Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/485
Tipo do documento: Dissertação
Título: As pesquisas avaliativas de políticas sociais públicas : um estudo sobre a metodologia de trabalho com famílias no SUAS
Autor: Carraro, Gissele 
Primeiro orientador: Prates, Jane Cruz
Resumo: O presente trabalho versa sobre a contribuição da pesquisa avaliativa para o aprimoramento do processo de construção das orientações para o trabalho com famílias no Sistema Único de Assistência Social no município de Caxias do Sul (RS), no período de 2008 a 2010. O objetivo é explicitar os tipos e as características da pesquisa avaliativa, destacando a metodologia na avaliação de políticas sociais públicas e busca mediar essa teoria para avaliar uma realidade concreta. O método utilizado para a realização da pesquisa foi o materialismo histórico dialético. A metodologia pautou-se pela abordagem quanti-qualitativa. A pesquisa pode ser qualificada como avaliativa que, embora utilize a mesma instrumentalidade aportada pela ciência ao conjunto dos processos investigativos, tem algumas particularidades. Segundo o momento em que ocorreu durante o processo de construção das orientações do trabalho com famílias no SUAS, pode ser caracterizada como do tipo expost. E, conforme a natureza, papel ou função constitui-se como formativa, na medida em que busca subsidiar decisões, compreender processos e mecanismos empregados, contribuir para o aperfeiçoamento das ações. As técnicas utilizadas foram: pesquisa bibliográfica e documental, história oral temática, observação participante, análise de conteúdo. Como instrumentos utilizaram-se roteiros de coleta grupal e individual. No que tange a amostragem optou-se pela não probabilista intencional, no intuito de saber a opinião dos sujeitos envolvidos na edificação das orientações para o trabalho com famílias no SUAS em Caxias do Sul representantes do órgão formador, órgão gestor e de controle social da política de assistência social e da rede socioassistencial. A partir da avaliação do processo de construção das orientações para o trabalho com famílias, as categorias de análise emergentes da pesquisa foram: orientações do trabalho com famílias, movimento decisório de constituição das orientações, sujeitos/instituições e interesses envolvidos na elaboração das orientações, fatos/acontecimentos que antecederam e determinaram a formulação das orientações, expectativas, resultados, atendidos pela proposta, elementos que compõem as orientações, interação e relações estabelecidas entre as representações envolvidas, opinião dos diferentes sujeitos em relação à proposta e às condições estruturais ofertadas pelo município. A pesquisa apontou a importância do processo participativo e coletivo instituído no município de Caxias do Sul para a construção das orientações para o trabalho com famílias e consequentemente para a qualificação técnico-política dos profissionais e a profissionalização da política de assistência social em Caxias do Sul. Também, demonstrou que os limites que devem ser enfrentados se relacionam à formação profissional e ao exercício profissional, aos sujeitos, às condições histórico-estruturais a própria sistematização no coletivo. Destacam-se aqui, os processos formativos (graduação e pós-graduação) que devem contemplar conteúdos que forneçam subsídios básicos sobre planejamento, diagnóstico, metodologias de análise e intervenção. Mas isso não basta se os sujeitos não se apropriarem desses processos e os mediarem no cotidiano de seu trabalho em qualquer área, política social pública e se não dispuserem de condições de trabalho adequadas para tal.
Palavras-chave: SERVIÇO SOCIAL
ASSISTÊNCIA SOCIAL - CAXIAS DO SUL
POLÍTICAS PÚBLICAS
POLÍTICA SOCIAL
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Sigla da instituição: PUCRS
Departamento: Faculdade de Serviço Social
Programa: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Citação: CARRARO, Gissele. As pesquisas avaliativas de políticas sociais públicas : um estudo sobre a metodologia de trabalho com famílias no SUAS. 2011. 228 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/485
Data de defesa: 13-Jan-2011
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Serviço Social

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
430034.pdfTexto Completo1,4 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.