Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/6148
Document type: Dissertação
Title: Questionários utilizados para avaliação do sono em pediatria : uma revisão sistemática
Author: Costa, Carlice Franciane Lima da 
Advisor: Mattiello, Rita
Abstract (native): Introdução: O uso de questionários para o diagnóstico dos distúrbios do sono em pediatria tem aumentado expressivamente tanto no meio científico, quanto na prática clínica. Objetivo: Identificar os questionários disponíveis e validados para avaliação do sono em população pediátrica. Metodologia: Os potenciais estudos elegíveis publicados até junho de 2014 foram identificados a partir da pesquisa nas bases de dados Medline, Embase, LILACS, Scielo e Doaj. A pesquisa foi realizada utilizando a combinação dos seguintes termos: (Sleep OR Apnea) AND Questionnaires. Foram incluídos artigos científicos que utilizaram questionários para avaliar o sono na população pediátrica, sem restrições de período de publicação e língua. Os critérios de exclusão foram artigos que não trabalhavam com população pediátrica e também aqueles que não apresentavam questionários de avaliação do sono nessa população. Resultados: Do total de 8266 de artigos identificados, 8168 foram excluídos por dois principais motivos: não trabalhavam com população pediátrica ou não apresentavam um questionário para avaliar sono. Desta forma, foram avaliados 98 artigos na íntegra com 105 questionários que avaliavam sono em uma população pediátrica. A partir da análise desses estudos, foi possível identificar 64 escalas distintas que avaliam distúrbios do sono em crianças e adolescentes. Do total de questionários avaliados (n=105), 70 (67%) foram validados. Os instrumentos mais citados na literatura foram CSHQ (Children´s Sleep Habits Questionnaire), PSQ (Pediatric Sleep Questionnaire), SDSC (Sleep Disturbance Scale for Children), PDSS (Pediatric Daytime Sleepiness Scale), SHS (Sleep Habits Survey), MEQ (Morning-Eveningness Questionnaire) e ISQ (Infant Sleep Questionnaire). Essas escalas são citadas por mais de 50% dos artigos revisados. Na avaliação dos critérios de qualidade dos instrumentos, os menos apresentados nos estudos foram os de responsividade e concordância teste-reteste. Conclusão: Há na literatura questionários validados para todas as faixas etárias para avaliar o sono pediátrico, de fácil acessibilidade e aplicabilidade, mas ainda é necessário avaliar as qualidades psicométricas dos instrumentos, pois muitas escalas aplicadas na prática clínica não possuem critérios de validação importantes para a sua utilidade.
Abstract (english): Introduction: The use of questionnaires for the diagnosis of sleep disorders in children has increased significantly both in the scientific field and in the clinical practice. Objective: To identify the available and validated questionnaires for assessment of sleep in the pediatric population. Methodology: The potential eligible studies published up to June 2014 were identified from a search at Medline, Embase, LILACS, Scielo and Doaj. The search was conducted using a combination of the following terms: (Sleep OR Apnea) AND Questionnaires. Scientific papers that used questionnaires to assess sleep in pediatric population with unrestricted period of publication and language were included. Exclusion criteria were articles that were not related to the pediatric population and also those which did not use sleep assessment questionnaire for this population. Results: Out of the 8,266 articles identified, 8,168 were excluded for two main reasons: not working with the pediatric population or not presenting a questionnaire to assess sleep. Thus, 98 articles were fully analyzed with 105 questionnaires that assessed sleep in pediatric population. From these studies, it was possible to identify 64 different scales that assess sleep disorders in children and adolescents. All of the questionnaires evaluated (n = 105), 70 (67%) were valid. The most commonly cited instruments in the literature were CSHQ (Children's Sleep Habits Questionnaire), PSQ (Pediatric Sleep Questionnaire), SDSC (Sleep Disturbance Scale for Children), PDSS (Pediatric Daytime Sleepiness Scale), SHS (Sleep Habits Survey), MEQ (Morningness-Eveningness Questionnaire), and ISQ (Infant Sleep Questionnaire). These scales were cited in more than 50% of the papers. In the evaluation of the quality criteria of the instruments, the less presented in the studies were the responsiveness and test-retest agreement. Conclusion: There are, in the literature, validated questionnaires for all age groups to assess pediatric sleep which are of easy accessibility and applicability. However, it is still necessary to evaluate the psychometric properties of the instruments, since many scales applied in the clinical practice have no major validation criteria for their usefulness.
Keywords: MEDICINA
PEDIATRIA
SONO
SÍNDROMES DA APNÉIA DO SONO
TRANSTORNOS DE SONO
CNPQ Knowledge Areas: CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Language: por
Country: Brasil
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Medicina
Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina/Pediatria e Saúde da Criança
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/6148
Issue Date: 29-Aug-2014
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Pediatria e Saúde da Criança

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
470806 - Texto Parcial.pdfTexto Parcial580.9 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.