Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7188
Document type: Dissertação
Title: Um caminho para a identidade docente : do mal-estar à autonomia
Author: Silva, Renata Santos da 
Advisor: Santos, Andréia Mendes dos
Abstract (native): O presente trabalho tem como tema a identidade docente, buscando analisar como acontece o processo de identidade docente nos professores da rede municipal que atuam no Eixo Baltazar e no bairro Sarandi do Município de Porto Alegre no Estado do Rio Grande do Sul. A análise busca conhecer como se estrutura tal identidade frente às situações de satisfação e insatisfação profissional, relacionando tais situações com o conceito de mal-estar e bem-estar docente. Outro aspecto analisado pela pesquisa é a relação entre a identidade profissional e as aspirações envolvidas no projeto de vida dos docentes; sobre esse aspecto, percebe-se uma identidade profissional que pode se construir desde a infância, através de identificações com familiares no processo de escolarização ou por circunstâncias da vida. Participaram da pesquisa seis docentes que atuam no Ensino Fundamental da rede municipal de Porto Alegre com tempo superior a oito anos de docência. A metodologia adotada foi a abordagem qualitativa do tipo exploratória, utilizando como instrumento de pesquisa, entrevista semiestruturada, que foi analisada através da Análise de Conteúdo de Bardin (1979). A análise qualitativa possibilitou a construção de quatro categorias: Mal-Estar, Bem-Estar, Escolha Profissional e Desvalorização Profissional. As categorias foram analisadas de forma conjunta, considerando que a identidade docente é um processo dinâmico que se constrói e (re) constrói ao longo das experiências docentes, nascendo das identificações feitas com a profissão ao longo da vida. Os resultados demonstram uma predominância da identificação com profissão docente se iniciar na infância ou na juventude, aspecto que se concretiza em escolha profissional no futuro. No que tange as situações de mal-estar na docência, em sua maioria, são originadas pelo sentimento de impotência frente à vulnerabilidade social de crianças e jovens, bem como da desvalorização profissional que envolve perda do status social, proletarização e reformas educacionais que não consideram as reais condições de trabalho. Contudo, as situações de bem-estar se relacionam ao reconhecimento do trabalho através dos alunos e estar a um longo período na mesma escola proporciona ver as mudanças positivas na vida dos alunos. Dentre os referenciais teóricos que sustentam essa pesquisa destacam-se Erikson (1972), Nóvoa (1995), Bock, Furtado e Teixeira (1997), Codo (1999) e Jesus (2002) (2007).
Abstract (english): This work has as its theme the teacher identity, trying to analyze how does the teacher identity process in teachers of municipal working on Axis Baltazar and Sarandi neighborhood of the city of Porto Alegre in the state of Rio Grande do Sul. The analysis seeks to know how to structure such identity in the face of situations of satisfaction and professional dissatisfaction, relating such situations to the concept of malaise and teacher welfare. Another aspect analyzed by the research is the relationship between professional identity and aspirations involved in the project of life of teachers on this aspect we can see a professional identity that can be built from childhood, through identification with family members in education process or by circumstances of life. Six teachers who work in the Elementary School of the Porto Alegre municipal network participated in the study, with a time of more than eight years teaching. The methodology adopted was the qualitative exploratory approach, using as a research instrument, a semi-structured interview, which was analyzed through Bardin's Content Analysis (1979). Qualitative analysis made it possible to construct four categories: malaise, well-being, professional choice and professional devaluation. The categories were analyzed jointly considering that teacher identity is a dynamic process that is constructed and (re) builds over the teaching experience, born of identifications made by the profession throughout life. The results show a predominance of the identification with the teaching profession if it starts in childhood or in the youth, aspect that takes shape in professional choice in the future. Regarding the situations of malaise in the teaching they are mostly originated by the feeling of impotence social vulnerability of children and youth and professional devaluation involving loss of social status, proletarianization and educational reforms that do not consider the actual conditions of work. However, welfare situations are related to the recognition of work through the students and to be at a long period in the same school provides positive changes in the lives of students. Among the theoretical framework underpinning this research stand out Erikson (1972), Nóvoa (1995), Bock, Furtado and Teixeira (1997), Codo (1999) and Jesus (2002) (2007).
Keywords: PROFESSORES - ATUAÇÃO PROFISSIONAL
IDENTIDADE (PSICOLOGIA)
BEM-ESTAR PESSOAL
AUTONOMIA (EDUCAÇÃO)
EDUCAÇÃO
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Escola de Humanidades
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/7188
Issue Date: 9-Jan-2017
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DIS_RENATA_SANTOS_DA_SILVA_COMPLETO.pdfTexto Completo962.67 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.