Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/4499
Document type: Dissertação
Title: Comunicação e complexidade : uma leitura semiológica do programa do Chaves
Author: Bonetti, Mariane Serafin 
Advisor: Ramos, Roberto José
Abstract (native): No presente trabalho, estudaremos a produção de sentido e os aspectos verbais e não verbais do Programa do Chaves. Temos por objetivos observar a comunicação desse programa, explicar a produção de sentido do discurso verbal e não verbal do personagem Chaves e compreender a mensagem produzida pelo programa. Para tal, analisaremos cinco episódios dos anos de 1973, 1974, 1975, 1976 e 1977. Um programa que resiste há mais de duas décadas na TV brasileira, à base praticamente de reprises, não deve ser visto como uma atração qualquer. O Programa do Chaves é muito mais que um programa de humor. Tornou-se um sucesso justamente por resgatar, na TV, um toque de ingenuidade e de fazer artesanal, o que parecia perdido em tempos de novas tecnologias e malícia explícita. Durante este estudo, serão contempladas as categorias Estereótipo, Mito, Poder, Cultura e Socioleto, fundamentadas em Roland Barthes. Procederemos à análise utilizando, como método, o Paradigma da Complexidade, de Edgar Morin, e, como técnicas, a Semiologia e a Pesquisa Semiológica de Barthes. Por meio da fundamentação teórica deste trabalho, observamos que o Programa do Chaves tem características peculiares no que se refere à construção do seu discurso e sempre tenta transmitir uma mensagem para o telespectador.
Abstract (english): In this paper, we are going to study the production of meaning and the verbal and nonverbal features of the Chaves TV Show. We aim to observe the communication of this show, to explain the meaning of discourse production of verbal and nonverbal of the character Chaves and to understand the message produced by the show. To this end, we are going to analyze five episodes of the years 1973, 1974, 1975, 1976 and 1977. No program that resists more than two decades on Brazilian television, based basically on reruns, must be seen as an attraction whatsoever. The Chaves TV Show is much more than a comedy. It became successful due to rescuing on TV a touch of inocence and simplicity that seemed lost in a time of new technologies and express malice. During this study, we are going to cover the categories of Stereotype, Myth, Power, Culture and Socio-dialect, based on Barthes. We are going to proceed to the analysis using the Edgar Morin s paradigm of complexity as a method and as a technique the Semiology and the Research Semiology by Roland Barthes. Through the theoretical foundation of this paper is that we are going to observe that the Chaves TV Show has unique characteristics with regard to the construction of his speech, and always attempts to transmit a message to the viewer.
Keywords: COMUNICAÇÃO SOCIAL
COMPLEXIDADE
PROGRAMAS DE TELEVISÃO - CRÍTICA E INTERPRETAÇÃO
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Comunicação Social
Program: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social
Citation: BONETTI, Mariane Serafin. Comunicação e complexidade : uma leitura semiológica do programa do Chaves. 2012. 117 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação Social) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/4499
Issue Date: 21-Mar-2012
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
438422.pdfTexto Completo788.01 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.