Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/734
Document type: Dissertação
Title: Adoção e queixas na psicoterapia psicanalítica de crianças
Author: Pereira, Andrea Kotzian 
Advisor: Nunes, Maria Lúcia Tiellet
Abstract (native): A presente dissertação de Mestrado é composta por dois estudos, seguindo as normas do programa de Pós-Graduação em Psicologia da PUCRS. O primeiro estudo é uma revisão da literatura intitulada Adoção e Queixas na Psicoterapia Psicanalítica de Crianças: revisão da literatura, que teve como objetivos: 1) examinar estudos que abordam a relação da adoção com queixas apresentadas pelas crianças adotadas, 2) analisar fatores que podem resultar em prejuízo no processo de adoção e, consequentemente, nas queixas apresentadas pelas crianças adotadas, 3) refletir sobre aspectos que possam contribuir na prevenção de problemas nos casos de adoção. Para este estudo, foram realizadas buscas nas bases de dados Bvs, Webofscience, Lilacs e SciELO, a partir dos descritores adoção, psicoterapia, criança(s), para verificar estudos sobre este tema e obteve-se quarenta ocorrências. Destas, apenas sete estão relacionadas diretamente com o foco do estudo em questão, ou seja, as crianças adotadas, sendo necessário, então, ampliar a busca para o tema da adoção, de forma geral, buscando, além de artigos, livros e capítulos de livros, mesmo que em busca manual em bibliotecas universitárias (PUCRS e UFRGS). Constatou-se que a maioria dos estudos relacionados ao tema adoção aborda as questões sociais. As pesquisas destinadas a discutir a relação da adoção com as queixas apresentadas pelas crianças adotadas, em relação àquelas não adotadas, na busca de atendimento psicoterápico, mostram-se, no entanto, contraditórias e de difícil generalização, uma vez que existem inúmeras variáveis neste processo. O segundo estudo - Existe diferença nas queixas apresentadas pelas crianças adotadas e nas não adotadas no momento da busca de atendimento psicoterápico? - teve como objetivo identificar as queixas que trazem crianças adotadas a tratamento psicoterápico verificando se estas queixas diferem das queixas das crianças não adotadas. Para tal, classificaram-se as queixas das crianças adotadas que buscaram atendimento psicológico, em duas clínicas-escola em Porto Alegre, e foram analisadas as variáveis sociodemográficas (idade, sexo, configuração familiar, escolaridade, idade da adoção) e variáveis clínicas (fonte de encaminhamento e queixas). Buscou-se examinar a relação entre queixas e o fato de ser ou não adotado e, ainda, a relação entre queixas e idade da adoção. Os resultados mostram que, não existem diferenças significativas, do ponto de vista estatístico, entre as queixas referidas pelas crianças adotadas e pelas crianças não adotadas (χ2 = 11,890; df = 8; p = 0,156), assim como em relação às queixas e à idade da adoção (x² = 13, 563; df= 24; p = 0,956). Tais resultados são discutidos à luz da literatura sobre adoção com enfoque psicanalítico. Conhecer as queixas apresentadas pelas crianças adotadas oportuniza a melhoria dos atendimentos em clínicas-escola e a implantação de projetos de prevenção.
Keywords: PSICOLOGIA
ADOÇÃO - ASPECTOS PSICOLÓGICOS
PSICOTERAPIA INFANTIL
PSICOTERAPIA
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Psicologia
Program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Citation: PEREIRA, Andrea Kotzian. Adoção e queixas na psicoterapia psicanalítica de crianças. 2011. 75 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/734
Issue Date: 25-Jan-2011
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
429853.pdfTexto Completo388.97 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.