Export this record: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/3815
Document type: Tese
Title: Vivências de docentes e de seus licenciandos no final de formação e passagem para o mundo do trabalho : mal/bem-estar docente/discente, autoimagem e autoestima
Author: Sampaio, Adelar Aparecido 
Advisor: Stobäus, Claus Dieter
Abstract (native): Vários estudos têm evidenciado a relevância da investigação de aspectos relativos às etapas de formação na Licenciatura e a transição para a fase inicial na docência, dada a importância que esses dois períodos de formação representam sobre o processo de tornar-se professor, num contexto repleto de adversidades, tensões e de aprendizagens que incidem diretamente sobre o processo de desenvolvimento docente. O objetivo do estudo centra-se no processo de investigação de vivências pessoais e profissionais de licenciandos e professores formadores e a passagem para o mundo do trabalho, no primeiro ano de docência, analisando dados e relatos sobre aspectos de mal/bem estar docente, autoimagem e autoestima, vivenciados nestes dois momentos de formação. A metodologia utilizada caracteriza o estudo como exploratório-descritivo longitudinal, de abordagem qualitativa, desenvolvido em dois momentos: primeiramente participaram 68 licenciandos do último semestre de sua formação de uma instituição privada do Estado do Paraná e seus docentes, em 2012; seguido do acompanhamento de cinco deles, na transição para a vida docente, em seu primeiro ano, em 2013, quando desenvolvemos a continuidade da pesquisa. Nas coletas de dados foram utilizados os instrumentos quantitativos: Questionário Motivação Inicial, Questionário Autoimagem e Autoestima e o Questionário DASS-21, trabalhados com Estatística Descritiva e Inferencial, através do programa SPSS versão 18; sendo os instrumentos qualitativos: Questionário Formação na Licenciatura e Entrevistas, que foram trabalhadas com Análise de Conteúdo de Bardin. Os resultados analisados, a partir dos instrumentos quantitativos, apontam que os licenciandos desenvolveram autoimagem e autoestima mais realistas/positivas, motivação para docência e níveis de normalidade nas variáveis de estresse, ansiedade e depressão. Na abordagem qualitativa, elencamos quatro categorias a priori, que revelam ainda no período de formação na Licenciatura, consideráveis evidências de desmotivação, a partir da vivência com adversidades do contexto escolar. Destacam-se, principalmente, os diversos desafios enfrentados em situações difíceis, a partir das interações e vivências na instituição formadora e na escola e a importância da formação na Licenciatura para o desenvolvimento docente. Na avaliação das vivências no início na docência, em quatro categorias a posteriori, apresenta-se uma considerável diminuição da motivação dos docentes para continuidade na profissão, por conta do ‗choque com a realidade . O estudo apontou várias situações adversas vivenciadas no contexto educativo, as quais são potenciais geradores de mal-estar docente. A partir dos resultados dessa pesquisa, sugere-se a continuidade de outros estudos que abordem o período de formação inicial docente, no sentido de fomentar a formação continuada e permanente, iniciando com reformulações nos cursos de Licenciatura e na fase inicial de docência, dando sequência nos diversos estágios da carreira, com ações voltadas para o desenvolvimento de competências, tanto teóricas como práticas, para fazer frente às diversas situações do universo docente que concorrem para gerar mal-estar docente, direcionando ao bem-estar docente.
Abstract (english): Several studies have shown the relevance of the research aspects of the training steps in Bachelor and the transition to teaching in the early stage, given the importance of these two periods of formation are about the process of becoming a teacher, in a context of many adversities, tensions and learning that directly affect the process of teacher s development. The objective of this study focuses on the research of the personal and professional aspects of the physical education teachers to the world of work life, the first year of teaching professional and personal process, analyzing data and reports on aspects of teacher s malaise/wellness, self-image and self-esteem, experienced in these two moments of their formation. The methodology is characterized as longitudinal exploratory-descriptive study, with a qualitative approach, developed in two stages: first, in 2012, 68 undergraduates from the last half of their studies in a private institution in the State of Paraná and their teachers participated; in 2013, followed by monitoring five of them, in their transition to work life, in its first year, when we developed the continuation of the research. In the quantitative data collection instruments were used: Initial Motivation Questionnaire, Questionnaire Self Concept and Self-Esteem Questionnaire and the DASS-21, worked with descriptive and inferential statistics, using SPSS version 18; and qualitative tools: Questionnaire on Training Degree and Interviews, which were worked with content analysis of Bardin. The results from the quantitative instruments indicate that the licensees have developed self-image and self-esteem more realistic/positive motivation for teaching and levels of normality in the variables of stress, anxiety and depression. In the qualitative analysis, we selected a priori four categories, which also reveal the period of training in Licensees, considerable evidence demotivation, from the experience with adversities in the school context. We remark especially the many challenges faced in difficult situations, from interactions and experiences in the educational institution and in school and the importance of early teaching development. In the evaluation of early experiences in teaching, in four a posteriori categories, presents a considerable decrease in motivation of the teachers to continue in the profession, on account of 'reality shock'. The study identified several adverse situations experienced in the educational context, which are potential generators of teacher malaise. From the results of this research we suggest the continuity of other studies that address the period of initial experiences in Teaching, to foster the continued and ongoing development, starting with some reformulations in undergraduate courses and the initial stages in teaching, continuing the various stages of the career, with actions for the development of skills, both theoretical and practical, to meet the diverse situations of teaching universe, and contributing to generate teacher malaise, in direction of teacher s wellness.
Keywords: EDUCAÇÃO
PROFESSORES - FORMAÇÃO PROFISSIONAL
PROFESSORES - ATUAÇÃO PROFISSIONAL
AUTO-ESTIMA
PEDAGOGIA
CNPQ Knowledge Areas: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
Country: BR
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Institution Acronym: PUCRS
Department: Faculdade de Educaç
Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citation: SAMPAIO, Adelar Aparecido. Vivências de docentes e de seus licenciandos no final de formação e passagem para o mundo do trabalho : mal/bem-estar docente/discente, autoimagem e autoestima. 2014. 199 f. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014.
Access type: Acesso Aberto
URI: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/3815
Issue Date: 16-Jul-2014
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
460738.pdfTexto Completo2.26 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.