Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7831
Document type: Dissertação
Title: Motivações para a carreira empreendedora segundo o modelo de carreira caleidoscópica
Author: Bandeira, Patrícia Bock 
Advisor: Oliveira, Manoela Ziebell de
Abstract (native): Este estudo foi realizado junto ao Grupo de Estudos em Desenvolvimento de Carreira da área de concentração em Psicologia Social, da Faculdade de Psicologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, e teve como principal objetivo investigar a carreira empreendedora feminina no intuito de compreender suas motivações à luz de um dos modelos de carreira contemporâneos: o Modelo de Carreira Caleidoscópica. O Brasil está entre os 10 países com as maiores taxas de empreendedorismo do mundo, com índices quase equivalentes entre homens e mulheres - a diferença é inferior a 2%. Embora o crescimento do empreendedorismo feminino tenha sido de 16% nos últimos 10 anos ante 7% do masculino, essa atividade ainda é fortemente associada a carreiras masculinas. Nesse contexto, podem-se ofuscar especificidades do empreendedorismo feminino, tais como possíveis diferenças entre as motivações de mulheres e homens para empreender. Neste sentido, o objetivo geral desta pesquisa foi verificar se há diferenças entre homens e mulheres em relação às motivações para o empreendedorismo, segundo os parâmetros da Carreira Caleidoscópica, modelo teórico desenvolvido com base nas trajetórias de carreira femininas. Para atingir esse objetivo, realizou-se primeiramente uma revisão narrativa da literatura sobre o modelo, que analisou 16 artigos disponíveis em bases de dados nacionais e internacionais a respeito do Modelo de Carreira Caleidoscópica e sua relação com as trajetórias de carreira femininas. Após, foi conduzido o primeiro estudo empírico que compõe esta dissertação, que adaptou o instrumento para mensuração dos parâmetros do modelo utilizando uma amostra de 272 profissionais brasileiros. Para a validação, realizou-se análises fatoriais confirmatórias, com método de estimação da máxima verossimilhança. A versão final apresentou 19 itens, distribuídos nos fatores previstos, com os valores do coeficiente de precisão: Balanço (α=,78), Crescimento (α=,76) e Autenticidade (α=,65). Utilizando a escala adaptada, realizou-se o segundo estudo empírico com o objetivo de averiguar se há e como se dá a diferença entre mulheres e homens ao optarem por abrir seus próprios negócios. Além da Escala de Parâmetros da Carreira Caleidoscópica adaptada para o contexto brasileiro, foi utilizado um questionário sociodemográfico e um acerca da trajetória empreendedora e características dos negócios dos participantes empresários. Participaram desta etapa 416 profissionais maiores de idade, dos quais 54,6% mulheres e 48,6% empreendedores. Embora profissionais que possuam um negócio próprio tenham apresentado médias significativamente mais altas (M=3,86) em relação a não-empreendedores no parâmetro Crescimento [M=3,53; F(416,1)=15,15; p<0,001, η² = 0,4], não foi verificada diferença significativa entre os parâmetros segundo o sexo. Corroborando este resultado, as principais razões para abertura da empresa – identificação de oportunidade de negócio, desejo por autonomia e atuação segundo valores pessoais – foram as mais frequentemente citadas entre empreendedoras e empreendedores. Ao contribuir para desmistificar a ideia de que as motivações para o empreendedorismo feminino sejam essencialmente diferentes do masculino, espera-se ampliar a conscientização sobre e a promoção desta atividade, especialmente entre mulheres.
Abstract (english): This study was conducted within the Group of Studies in Career Development of the field of Social Psychology, in the Psychology Faculty of Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. The research’s main objective was to investigate the female entrepreneurial career in order to understand its motivations under a contemporary career model: the Kaleidoscopic Career Model. Brazil is among the top 10 countries with the highest rates of entrepreneurship in the world, with almost equivalent rates between men and women - the difference is less than 2. Although female entrepreneurship growth has been 16% in the last 10 years compared to male’s 7%, this activity is still strongly associated with male careers. In this context, the specificities of female entrepreneurship may be overshadowed, just as there is a difference between the motivations that lead women and men to open their own businesses. Therefore, the general objective of this research was to verify if there are differences between men and women regarding their motivations for entrepreneurship, according to the parameters of the Kaleidoscopic Career, theoretical model developed based on female career trajectories. To achieve this goal, a narrative review of the literature on the model was carried out, which analyzed 16 articles available in national and international scientific databases on the Kaleidoscopic Career Model, and its relation with female career trajectories. Afterwards, the first empirical study that composes this dissertation has adapted this instrument to Brazilian context within a sample of 272 Brazilian professionals. For the validation, confirmatory factorial analysis has been used, with maximum likelihood estimation method. The final version of the scale presented 19 items, distributed in the predicted factors, with precision values of: Balance (α=.78), Challenge (α=.76) and Authenticity (α=.65). Using this adapted scale, the second empirical study aimed to verify if there is difference between women’s and men’s motivation for opening their own businesses. In addition to the Kaleidoscopic Career Parameter Scale adapted to Brazilian context, a sociodemographic survey and entrepreneurial trajectory and business characteristics questionnaire were used with the respondents. The sample was composed by 416 professionals, in which 54.6% were women and 48.6% were entrepreneurs. Although professionals with their own business had significantly higher averages (M = 3.86) compared to non-entrepreneurs in Challenge parameter [M = 3.53; F (416,1) = 15.15; p <0.001, η² = 0,4], there was no significant difference between the parameters according to respondent’s sex. Corroborating this result, the main reasons for opening a company - identification of business opportunity, desire for autonomy and work according to personal values - were the most frequently answers among male and female entrepreneurs. By contributing to demystify the idea that the motivations for female entrepreneurship are essentially different from the masculine, we expect results to contribute for a greater awareness and promotion of female entrepreneurship.
Keywords: Carreira Caleidoscópica
Aconselhamento de Carreira
Empreendedorismo
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS HUMANAS:PSICOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Ciências da Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho será publicado como artigo ou livro
Time to release fulltext: 60 meses
Date to release fulltext: 31/01/2023
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7831
Issue Date: 9-Jan-2018
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DIS_PATRICIA_BOCK_BANDEIRA_CONFIDENCIAL.pdfPATRICIA_BOCK_BANDEIRA_DIS715.53 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.