Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/755
Document type: Tese
Title: Materializações do pensamento social sobre a pobreza
Author: Accorssi, Aline 
Advisor: Scarparo, Helena Beatriz Kochenborger
Abstract (native): Nesta tese, procuramos analisar, com o apoio da Teoria das Representações Sociais, os modos pelos quais certos sentidos sobre a pobreza são produzidos e transformados na vida social, bem como o impacto que tais conhecimentos podem exercer nas representações que os sujeitos, neste caso, mulheres, reconhecidas socialmente como pobres, têm sobre si mesmos e sobre seu entorno. Para isto, apresentamos cinco capítulos organizados em forma de artigo. O primeiro discute o papel da dialogicidade e as suas contribuições enquanto categoria central para o desenvolvimento de uma psicologia social crítica; o segundo aborda o sistema capitalista na sua roupagem neoliberal e procura pontuar alguns dos valores que o sustenta; o terceiro esboça uma reflexão sobre certos discursos recorrentes que, por meio de várias estratégias, cristalizam preconceitos e justificam ações repressoras sobre aqueles que são reconhecidos como pobres. Já os dois últimos artigos, ambos de cunho empírico, foram desenvolvidos a partir do contato com as mulheres acima citadas. No quarto capítulo, buscamos compreender as representações sociais da pobreza com a realização de 14 entrevistas abertas e um círculo epistemológico em um grupo com 12 participantes. As informações foram organizadas através de uma análise temática e interpretadas sob um olhar psicossocial crítico. Em linhas gerais, podemos dizer que a representação social da pobreza se forma em torno de dois núcleos: um caracteriza a situação de pobreza pelo viés socioeconômico e o outro pelo da moral e da cultura. No primeiro núcleo, portanto, temos a descrição de situações de penúria da pobreza, das dificuldades cotidianas e dos estigmas construídos ao redor desta situação; já no segundo, temos os aspectos positivos daqueles que a vivem, caracterizando-os como pessoas de garra, de caráter, ricos na alegria de viver. No último capítulo, partimos das especificidades de uma das mulheres participantes do estudo realizado para refletir sobre os impactos do sistema capitalista neoliberal na sua produção subjetiva. A análise mostra, entre outros aspectos, uma intensa dor existencial decorrente da experiência de se ocupar lugares de pobreza na sociedade contemporânea
Keywords: PSICOLOGIA SOCIAL
REPRESENTAÇÃO SOCIAL
IDEOLOGIAS
NEOLIBERALISMO
POBREZA
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Psicologia
Program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: ACCORSSI, Aline. Materializações do pensamento social sobre a pobreza. 2011. 184 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/755
Issue Date: 28-Feb-2011
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
431097.pdfTexto Completo1.32 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.