Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/6183
Document type: Tese
Title: As estratégias de leitura sem e com o uso do Google tradutor
Author: Karnal, Adriana Riess 
Advisor: Pereira, Vera Wannmacher
Abstract (native): Esta tese investiga as estratégias de leitura na compreensão leitora de textos acadêmicos em Inglês como L2/FL quando utilizado ou não o Google Tradutor. O estudo fundamenta-se na perspectiva psicolinguística de leitura com o foco na pesquisa de leitura em língua estrangeira (CARRELL, 1988; KODA, 2005; GRABE, 2009). Deste ponto de vista, as estratégias de leitura são discutidas tanto a partir das habilidades mais baixas, tal como o conhecimento lexical ou o parsing, quanto das habilidades mais altas, como a memória ou as inferências. Além disso, analisam-se os modelos de leitura, sendo que o modelo interativo (o processamento bottom-up e top-down) de Charles Perfetti chamado de Hipótese da Qualidade Lexical (1999, 2007) também serve de fundamentação para esta tese. Outra discussão que permeia a investigação é a evolução da linguística computacional no que tange a área de machine translation. Aqui, analisa-se o Google Tradutor e como ele pode ser também uma estratégia de leitura em L2 para a compreensão de textos acadêmicos. Além disso, esta tese busca explorar como o tradutor pode ser utilizado para o ensino/aprendizagem de leitura em inglês como L2. Com a finalidade de avaliar se a ferramenta de tradução eletrônica é benéfica para a compreensão leitora, dez estudantes de diversas nacionalidades, de nível intermediário em inglês do instituto de línguas da Universidade de Pittsburgh participaram da pesquisa. Foram aplicados instrumentos utilizando a metodologia de protocolos verbais em que os participantes usavam ou não o Google Tradutor. Uma análise qualitativa dos protocolos foi realizada, observando-se as estratégias de leitura aplicadas e comparando-as quando os participantes utilizavam ou não o tradutor. A análise dos dados demonstra como são aplicadas mais estratégias, quando os participantes leem com o Google Tradutor, sendo capazes de articular melhor seus conhecimentos. Também foi verificado que o acesso lexical que o tradutor oferece é benéfico para a leitura. Ainda, o uso do tradutor sugere que há uma aproximação entre os conhecimentos linguísticos dos leitores com níveis diferentes de inglês. Isso significa dizer que o Google Tradutor aproxima os leitores que sabem mais daqueles que têm menos conhecimentos da língua.
Abstract (english): This dissertation investigates reading strategies in Reading comprehension in academic texts in English as a L2 /FL when translated or not by Google translator. The study is based on the psycolinguistics perspective of reading, focusing on the research in foreing languages (CARRELL, 1988; GRABE, 2009; KODA, 2005). From this perspective, reading strategies are discussed as well as lower abilities such as lexical knowledge or parsing and higher abilities such as inferences. Moreover, reading models are analyzed and the interactive models (those who deal with bottom up and top down processing) are central to the dissertation.Perfetti´s model called Lexical Quality Hypothesis (2001, 2007) is also discussed. Another issue that underpins this investigation is the evolution of Computational Linguistics, specifically the area of Machine Translation. We analyse Google translator and how it can also be used as a reading strategy in English as a L2 to comprehend academic texts. In addition, this dissertation explores how the electronic translator can be utilized to teaching\learning of reading in English as a L2. In order to evaluate if this digital tool is a benefit to reading comprehension ten intermediate students from various nationalities from the English language institute of the University of Pittsburgh participated in the research. The methodology of Verbal protocols was conducted where subjects could either use Google or not. Qualitative analyses was carried out and it was observed how reading strategies were used so that we could compare them when the translator was used. Data analyses show that more strategies are used when participants read with Google and they are able to articulate their knowledge more adequately. It was also verified that lexical access Google translator promotes is beneficial to reading. Yet, the use of Google suggests that there is an approximation of linguistic knowledge between readers at different levels of proficiency. This means that the translator approximates the ones who know more from those who are less proficient.
Keywords: LINGUÍSTICA
LEITURA - COMPREENSÃO
TRADUÇÃO LITERÁRIA
CNPQ Knowledge Areas: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Letras
Program: Programa de Pós-Graduação em Letras
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/6183
Issue Date: 7-Apr-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
471267 - Texto Completo.pdfTexto Completo1.49 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.