Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/507
Document type: Dissertação
Title: Comunidades sustentáveis: autoridade e autonomia em questão
Author: Santos, Sara Jane Escouto dos 
Advisor: Grossi, Patricia Krieger
Abstract (native): O estudo sobre a forma de organização de novos agrupamentos sociais emerge com força, sobretudo, no final da década de 80-90 do século XX. As Comunidades Sustentáveis, tema recorrente, configuram-se como uma via de anúncio de novas possibilidades de convivência, seja por questões econômicas, relacionais, ou de ideal pessoal e coletivo; sinalizam e representam algo que está no cenário contemporâneo também como denúncia de que a vida em sociedade carece de oferecer elementos de caráter mais ecológico, holístico e harmonioso. Esta dissertação busca, em sua base central de investigação, compreender como se operam a autoridade e a autonomia no interior das Comunidades Sustentáveis. Sendo as comunidades pesquisadas: a Comunidade Sustentável Ecológica Espiritual Morada da Paz - CMP e a Fundação Terra Mirim - Centro de Luz - FTM - CL. A seleção realizada com caráter intencional se justifica por serem elas espaços de impacto social, ambiental e cultural de importante abrangência local-regional-nacional, representando, de igual modo, culturas e modos de viver de regiões diferentes do País. Além do tempo de existência de no mínimo cinco anos, o vínculo do pesquisador com as comunidades a serem investigadas, a experiência no desenvolvimento de projetos sociais, ambientais e/ou educacionais, com impacto local e a disponibilidade para dar acesso aos documentos referentes às suas atividades. A Morada da Paz com seu território central no Sul do Brasil e Terra Mirim no Nordeste. A pesquisa tem como metodologia a análise documental, utilizando como fonte os arquivos institucionais particulares ou fontes de domicílio particular fornecidas pelas duas comunidades. Verifica-se que, muito embora estejam situadas em localidades diferentes, possuem tempo de existência e características culturais também diferentes, há elementos similares no que diz respeito ao conteúdo organizacional e aos desafios vividos, que mesmo em contexto dissemelhantes, apontam, entretanto, as mesmas exigências. Os pontos essenciais possibilitados por esta vivência investigativa são as contribuições sobre o modo de olhar e o quanto de aporte pode existir na medida em que se constroem interfaces entre o Serviço Social e todo o seu corpus metodológico, com as manifestações socioambientais da questão social, expressos, nesta dissertação, através do estudo sobre as Comunidades Sustentáveis. Outro resultante da investigação é constatar a necessidade de maior produção do Serviço Social sobre a temática socioambiental, contudo destaca-se a aprendizagem em dar visibilidade à dialética ser-estar existente entre o ser assistente social e o estar compondo como integrante de uma comunidade sustentável e contribuindo para este espaço de anúncio e denúncia que as caracterizam. Na investigação sobre os processos de autoridade e autonomia, identificam-se como elementos centrais a prática de atividades participativas, com fundamentação teórica interdisciplinar, princípios éticos universais com base cultural e ritualística, aplicáveis aos seus integrantes e a todos aqueles que interagem com estas comunidades. Estas práticas evidenciam a validação da autoridade legitimamente constituída, a partir dos saberes e fazeres individuais e coletivos, deste modo, constituem a autonomia com base no reconhecimento de si e do outro.
Abstract (english): The study on the form of organization of new social groups emerges with strength, especially, in the end of the decade of 80-90 of the 20th Century. The Sustainable Communities, recurring theme, are configured as a one-way announcement of new possibilities of peaceful coexistence, based on economic issues, either by relational issues, or personal and collective ideals. Signal and represent something that is in contemporary scene, and also as a complaint that life in society needs to offer elements of a more ecological, holistic and harmonious character. This dissertation seeks, in its central base for research, to understand how to operate the authority and autonomy within Sustainable Communities. These were the Community Sustainable Ecological Spiritual Dwelling of Peace - CMP and the Foundation Land Mirim - Center of Light - FTM - CL. The selection was performed with intentionally character , and is justified for the fact that they were spaces of social, environmental and cultural impact, with important coverage local-regionalnational, representing, in the same way, cultures and ways of living in different regions of the Country. Also been used as criteria for the choice: the time of existence of at least five years, the bond of the researcher with the communities to be investigated, the experience in the development of social, environmental and/or educational projects, with local impact, and the willingness to give access to the documents relating to their activities. Morada da Paz with its territory central in the South of Brazil and Earth Mirim in the Northeast. This research´s methodology is based on documentary analysis using as a source the institutional or personal files supplied by the two communities. It is clear that, even though they are located in different locations, and have different time of existence and cultural characteristics, they also have similar items in respect to: its content and organizational challenges experienced. Even in a different context, they experienced the same requirements and similar demands. The standpoint made possible by this experienced investigation are the contributions on the way to look at and how to input may exist to the extent that they build interfaces between the Social Work and all of its corpus methodology, with the socio-environmental manifestations of the social question, expressed in this thesis, through the study of the Sustainable Communities. Another result of the research is the need for greater production of Social Work on the socioenvironmental theme, however it stands out the learning that is in giving visibility to the dialectic be-being that exists between the social worker and be composing as part of a sustainable community and contributing to this area of proclamation and complaint that characterize it. In the research on the processes of the authority and autonomy, it identifies as central to the practice of participatory activities, with and interdisciplinary theoretical basis, universal ethical principles, with cultural and ritualistic basis, applicable to their members and to all those who interact with these communities. These practices show the validation of the legitimately constituted, from the individual and collective knowledges and practices, thus constitute autonomy on the basis of the recognition of oneself and the other.
Keywords: SERVIÇO SOCIAL
DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
COMUNIDADE - ASSISTÊNCIA SOCIAL
AUTONOMIA (EDUCAÇÃO)
AUTORIDADE
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Serviço Social
Program: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Citation: SANTOS, Sara Jane Escouto dos. Comunidades sustentáveis: autoridade e autonomia em questão. 2011. 83 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/507
Issue Date: 31-Aug-2011
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
437426.pdfTexto Completo655.52 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.