Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7820
Document type: Dissertação
Title: Educação inclusiva : um olhar sobre a diversidade na educação infantil
Author: Sternberg, Priscilla Wagner 
Advisor: Rozek, Marlene
Abstract (native): Este estudo investiga como uma escola de Educação Infantil lidacom a questão da diversidade, na perspectiva da Educação Inclusiva. Para tanto, são caracterizadas as intervenções dos educadores com todas as crianças, com e sem deficiência, considerando suas especificidades e características. Também analisa como ocorrem as interações entre as crianças, considerando suas especificidades e características e, ainda, apura deque maneira (se assim for) a presença de crianças com deficiência contribui para tornar o ambiente da Educação Infantil mais favorável para o desenvolvimento, a participação e as aprendizagens de todos. Foi realizado um estudo exploratório de cunho qualitativo, tendo a observação participante como principal ferramenta para a coleta de dados. Duas turmas de uma escola de Educação Infantil da rede municipal de Porto Alegre foram acompanhadas ao longo do primeiro semestre de 2017. Os dados provenientes das observações foram registrados em um diário de campo, o qual foi analisado a partir da Análise Textual Discursiva. Foi possível perceber que muitas intervenções revelaram conexão entre os educadores e as crianças, favorecendo a interação entre os pares, a escolha de brincadeiras, o sentimento de pertencimento, a comunicação e a participação nas tarefas de grupo, além de revelarem a atenção às necessidades individuais e da turma. Em contrapartida, em outros momentos, os adultos não conseguiram se conectar com as necessidades das crianças, perdendo ricas oportunidades de intervenção ou o fazendo de forma inconsistente, não parecendo, portanto, oferecer o auxílio de que precisavam para as atividades ou para as interações entre o grupo. Sobre as interações entre as crianças, foram observadas quatro diferentes formas de ocorrência: por meio da brincadeira, da imitação, da cooperação e da agressividade. Assim, o cenário observado revelou-se favorável às aprendizagens e às interações entre todos, de forma que deficiências ou outras dificuldades eram tomadas a partir de uma perspectiva de valorização da heterogeneidade tanto entre as crianças, quanto por parte dos educadores e da direção. No entanto, ficou evidente que pontos ainda necessitam ser aprimorados, seja em decorrência de uma Educação Infantil ainda em estruturação em nosso país, seja por lacunas na formação dos educadores ou por divergências internas e externas da instituição. Portanto, concretizações, dificuldades e contradições caracterizam o funcionamento da escola e as relações e interações observadas para este estudo.
Abstract (english): This study investigates how an Early Childhood Education School deals with the issue of diversity in the perspective of Inclusive Education. To do that, the interventions of educators with all children, with and without disabilities, are characterized, considering their specificities and characteristics.It also analyzes how the interactions among children take place, considering their specificities and characteristics, and also examines how (if so) the presence of children with disabilities helps to make the environment more helpful to development, participation and the learning of all children. An exploratory qualitative study was carried out, with participant observation being the main tool for data collection. Two classes of a municipal kindergarten in Porto Alegre were visited during the first semester of 2017.The data from the observations were recorded in a Field Journal, which was analyzed from the Discursive Textual Analysis. Many interventions revealed a connection between educators and children, favoring peer interaction, choice of play, feeling of belonging, communication and participation in group tasks, and revealing attention to individual and group needs. On the other hand, sometimes, adults were unable to connect to the needs of children, either by losing rich opportunities for intervention or by doing so in an inconsistent manner, thus not seeming to offer the help they needed for the activities or for interactions among the group. On the interactions among the children, four different forms were observed: through play, imitation, cooperation and aggression.Thus, the context observed was favorable to learning and interactions among all, so that deficiencies or other difficulties were taken from a heterogeneity perspective, among children, educators and management. However, some points still need to be improved, considering Early Childhood Education is still under construction in our country, gaps in teacher’s education, and internal and external divergences of the institution. Therefore, concretizations, difficulties and contradictions characterize the action of the school and the relationships and interactions observed for this study.
Keywords: Educação Infantil
Educação Inclusiva
Interações
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Humanidades
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho não apresenta restrição para publicação
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7820
Issue Date: 15-Dec-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PRISCILLA WAGNER STERNBERG.pdfPRISCILLA_WAGNER_STERNBERG_DIS1.8 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.