Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/399
Tipo do documento: Dissertação
Título: Aids feminina : um olhar no espelho sem maquiagem
Autor: Henrich, Giovana 
Primeiro orientador: Kern, Francisco Arseli
Resumo: A presente dissertação de mestrado se propõe a discutir o enfrentamento que o universo feminino faz com relação a questão da Aids, principalmente no que se refere a adesão ao tratamento anti-retroviral. Nesse sentido, aborda o assunto a partir de categorias explicativas da realidade que são: Aids, mundo feminino, estigma, mortificação do eu, identidade deteriorada e adesão ao tratamento de saúde. Entende-se que estas são categorias importantes para uma primeira reflexão acerca da temática, levando-se em consideração que a mesma, por mais que tenham ocorrido diversos avanços, ainda é permeada de preconceitos e mitos que fundamentam o processo de exclusão social vivenciado pelas pessoas com diagnóstico positivo para o vírus da Aids. A questão de gênero se torna delimitação importante pois demonstra que, no contexto feminino do mundo da Aids, a exclusão é dupla: primeiro, pelo gênero e segundo, pela doença. Assim, a presente discussão refere-se a um contexto amplo de indicadores a serem analisados. Para a realização desta pesquisa embasouse no método dialético-crítico, especialmente em suas categorias principais que são historicidade, contradição e totalidade. A natureza da pesquisa se constitui em qualitativa objetivando compreender detalhadamente os significados da Aids no mundo feminino. Nesse sentido, utilizou-se como instrumento de pesquisa, além do levantamento bibliográfico necessário, a escuta sensível, a observação e a entrevista semi-estruturada realizada com os sujeitos da pesquisa que foram oito mulheres, os quais possibilitaram desvendar o contexto no qual estão inseridas e como vivenciam em seu cotidiano a presença da Aids. Para análise dos dados, utilizou-se a análise de conteúdo no intuito de produzir novos conhecimentos acerca do tema. Enquanto resultados desta pesquisa, concluiu-se que as políticas de saúde no contexto da Aids são extremamente importantes, principalmente no combate ao preconceito, ao isolamento e a relação ainda fortemente existente entre Aids e morte. Além disso, evidenciouse o quanto a questão da maternidade está envolvida no contexto da Aids, onde a discussão de gênero é fortemente influenciada pelo papel de reprodução da mulher historicamente construído. Outro resultado é a necessidade de uma análise da temática no contexto macrosócio- econômico, para a implementação de práticas cidadãs no trato a questão da Aids. Todos esses elementos se constituem em indicadores importantes no processo de adesão a tratamentos de saúde pelas mulheres.
Palavras-chave: EXCLUSÃO SOCIAL
AIDS - ASPECTOS SOCIAIS
SAÚDE DA MULHER
POLÍTICA DE SAÚDE
PROBLEMAS SOCIAIS
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Sigla da instituição: PUCRS
Departamento: Faculdade de Serviço Social
Programa: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Citação: HENRICH, Giovana. Aids feminina : um olhar no espelho sem maquiagem. 2008. 195 f. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/399
Data de defesa: 19-Mar-2008
Aparece nas coleções:Programa de Pós-Graduação em Serviço Social

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
400151.pdfTexto Completo1,09 MBAdobe PDFThumbnail

Baixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.