Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/478
Document type: Dissertação
Title: Abrindo as cortinas : a arte e o teatro no reconhecimento de juventudes e direitos humanos
Author: Scherer, Giovane Antonio 
Advisor: Aguinsky, Beatriz Gershenson
Abstract (native): A presente dissertação procura conhecer a realidade das juventudes moradoras de localidades periféricas no que tange as suas garantias e violações de Direitos Humanos, analisando as contribuições da arte, materializada pelo teatro, no reconhecimento da relação entre Direitos Humanos e juventudes. Constitui-se em uma pesquisa participante de natureza qualitativa, embasada no método dialéticocrítico, tendo como protagonistas do estudo jovens moradores da Vila Nossa Senhora de Fátima, no Bairro Bom Jesus na cidade de Porto Alegre/RS. Para a sua realização foram desenvolvidos com estes sujeitos 32 encontros onde o teatro, como estratégia de fortalecimento de processos sociais emancipatórios, provocando as reflexões a respeito dos Direitos Humanos na vida cotidiana das juventudes. Durante o estudo foi utilizada a técnica de Observação Participante, tendo como forma de registro o Relatório de Observação Participante. Além da realização dos encontros da pesquisa, foram desenvolvidas entrevistas baseadas na técnica de História Oral com dois jovens que se propuseram a participar desta dinâmica. O procedimento de análise de dados foi baseado na técnica da análise textual discursiva com base em Morais e Galiazzi (2007). Os resultados obtidos permitem visualizar as múltiplas formas de violação que são vivenciadas cotidianamente pelas juventudes, em especial as violências, que refletem um quadro de (des)proteção social, marcado por uma tensão entre identidades construídas e atribuídas, resultantes dos processos de (in)visibilidade das juventudes. Neste contexto, ressalta-se a dimensão da resistência dos jovens que podem ser visualizadas, nas formas de construções identitárias deste segmento social, bem como nas estratégias de sobrevivência adotadas no contexto onde estão inseridos. Diante desta realidade, o processo de pesquisa aponta a arte, materializada através do teatro, como uma dimensão da vida humana que tem a possibilidade dar visibilidade as concepções de mundo dos sujeitos, sendo uma forma de vocalização e de construção de conhecimento em direção a uma apreensão crítica do cotidiano, que durante o estudo, possibilitou a compreensão dos jovens enquanto sujeitos de direitos. Na relação entre arte e reconhecimento de Direitos Humanos, observa-se possibilidades emancipatórias relacionados aos segmentos sociais (in)visibilizados pela atual conjuntura, perspectiva esta que vai ao encontro do Projeto Ético - Política do Serviço Social. Finalmente o estudo aponta para a necessidade de políticas públicas voltadas para as juventudes na materialização de Direitos Humanos, bem como as possibilidades contidas na arte, como dimensão da vida humana, no questionamento crítico da realidade dos sujeitos
Keywords: SERVIÇO SOCIAL
JUVENTUDE
DIREITOS HUMANOS
ARTES
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITO
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Serviço Social
Program: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Citation: SCHERER, Giovane Antonio. Abrindo as cortinas : a arte e o teatro no reconhecimento de juventudes e direitos humanos. 2010. 38 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/478
Issue Date: 17-Dec-2010
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
427881.pdfTexto Parcial263.71 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.