fiori, Humberto Holmer
Abstract (native): Objetivos: investigar se houve redução no aleitamento materno exclusivo na alta de prematuros de muito baixo peso associada a redução da frequência de esgota do leite. Descrever fatores clínicos associados à falha do aleitamento materno exclusivo na alta de prematuros de muito baixo peso. Métodos: estudo de coorte prospectivo, incluindo prematuros com idade gestacional ≤ 30 semanas e/ou peso de nascimento ≤ 1500g. Foram excluídos portadores de síndromes genéticas, malformações, contraindicações absolutas ao leite materno ou que evoluíram ao óbito. Os pacientes foram divididos em dois grupos, de acordo com o período de tempo em que as mães podiam trazer leite ordenhado em casa (Grupo 1) ou só podia ser utilizado o leite retirado no hospital (Grupo 2). A variável dependente foi a dieta no momento da alta (leite materno exclusivo, leite materno e complemento, complemento exclusivo) e as independentes foram avaliadas através deTeste t de Student (quantitativas paramétricas), Mann-Whittney (quantitativas não-paramétricas) e teste exato de Fischer (variáveis categóricas) em modelo univariado. As variáveis com p<0,05 foram incluídas em modelo de regressão logística. O projeto foi aprovado no comitê de ética. Resultados: do total de 433 pacientes acompanhados até a alta hospitalar, 147 foram incluídos no Grupo 1 e 286 no Grupo 2. O Grupo 2 recebeu corticoides com maior frequência, apresentavam menor idade gestacional, maior frequência de enterocolite e permaneceram internados por mais tempo, pela idade corrigida na alta (p<0,001). Os pacientes do Grupo 2 receberam menos leite materno exclusivo na alta (p=0,01). A redução se deu às custas do aumento de aleitamento misto (p=0,04). Quando colocado em modelo de regressão logística, apenas a idade corrigida permaneceu associada de forma independente à falha de aleitamento materno exclusivo na alta. Conclusão: a menor frequência de estímulo para ordenha e o maior tempo de internação hospitalar estão associados à redução do aleitamento materno exclusivo na alta. Cada semana adicional de internação, reduz em 10% a chance de aleitamento materno exclusivo na alta.
Abstract (english): Objectives: to investigate if exclusive breastfeeding at discharge of very low birth weight preterm infants would be reduced in mothers who expressed breast milk less frequently. To assess clinical factors associated with exclusive breastfeeding failure at discharge of very low birth weight preterm infants. Methods: prospective cohort study, including infants with gestational age ≤ 30 weeks and / or birth weight ≤ 1500g. Patients with genetic syndromes, malformations, absolute contraindications to breast milk or those who died were excluded. Patients were divided into two groups, according to times when mothers could express milk at home (Group 1) or not (Group 2). Dependent variable was diet at discharge (exclusive breastmilk, breastmilk and supplement, exclusive supplement) and independent variables were evaluated through Student's t test (parametric quantitative), Mann-Whittney (non- parametric quantitative) and exact test of Fischer (categorical variables) in a univariate model. The variables with p <0.05 were included in a logistic regression model. The project was approved by the institution’s ethics committee. Results: of the 433 patients followed up until hospital discharge, 147 were included in Group 1 and 286 in Group 2. Group 2 received prenatal corticosteroids more frequently, had lower gestational age, higher frequency of enterocolitis and remained hospitalized longer (p <0.001). Group 2 patients received less exclusive breast milk at discharge (p = 0.01). The reduction with increasing patients using formula to complement breast milk (p = 0.04). In a multivariate logistic regression model, only corrected age remained independently associated with exclusive breastfeeding failure at discharge. Conclusion: less opportunities to stimulate milk expression and longer hospital stay are associated with reduction of exclusive breastfeeding at discharge. Each additional week of hospitalization reduces the chance of exclusive breastfeeding by 10%.
Keywords: Prematuridade
Muito Baixo Peso de Nascimento
Aleitamento Materno
Leite Materno
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Medicina
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina/Pediatria e Saúde da Criança
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho será publicado como artigo ou livro
Time to release fulltext: 60 meses
Date to release fulltext: 20/03/2023
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7892
Issue Date: 25-Jan-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Pediatria e Saúde da Criança

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TES_MARIANA_GONZALEZ_DE_OLIVEIRA_CONFIDENCIAL.pdfMARIANA_GONZALEZ_DE_OLIVEIRA_TES625.61 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.