Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7846
Document type: Tese
Title: Família e prisão : uma análise interseccional sobre as relações familiares em uma instituição prisional masculina
Author: Cúnico, Sabrina Daiana 
Advisor: Costa, Angelo Brandelli
Abstract (native): A presente tese teve por objetivo geral compreender os significados atribuídos às relações familiares, à conjugalidade e à paternidade por homens privados de liberdade e suas companheiras. Como objetivos específicos salientam-se: revisar sistematicamente a produção nacional e internacional sobre a paternidade no cárcere; discutir os desafios e possibilidades de um trabalho de campo qualitativo em Psicologia; entender se e de que forma os significados da paternidade são transformados com a experiência do cárcere; identificar como os homens privados de liberdade significam o conceito de paternidade e a sua própria condição paterna; entender quais são os modelos de família construídos discursivamente e na prática por mulheres que visitam o companheiro na prisão e identificar a relação estabelecida entre a instituição prisional, os indivíduos privados de liberdade e seus familiares. De modo a atingir os objetivos propostos, uma pesquisa qualitativa, de caráter exploratório-descritivo e de matriz etnográfica foi realizada. A coleta de informações se deu em dois momentos distintos. O primeiro deles abarcou observações participantes durante três meses na Sala de Visitas, local onde os familiares passam pelos procedimentos de segurança e revista antes de ingressar na instituição, e também nas festas de Dia das Crianças e de Natal, organizadas pela direção da Casa Prisional e direcionadas aos familiares dos detentos. Todas as observações foram relatadas em um diário de campo. O segundo momento da coleta compreendeu a realização de entrevistas semi-dirigidas com doze homens, pais, que estavam privados de liberdade por no mínimo seis meses. Todas as informações coletadas foram analisadas à luz da Análise Crítica do Discurso (ACD), sendo os resultados apresentados e discutidos nos cinco artigos que compõe a presente tese. Postas as peculiaridades da pesquisa, constata-se que os resultados apresentados evidenciam a relevância de que as relações afetivas, entre elas a relação entre pai e filho(a), tenham espaço nas discussões que circundam o sistema prisional brasileiro, a partir do entendimento de que um pai em situação de prisão segue sendo pai e que a manutenção dos vínculos afetivos prévios ao encarceramento traz benefícios não só para o indivíduo privado de liberdade, mas também para os seus familiares.
Abstract (english): This thesis aimed to understand the meanings attributed to family relationships, conjugality and paternity by men deprived of their liberty and their partners. Specific goals include: to perform a systematic review of the literature on fatherhood in the prison context; to discuss the challenges and possibilities of a qualitative fieldwork in Psychology; to understand if and how the meanings of paternity are transformed with the jail experience; to identify how men deprived of their freedom mean the concept of paternity and their own paternal condition; to understand which family models are constructed discursively and in practice by women who visit the partner in prison and to identify the relationship established between the prison institution, individuals deprived of their freedom and their relatives. In order to achieve the proposed goals, a qualitative, exploratory-descriptive and ethnographic based research was carried out. The collection of information occurred in two different moments. The first one comprised participant observations for three months in the Visiting Room, where family members undergo security and inspection procedures before joining the institution, as well as at the Children's Day and Christmas celebrations, organized by the warden management to the relatives of the prisoners. All observations were reported in a field diary. The second moment of collection included semi directed interviews with twelve men, fathers, who were deprived of their freedom for at least six months. All the information collected was analyzed in light of the Critical Discourse Analysis (CDA), and the results are presented and discussed in the five papers that compose the present thesis. Given the peculiarities of this research, it is observed that the results presented highlight the relevance that the affective relationships, among these the relationship between father and child, have space in the discussions that surround the Brazilian prison system, from the understanding that a father in prison is still a father and that maintaining affective bonds prior to incarceration brings benefits not only to the individual deprived of liberty, but also to their family members.
Keywords: Paternidade
Gênero
Encarceramento
Família
Instituição Prisional
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Ciências da Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho será publicado como artigo ou livro
Time to release fulltext: 60 meses
Date to release fulltext: 07/02/2023
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7846
Issue Date: 26-Jan-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TES_SABRINA_DAIANA_CUNICO_CONFIDENCIAL.pdfSABRINA_DAIANA_CUNICO_TES419.49 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.