Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/5450
Document type: Dissertação
Title: Expressão tecidual e reconhecimento imune da paramiosina do carrapato Rhipicephalus (Boophilus) microplus
Author: Leal, Bruna Ferreira 
Advisor: Ferreira, Carlos Alexandre Sanchez
Abstract (native): Rhipicephalus microplus é um carrapato que parasita bovinos, prejudicando a produção de leite e carne, além de ser um vetor para agentes de diversas doenças. O R. microplus causa sérios prejuízos em países que dependem da pecuária, e os métodos de controle utilizados são baseados no uso de acaricidas, os quais apresentam alto custo e contaminam o leite e a carne, além de causarem impactos ao meio ambiente. Desta forma, novos métodos de controle, como o desenvolvimento de vacinas, têm sido sugeridos. Antígenos protetores ao gado têm sido divididos em dois grupos: expostos, que interagem com o sistema imune do hospedeiro, e ocultos, que não interagem com o sistema imune do hospedeiro. A paramiosina (PRM) é uma proteína presente em invertebrados primariamente caracterizada pela sua função muscular, porém em diversos parasitos tem sido localizada em regiões não musculares, sugerindo que a mesma também possa apresentar funções envolvidas com a evasão do sistema imune do hospedeiro. A PRM de Taenia solium inibe in vitro a via clássica do sistema complemento, por meio do bloqueio da função de C1, e a de R. microplus liga a porção Fc de imunoglobulinas. Este estudo teve por objetivo avaliar o reconhecimento da paramiosina de R. microplus (RmPRM) por bovinos infectados com o carrapato e determinar os níveis de expressão do gene da paramiosina em tecidos e diferentes estágios de desenvolvimento do carrapato, tendo sido também avaliada a atividade anti-complemento da proteína recombinante. Os resultados mostraram que o soro de bovinos Bos indicus e B. taurus naturalmente infectados foram capazes de reconhecer paramiosina recombinante. Os níveis de anticorpos encontrados entre os bovinos apresentaram variações consideráveis, porém com os maiores títulos predominando entre indivíduos B. indicus. A transcrição do gene da RmPRM foi constatada na maioria dos tecidos, órgãos, ovos e larvas testados, com maior nível de expressão encontrado no corpo gorduroso, um órgão sem predominância de tecido muscular. Além disso, este trabalho mostra que a RmPRM é capaz de inibir o sistema complemento, indicando que esta proteína deve ser um importante componente para a sobrevivência do parasito, possivelmente envolvida na modulação do sistema imune do hospedeiro. Corroborando com outros trabalhos em parasitos, estes resultados sugerem que a RmPRM desempenha outras funções além das classicamente descritas na musculatura.
Abstract (english): Rhipicephalus microplus is a tick that parasite bovines, damaging the milk and meat production, and constituting a vector for agents of various diseases. R. microplus cause serious losses in countries that depend on cattle production, and the control methods used are based on the use of acaricides, which present high cost and contaminate milk and meat, generating impacts on the environment. Therefore, new methods of control, as vaccines, have been suggested. Anti-parasite protective antigens can be divided into two groups: exposed, which interact with host immune system, and concealed, that do not interact with host immune system. Paramyosin (PRM) is a protein present in invertebrates primarily characterized by muscle function, but in various parasites it has been localized in nonmuscle regions, suggesting that it may also perform functions involved in the evasion of the host immune system. The Taenia solium paramyosin inhibits in vitro the classical pathway of complement system by binding to C1, and R. microplus paramyosin (RmPRM) has been shown to bind immunoglobulins. This study aimed to evaluate the recognition of RmPRM by the sera of animals infected with R. microplus and determine the levels of paramyosin gene expression in tissues and different developmental stages of the tick, as well as to analyze the anti-complement activity of the recombinant protein. The results showed that sera from naturally infected Bos indicus and B. taurus were able to recognize the recombinant PRM. Antibodies levels found among the bovines have considerable variation, but with higher titers predominating among B. indicus individuals. The RmPRM gene transcription was detected in most tissues, organs, eggs and larvae tested, with higher levels of expression found in the fat body, an organ without muscle tissue prominence. Furthermore, this study shows that RmPRM is able to inhibit the complement system, indicating that that this protein should be an important component for the parasite survival, possibly involved in modulation of the host immune system. Corroborating other studies in parasites, these results suggest that RmPRM performs other functions than those classically described in the musculature.
Keywords: BIOLOGIA
SISTEMA IMUNOLÓGICO
MICROBIOLOGIA
PARASITOLOGIA
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Biociências
Program: Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular
Citation: LEAL, Bruna Ferreira. Expressão tecidual e reconhecimento imune da paramiosina do carrapato Rhipicephalus (Boophilus) microplus. 2012. 57 f. Dissertação (Mestrado em Biologia Celular e Molecular) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/5450
Issue Date: 27-Apr-2012
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
444377.pdfTexto Completo368.06 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.