Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7601
Document type: Dissertação
Title: Fatores de personalidade e funcionamento cognitivo em idosos portadores da Doença de Parkinson
Author: Chardosim, Neusa Maria de Oliveira 
Advisor: Argimon, Irani Iracema de Lima
First advisor-co: Irigaray, Tatiana Quarti
Abstract (native): A Doença de Parkinson (DP) é uma doença degenerativa e progressiva do sistema nervoso central, que se caracteriza por morte neuronal na substância negra, com consequente diminuição de dopamina, levando a alterações motoras típicas. Além dos sintomas motores, ocorrem alterações cognitivas e comportamentais, que têm se mostrado como um fator preponderante para o agravamento da doença dos pacientes. É uma doença cuja prevalência aumenta com a idade, chegando a 1% em indivíduos acima de 60 anos. Com o aumento da expectativa de vida, estima-se que milhões de pessoas no mundo serão portadoras da DP. Assim, o presente estudo teve como principal objetivo investigar a relação entre fatores de personalidade, funcionamento cognitivo e sintomas depressivos e de ansiedade em idosos com a DP. Além disso, buscou: a) caracterizar o funcionamento cognitivo, os fatores de personalidade e a prevalência de sintomas depressivos e de ansiedade em idosos com DP; b) verificar relações entre os fatores de personalidade, idade, escolaridade, sintomatologia depressiva e de ansiedade e desempenho cognitivo; c) analisar se os fatores de personalidade são preditores do funcionamento cognitivo de idosos com DP. Este estudo teve um delineamento transversal, correlacional e exploratório. A amostra foi recrutada por conveniência, sendo composta por 30 idosos com DP,com idades entre 60 a 86 anos (M=68,97; DP=6,35). Os participantes responderam a uma Ficha de dados sociodemográficos,o NEO-FFI-R, o Montreal Cognitive Assessment (MoCA), o subteste raciocínio matricial do Teste de Inteligência não verbal (Beta-III), o Teste de Fluência Verbal Fonêmica (FAS) e Semântica (Animais), o subteste dígitos da Escala de Inteligência Wechsler para adultos (WAIS-III) e os subtestes lista de palavras e Teste de nomeação de Boston da bateria CERAD, a Escala de Depressão Geriátrica (GDS-15) e o Inventário de Ansiedade de Beck (BAI). Os idosos com DP apresentaram prejuízos nas funções de memória episódica verbal (evocação imediata, tardia e reconhecimento) e funções executivas (raciocínio abstrato e resolução de problemas). Dentre os idosos avaliados, 43% apresentaram sintomas depressivos e 27% sintomas de ansiedade. Os participantes demonstraram baixos níveis de neuroticismo, de extroversão e abertura à experiência e altos níveis de amabilidade e conscienciosidade. O fator extroversão correlacionou-se de maneira positiva com funções executivas (fluência verbal) e o fator abertura a experiência correlacionou-se positivamente com memória episódica verbal (evocação tardia). Conjuntamente, os fatores extroversão e abertura demonstraram-se como os preditores mais fortes do desempenho de idosos com DP em tarefas de memória episódica verbal (evocação tardia). O fator extroversão, unicamente, contribui para o desempenho de idosos com DP em tarefas de memória (evocação imediata e reconhecimento) e em funções executivas (fluência verbal fonêmica e semântica). Conclui-se que idosos com DP apresentam prejuízos na memória e funções executivas. O fator extroversão é o fator que mais contribuiu para o desempenho de idosos com DP em tarefas de memória e em funções executivas.
Abstract (english): Parkinson's disease (PD) is a degenerative and progressive disease of the central nervous system, which is characterized by neuronal death in the substantia nigra, with consequent decrease of dopamine, leading to typical motor alterations. In addition to the motor symptoms, cognitive and behavioral changes occur, which have been shown to be a preponderant factor for the worsening of the patients' disease. It is a disease whose prevalence increases with age, reaching 1% in individuals over 60 years. With the increase in life expectancy, it is estimated that millions of people in the world will be carriers of PD. Thus, the main objective of this study was to investigate the relationship between personality factors, cognitive functioning and depressive and anxiety symptoms in the elderly with PD. In addition, it aimed to: a) characterize the cognitive functioning, personality factors and prevalence of depressive and anxiety symptoms in elderly with PD; B) to verify relationships among the factors of personality, age, schooling, depressive symptoms and of anxiety and cognitive performance; C) analyze whether personality factors are predictors of the cognitive functioning of elderly with PD. This study had a cross-sectional, correlational and exploratory design. The sample was recruited for convenience, consisting of 30 elderly people with PD, aged 60-86 years (M = 68.97; SD = 6.35). Participants responded to a Sociodemographic Data Sheet, the NEO-FFI-R, the Montreal Cognitive Assessment (MoCA), the Beta-III (matrix reasoning), the verbal phonemic fluency test (FAS) and semantics (Animals), the subtests digits span of the Wechsler Adult Intelligence Scale (WAIS-III) and the Boston Naming Test and the word list of the CERAD battery, the Geriatric Depression Scale (GDS-15) and the Anxiety Inventory of Beck (BAI). The elderly with PD presented impairments in the functions of verbal episodic memory (immediate recall, late recall and recognition) and executive functions (abstract reasoning and problem solving). Among the elderly evaluated, 43% had depressive symptoms and 27% had anxiety symptoms. Participants demonstrated low levels of neuroticism, extroversion and openness to experience, and high levels ofagreeableness and conscientiousness. The extroversion factor was positively correlated with executive functions (verbal fluency) and the openness to experience factor was positively correlated with verbal episodic memory (late recall). Together, extroversion and aperture factors have been shown to be the strongest predictors of the performance of elderly with PD in verbal episodic memory tasks (late recall). The extroversion factor only contributes to the performance of the elderly with PD in memory tasks (immediate recall and recognition) and executive functions (verbal phonemic and semantic fluency). It is concluded that the elderly with DP present memory impairment and executive functions. The extroversion factor is the factor that contributes most to the performance of the elderly with PD in memory tasks and executive functions.
Keywords: Doença de Parkinson
Idosos
Personalidade
Funcionamento Cognitivo
Sintomas Depressivos
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Instituto de Geriatria e Gerontologia
Program: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Access type: Acesso Aberto
Fulltext access restriction: Trabalho será publicado como artigo ou livro
Time to release fulltext: 48 meses
Date to release fulltext: 03/08/2021
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7601
Issue Date: 28-Mar-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DIS_NEUSA_MARIA_DE_OLIVEIRA_CHARDOSIM_CONFIDENCIAL.pdfTexto Confidencial420.38 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.