Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7628
Document type: Dissertação
Title: Ecologia e comportamento de Callicebus bernhardi em um fragmento florestal em Rondônia, Brasil
Author: Lopes, Karine Galisteo Diemer 
Advisor: Bicca-Marques, Júlio César
Abstract (native): Os zogue-zogues (Callicebus) são conhecidos por sua associação com ambientes florestais secundários e antropizados. Apesar da grande diversidade do gênero, pouco se sabe sobre a ecologia e o comportamento da maioria das espécies. Essa pesquisa relata os resultados do primeiro estudo sobre a ecologia e o comportamento do zogue-zogue-do-Príncipe-Bernhard (Callicebus bernhardi). Um grupo de quatro indivíduos (um macho adulto, uma fêmea adulta, um macho jovem e uma fêmea jovem) habitante de um fragmento florestal de 2,3 ha em Rolim de Moura, Rondônia, foi acompanhado durante 13 períodos amostrais de sete dias (total=90 dias) entre março e setembro de 2015. Os períodos de março a maio e setembro corresponderam à época chuvosa e o de junho a agosto, à época seca. O comportamento foi registrado pelo método de varredura instantânea. A disponibilidade de alimentos foi estimada a partir de levantamentos florísticos, fenológicos e de invertebrados realizados a cada duas semanas logo antes da coleta de dados comportamentais. Um total de 20.023 registros foi obtido em 1.010 h de observação. O descanso foi o comportamento mais frequente (45,2%), seguido pela locomoção (28,5%), alimentação (17,4%) e comportamentos sociais (7,5%). A dieta do grupo foi predominante frugívora (78% dos registros de alimentação), complementada com flores (6%), folhas (5,9%), invertebrados (4,5%) e sementes (1%). O padrão de atividades e a composição da dieta variaram ao longo do estudo. O comportamento dos zogue-zogues durante o descanso foi condizente com uma estratégia comportamental de termorregulação. Os animais descansaram principalmente sentados (62%), mas aumentaram o uso de posturas de descanso dissipadoras de calor com o aumento da temperatura ambiente. Além disso, a temperatura ambiente influenciou o microhabitat de descanso, afetando a altura na copa e a exposição dos animais ao sol. Concluímos que C. bernhardi habitante de um pequeno fragmento florestal apresenta padrão de atividades e dieta semelhantes a outras espécies do gênero e usa estratégias comportamentais de termorregulação para evitar o superaquecimento corporal semelhantes às observadas em outros primatas sob altas temperaturas ambiente.
Abstract (english): Titi monkeys (Callicebus) are well-known for their secondary and anthropogenic forest environments. However, there is scanty information on the ecology and behavior of most species. This study reports the results of the first study on the ecology and behavior of the Prince Bernhard’s titi monkey (Callicebus bernhardi). A group composed of four individuals (an adult male, an adult female, a young male, and a young female) inhabiting a forest fragment of 2.3 ha in Rolim de Moura, Rondônia, Brazil, was followed for thirteen 7-day sampling periods (total=90 days and 1,010 hours of observation) from March to September 2015. The study covered both the rainy (March-May and September) and the dry (June-August) season. The behavior was recorded by the instantaneous scan sampling method, resulting in 20,023 records. Food availability was estimated based on an overall floristic survey together with data from phenologic and invertebrate surveys conducted every two weeks immediately before each behavioral sampling period. Resting was the most frequent behavior (45.2%), followed by moving (28.5%), feeding (17.4%), and social behaviors (7.5%). The diet was predominantly frugivorous (78% of feeding records), supplemented with flowers (6%), leaves (5.9%), invertebrates (4.5%) and seeds (1%). The activity budget and diet composition varied during the study. The behavior of titi monkeys during resting was consistent with a behavioral thermoregulation strategy. Sitting was the primary resting posture (62%), but the titis increased the use of heat dissipating postures with increasing air temperature. Additionally, air temperature influenced microhabitat selection, affecting the animals’ height in the canopy and their exposure to sunshine. We conclude that C. bernhardi inhabiting a small forest fragment shows an activity budget and diet similar to other titi monkey species and uses behavioral thermoregulation strategies to avoid body overheating similar to those recorded for other primates experiencing high ambient temperature.
Keywords: Zogue-zogue
Padrão de Atividades
Dieta
Termorregulação Comportamental
Frugivoria
Sazonalidade
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Biociências
Program: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7628
Issue Date: 2-Mar-2016
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Evolução da Biodiversidade

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DIS_KARINE_GALISTEO_DIEMER_LOPES_COMPLETO.pdfTexto Completo1.53 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.