Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/448
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorBasile, Luciana da Costa-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9721944292876716por
dc.contributor.advisor1Bellini, Maria Isabel Barros-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4708927D6por
dc.date.accessioned2015-04-14T13:20:13Z-
dc.date.available2009-09-23-
dc.date.issued2009-03-31-
dc.identifier.citationBASILE, Luciana da Costa. Os filhos da AIDS : contando histórias de vida. 2009. 14 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.por
dc.identifier.urihttp://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/448-
dc.description.resumoAntes deles ninguém viveu para contar como é nascer e crescer com AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida). Na década de 80, os bebês infectados por transmissão vertical não apresentavam perspectivas de vida. Porém, com o surgimento de novos medicamentos, o que era uma sentença de morte passou a ser encarada como uma doença crônica. Quase trinta anos depois do surgimento dos primeiros casos de aids, a primeira geração de crianças contaminados pela transmissão vertical chega a adolescência. Nessa fase do ciclo vital, enfrentam um desafio a mais do que para a maioria dos jovens: a AIDS, ainda carregada de mitos, de preconceito, associada à morte e ao isolamento social. Se foram uma incógnita para a medicina, que não sabiam como se desenvolveriam e quanto tempo resistiriam, eles agora dão uma resposta para a ciência: sobreviveram e podem levar uma vida normal. Este estudo objetivou conhecer como a aids repercute na vida de três adolescentes contaminados pelo HIV através da transmissão vertical. Trata-se de uma pesquisa de cunho qualitativo, fundamentada no Paradigma da Complexidade, o qual busca romper com os limites deterministas e simplificados, incorporando o acaso, a probabilidade e a incerteza como parâmetros necessários à compreensão da realidade. O instrumento utilizado para coleta de dados é a História Oral de Vida, por permitir que o entrevistado possa relatar sua experiência pessoal, sem constantes intervenções do pesquisador.por
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2015-04-14T13:20:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 416791.pdf: 123069 bytes, checksum: 3d0acc29963be3ee97c95dcd2dd8aff5 (MD5) Previous issue date: 2009-03-31eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede2.pucrs.br:80/tede2/retrieve/6607/416791.pdf.jpg*
dc.languageporpor
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpor
dc.publisher.departmentFaculdade de Serviço Socialpor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsPUCRSpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Serviço Socialpor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectSERVIÇO SOCIALpor
dc.subjectAIDSpor
dc.subjectADOLESCENTESpor
dc.subjectTRANSMISSÃO VERTICAL DE DOENÇApor
dc.subjectENTREVISTASpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIALpor
dc.titleOs filhos da AIDS : contando histórias de vidapor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
416791.pdfTexto Parcial120.18 kBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.